Em pesquisa da FSB, Bolsonaro bate todos os oponentes e vence Lula até no segundo turno

(Foto: Ilustração)

Na pesquisa para a Presidência da República realizada pelo Instituto FSB e encomendada pela revista Veja, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aparece em primeiro lugar, com 32% das intenções de votos. Em segundo lugar aparece o ex-presidente Lula (PT), que está inelegível, de acordo com a Lei da Ficha Limpa, por ter sido condenado em segunda instância nos casos do triplex do Guarujá e do sítio de Atibaia. O petista tem 29% das intenções de voto.

O Instituto FSB ouviu, por telefone, 2 mil eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 unidades da federação, entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro de 2019. Em todos os cenários testados pelo FSB/Veja foram apresentados aos eleitores os nomes de possíveis candidatos à cadeira de presidente nas eleições de 2022. A taxa de confiança da pesquisa é de 95%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

LEIA MAIS

Zó comemora reeleição e agradece votos de eleitores

(Foto: ASCOM)

O deputado estadual Zó (PCdoB), foi reeleito com 43.347 votos. Com esse resultado, o representante de Juazeiro (BA) ocupou a vaga de número 56 da Câmara Legislativa da Bahia.

LEIA TAMBÉM:

Bahia: Juazeiro emplaca Zó e Roberto Carlos na Alba, Casa Nova elege Tum

Nas redes sociais, Zó agradeceu os mais de 40 mil eleitores que acreditaram no seu projeto e optaram por dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido por ele no norte da Bahia. Zó aproveitou o espaço e falou sobre o segundo turno para presidente.

“Vamos com tudo porque o trabalho não para e com força para eleger, no próximo dia 28, o camarada Haddad e a camarada Manu, para o Brasil ser Feliz de novo! Meu muito obrigado”, disse.

Votos de Isaac Carvalho não serão divulgados no sistema de apuração

(Foto: ASCOM)

O candidato a Deputado Federal, Isaac Carvalho (PCdoB) manteve a tradição, e votou na Escola Municipal Celso Cavalcante de Carvalho, por volta das 14h30, no distrito de Mandacaru, zona rural de Juazeiro (BA), acompanhado da esposa, filhas, amigos e correligionários.

Em razão do registro de candidatura de Isaac Carvalho ainda se encontrar em fase de recurso, a votação do ex-prefeito de Juazeiro será contabilizada de maneira separada pelo Tribunal Regional Eleitoral. Por isso, os números não serão divulgados no sistema de apuração.

De acordo com a assessoria do candidato, a coordenação da campanha será informada das totalizações gerais e por cidade, via comunicação oficial do TRE. Assim que os dados forem disponibilizados, eles serão comunicados nas redes sociais da campanha.

Principais candidatos à presidência votam pelo Brasil

Os três candidatos já votaram neste domingo. (Foto: OGlobo)

Os principais candidatos à presidência da república já foram às urnas para depositarem seus votos. Ciro Gomes (PDT) esteve em Fortaleza (CE), onde votou no prédio da secretaria municipal de saúde, ao lado do seu irmão, por volta das 9h. “Estou bastante otimista com muita esperança de que o Brasil seja iluminado por Deus nesta hora tão difícil e que o Brasil possa ser o instrumento que Deus faz usar para nação brasileira se proteger da violência e do radicalismo”, disse.

Jair Bolsonaro (PSL), que tem liderado a corrida presidencial, deixou seu voto por volta das 8h55, no Rio de Janeiro (RJ). O deputado esteve na companhia de um dos seus filhos e sob forte esquema de segurança. Em conversa com a imprensa, Bolsonaro falou sobre sua campanha até aqui.

“Não haverá negociação partidária, recebi apoio da bancada ruralista e da bancada evangélica. No varejo, temos 350 parlamentares que querem estar conosco; São deputados honestos que não querem falar com Sergio Moro em Curitiba.Vocês viram que sem fundo partidário, sem tempo de televisão, chegamos longe”, afirmou.

Já Fernando Haddad (PT) foi à Zona Sul de São Paulo (SP) para exercer sua cidadania. O petista foi recebido com panelaço de parte da vizinhança. A militância respondeu às provocações afirmando que “quem tira o povo da miséria é o PT”. Haddad também se manifestou e afirmou que “Dia de eleição é normal esse tipo de manifestação. Desde que seja pacífica, não tem problema nenhum”.

Vote e ajude o Juazeirense a ter jogos da Série C transmitidos pelo Esporte Interativo

Equipe precisa estar entre as seis mais votadas para ter jogos transmitidos pelo EI. (Foto: Divulgação)

A equipe do Juazeirense está em reta final de preparação para a estreia na Série C do Campeonato Brasileiro. Classificada para as semifinais do Campeonato Baiano, quando enfrentará o Bahia em duas partidas, a equipe precisa da ajuda de seus torcedores para ter os jogos do brasileirão transmitidos pelos canais do Esporte Interativo (EI).

O EI plus lançou uma campanha na qual as torcidas devem votar para que suas equipes tenham todos os jogos da primeira fase da competição nacional transmitidos pelo canal. Os seis times com mais votos terão seus jogos exibidos no EI plus.

Para votar basta clicar aqui. É necessário fazer um cadastro rápido para participar da votação. Após o cadastro, um e-mail de confirmação é enviado para validação do voto.

O Juazeirense está ocupando a sétima colocação entre as equipes mais votadas. Com 741 votos, o time está atrás de Santa Cruz, Náutico, Botafogo-PB, ABC, Salgueiro e Confiança. Segundo o regulamento do EI, a votação segue até o dia 26/03/2018.

Confira os votos pernambucanos no arquivamento da denúncia contra Temer

Nesta quarta-feira (25), o presidente Michel Temer esteve mais uma vez nas mãos da Câmara. Mas, o resultado novamente não surpreendeu. Com 251 votos a favor e contando com as 25 ausências, a base aliada conseguiu garantir o arquivamento da segunda denúncia contra o presidente.

Na bancada pernambucana a votação foi empatada, com 11 votos a favor do arquivamento e 11 contra. Confira abaixo o voto de cada um dos deputados de Pernambuco:

Votaram “sim” (11):

Augusto Coutinho (SD)

Bruno Araújo (PSDB)

Eduardo da Fonte (PP)

Fernando Filho (sem partido)

Fernando Monteiro (PP)

Jorge Côrte Real (PTB)

Luciano Bivar (PSL)

Marinaldo Rosendo (PSB)

Mendonça Filho (DEM)

Sebastião Oliveira (PR)

Zeca Cavalcanti (PDT)

Votaram “não”(11):

André de Paula (PSD)

Betinho Gomes (PSDB)

Daniel Coelho (PSDB)

Danilo Cabral (PSB)

Gonzaga Patriota (PSB)

Jarbas Vasconcelos (PMDB)

Luciana Santos (PCdoB)

Pastor Eurico (PHS)

Silvio Costa (Avante)

Tadeu Alencar (PSB)

Wolney Queiros (PDT)

Ausentes:

Ricardo Teobaldo (Podemos)

João Fernando Coutinho (PSB)

Adalberto Cavalcanti (Avante)

Reforma permite eleição de nanico com muitos votos

(Foto: Ilustração)

Apesar de ter criado regras duras para barrar a existência de partidos com baixo desempenho nas urnas, a reforma política recém-aprovada pelo Congresso também trouxe uma alteração que permite, em casos excepcionalíssimos, a eleição de candidatos dessas legendas que tenham obtido votação muito expressiva. Em linhas gerais, deputados e senadores aprovaram duas medidas antinanicos.

A primeira medida é a exigência, a partir de 2018, de uma votação nacional mínima de 1,5% na eleição para a Câmara dos Deputados (piso que chegará a 3% em 2030) para que as siglas tenham acesso a verbas do fundo partidário e a tempo de propaganda em TVs e rádios.

A segunda é a proibição, a partir das eleições de 2020, de coligações, mecanismo utilizado pelas pequenas e médias siglas para aumentar suas chances de eleger representantes para o Legislativo.

Nesta segunda criou-se um “refresco” para os candidatos supervotados das legendas nanicas. A mudança foi noticiada pelo jornal Valor Econômico. Funciona assim: pelas atuais regras, somente os partidos que atingem o chamado quociente eleitoral elegem representantes para as Câmaras municipais, Assembleias Legislativas e Câmara dos Deputados. O quociente é calculado pela divisão do total dos votos válidos pelo número de cadeiras disponíveis.

LEIA MAIS

Nova fase da Lava Jato mira compra de votos na escolha do Rio como sede olímpica

(Foto: Arquivo)

Policiais Federais cumprem na manhã de hoje (5), no Rio de Janeiro, dois mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão, em nova fase da Operação Lava Jato. A Operação Unfair Play tem o objetivo de desmontar um esquema criminoso envolvendo o pagamento de propina em troca da contratação de empresas terceirizadas por parte do governo fluminense.

As investigações, que contam com apoio de autoridades francesas, indicam a possibilidade de participação de dono de empresas terceirizadas em suposto esquema de corrupção internacional para a compra de votos para a escolha da cidade do Rio de Janeiro pelo Comitê Olímpico Internacional como sede das Olimpíadas 2016, “o que ensejou pedido de cooperação internacional com a França e os Estados Unidos”, diz a nota da Polícia Federal.

LEIA MAIS

Jovens representam 27% do eleitorado e podem decidir eleição, aponta TSE

(Foto: Ilustração)

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem cerca de 51 milhões de jovens de 15 a 29 anos. (Foto: Ilustração)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que os jovens entre 16 e 29 anos representam 27% do eleitorado nacional, o que demonstra, para a Justiça Eleitoral, que o voto dessa camada da população deverá ser determinante nas eleições municipais de outubro.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem cerca de 51 milhões de jovens de 15 a 29 anos, correspondendo a um quarto da população do País. Desses, mais de 75% (38.876.290) estão aptos a votar nas eleições deste ano, segundo dados do TSE. Os jovens entre 25 e 29 anos representam 10,83% do eleitorado; de 21 a 24 anos, 8,71% e de 16 a 20 anos, 7,45%.

LEIA MAIS

OAB Petrolina participa da ‘Campanha Eleições Limpas’

(Foto: Waldiney Filho/blog Waldiney Passos)

Para o advogado Alexandre Torres, presidente da subseccional da Ordem em Petrolina, à campanha é de fundamental importância. (Foto: Waldiney Filho/blog Waldiney Passos)

“Não deixe a corrupção começar na eleição” é o mote da ‘Campanha Eleições Limpas’, lançada pela OAB Pernambuco, em parceria com o TRE-PE e o Ministério Público Eleitoral. Com o objetivo de coibir práticas como a compra de voto, o caixa dois e a doação ilegal nas Eleições 2016, estimulando que o cidadão denuncie os crimes eleitorais ao Ministério Público Eleitoral, ao Tribunal Regional Eleitoral e à Polícia Federal.

As denúncias poderão ser feitas no portal eleicões limpas, que já está disponível e serão encaminhadas para o Ministério Público Eleitoral, para o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) e para a Comissão de Combate à Corrupção da OAB-PE. Após uma triagem interna desses órgãos, a denúncia será encaminhada, no que couber, para os órgãos investigativos – Polícia Federal e Polícia Civil.

Para o advogado Alexandre Torres, presidente da subseccional da Ordem em Petrolina, à campanha é de fundamental importância, pois coloca o cidadão como corresponsável pela legalidade no processo eleitoral. “A OAB é apartidária, mas não está distante da política. Precisamos zelar pelo bom andamento do processo para que a sociedade tenha condições de avaliar de forma justa as propostas dos candidatos”, comentou.

LEIA MAIS

Agenda dos candidatos: Edinaldo grava guia eleitoral e faz caminhada no Cosme e Damião; Miguel Coelho faz reuniões e caminhada no Maria Auxiliadora

(Foto: Waldiney Filho/Blog Waldiney Passos)

Os dois finalizam suas agendas com uma caminhada. (Foto: Waldiney Filho/Blog Waldiney Passos)

Os candidatos a prefeito da cidade de Petrolina (PE) seguem com suas campanhas eleitorais com a finalidade de conseguir votos da população para se elegerem ao cobiçado cargo de prefeito do município. Os candidatos Edinaldo Lima (PMDB) e Miguel Coelho (PSB) estarão em reuniões e encontros durante todo o dia de hoje (19).

Os dois finalizam suas agendas com uma caminhada. Edinaldo estará com a “Caminhada da Vitória do Povo”, que acontece às 17h30 no Bairro Cosme e Damião e tem como ponto de concentração a Rua 13, Churrascaria Piauí. Já Miguel Coelho fará sua caminhada “Onda Azul” no bairro Vila Eduardo.

Os demais candidatos, Odacy Amorim (PT), Adalberto Cavalcanti (PTB) e Perpétua Rodrigues (PSOL), não disponibilizaram suas respectivas agendas.

Confira como votaram os deputados da Comissão do Impeachment

oie_121122718H6Fgsh

A comissão que analisa o impeachment da presidente Dilma Rousseff aprovou o relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), favorável ao afastamento da petista. Foram 38 votos a favor do texto e 27 contra. O parecer segue agora para o plenário da Casa, onde precisa de 342 votos para que o processo chegue ao Senado.

A votação foi eletrônica e aberta. O presidente do colegiado, deputado Rogério Rosso (PSD-DF), negou questão de ordem apresentada pelo deputado Alex Manete (PPS-SP) para que a votação fosse nominal por chamada. O procedimento tinha como objetivo constranger ausentes.

Veja como votou cada deputado:

 

Nos minutos finais, houve um clima acalorado. A sala da comissão ficou lotada de deputados, incluindo não integrantes do colegiado, assessores e jornalistas. Deputados se revesaram aos gritos de “não vai ter golpe” e “fora Cunha” – em referência ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de um lado e “fora Dilma” e “fora PT” do outro.

Com informações do Correio Braziliense