Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

TRE e PM de Pernambuco fazem parceria para recolher sobras de materiais de propaganda

(Imagem: Divulgação/TRE-PE)

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) na reta final para as eleições convida o eleitor a ficar de olho nas atitudes dos candidatos e convoca todos a atender às recomendações do Projeto Campanha Limpa: quem suja a Cidade não merece o seu voto!

A partir das 22 horas do sábado (06), véspera de eleição, horário em que passa a ser proibido distribuir qualquer material de propaganda, os Batalhões da PM nesses municípios receberão as sobras dos materiais, para destiná-los às Associações/Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis.

Para facilitar o cumprimento das Leis Ambientais pelos Partidos e candidatos para que seja dado destino legal às sobras de materiais de propaganda, serão instalados Ecopontos nos Batalhões da Polícia Militar em Recife, Olinda, Jaboatão e Paulista.

Nos demais municípios do Estado, os Partidos e candidatos deverão localizar, por meio do aplicativo CATAKI, o Catador mais próximo e fazer a entrega das sobras de materiais recicláveis.

Com essa medida, todos serão beneficiados: o eleitor, que terá afastado o risco de escorregar e se machucar nos materiais descartados nas ruas; todos os cidadãos, que verão suas ruas limpas no dia da Eleição e não terão que arcar com o elevado custo da limpeza urbana, e o melhor, tudo isso feito com a inclusão social de Catadores, agentes ambientais tão importantes para a preservação do nosso Planeta.

Denúncia

O eleitor que identificar, no dia da eleição, derrame de materiais de propaganda “santinhos”, abordagem direta em busca de voto ou entrega desses e outros materiais, deve denunciar, ligando para o (81) 3194.9575/9576 ou para o Tribunal Regional eleitoral da sua respectiva cidade.

O TRE-PE avisa que intensificará a fiscalização e conta com a boa conduta dos candidatos no cumprimento do seu dever de preservar o ambiente, cuidar da saúde das pessoas e cumprir com as leis eleitorais. (Com informações do TRE-PE)

Deixe uma resposta