Estudantes conquistam 15 medalhas Paralimpíadas Escolares

Paralimpiadas

No último dia de competições das Paralimpíadas Escolares, realizada em Natal, Rio Grande do Norte, os estudantes pernambucanos fizeram história. Na sexta-feira (27/11), os paratletas subiram mais cinco vezes no pódio, e trouxeram na bagagem um total de 15 medalhas.

Depois de serem ouro e prata no arremesso de peso, as irmãs Anecherly Keila (17 anos) e Anerely Kesia (16), da Escola Tabajara, de Olinda, repetiram o feito no lançamento de dardo, classe F43. Mas dessa vez, quem levou a melhor foi a irmã mais nova. Anerely obteve a marca de 20.23m contra os 15.84m de Anecherly e assegurou o primeiro lugar da competição, além de estabelecer o novo recorde da prova.

Aluno da Escola de Referência Professora Margarida de Lima Falcão, em Pesqueira, Jeohsah Bezerra dos Santos conquistou duas medalhas de prata na sexta-feira (27). O estudante, que ganhou uma medalha de ouro no salto em distância na última quinta, conseguiu a primeira prata nos 100m, classe T44, com o tempo de 14seg, quase dois segundos a menos que o vencedor da prova, Matheus Lucas (GO). Em seguida, ao competir no lançamento de dardo, classe F44, ele ficou atrás apenas do paraense José Antônio da Silva. Enquanto o representante do Pará teve em seu melhor lançamento a marca de 24.51m, o pernambucano ficou com 23.03m.

Das 15 medalhas conquistadas para Pernambuco nas Paralimpíadas Escolares, nove foram no atletismo (3 ouros, 5 pratas e 1 bronze), cinco no tênis de mesa (2 ouros, 2 pratas e 1 bronze) e um bronze na natação. Números que superam as 13 medalhas faturadas na edição de 2014 dos jogos, realizada em São Paulo.

 

 

Deixe uma resposta