Encontro de Fuscas e carros antigos começa nesta sexta em Petrolina

carros antigos

A exposição começa hoje (13) e vai até domingo. O passaporte de entrada são 2kg de alimentos não perecíveis.

Uma volta ao passado. É com esse saudosismo que o 6º Encontro de Fuscas e Carros Antigos de Petrolina pretende levar os visitantes a uma viagem nostálgica e solidária. O local do evento não poderia ser o mais adequado: Na Praça Dom Malan, com vista para a Catedral de Petrolina, no cartão postal da cidade. A exposição será aberta nesta sexta (13), das 17h até à meia noite e também no sábado (14) e domingo (15) a partir das 09h.

São esperados mais de 150 carros, entre raridades como Dodge Charger, Vemaguet, DKV, Landau, o Ford Deluxe 1948, usado no filme “Gonzaga – De Pai para Filho”, como também da estrela do evento: o Fusca.

hatchback

Hatchback: Fusca Sedan de 1969, com apenas quatro unidades no Brasil

Segundo o organizador e idealizador do encontro, Mário Martins, preciosidades como Fuscas “placa preta”, denominação dada a carros que possuem todas as peças originais, de 1966; o Hatchback, Fusca Sedan de 1969, com apenas quatro unidades no Brasil; até o último modelo lançado, de 1996 estarão expostos à visitação.

cartaz Nos três dias de evento, são esperadas 8 mil pessoas, entre a população do Vale do São Francisco e também apaixonados de outras cidades. “Nós já temos alguns clubes do Nordeste que já confirmaram presença, como o clube do Fusca de Fortaleza, o Fortal Clube, o Clube do Fusca de Amargosa, Serrinha, Feira de Santana, Salvador na Bahia, Serra Talhada, Patos na Paraíba, e o Clube do Fusca do Piauí” afirma.

A realização e idealização é do clube do Fusca Fusketeiros do Vale juntamente com o Clube de Carros Antigos do Vale, em parceira com o Clube Baixos do Vale. A exposição conta também com tenda da Casa do Artesão, em que artistas locais mostrarão o trabalho realizado por eles, as Food Bikes e , como não poderia faltar, uma área reservada para o comércio de peças para carros antigos

O evento é beneficente e o passaporte de entrada são 2 kg de alimentos não perecíveis. Os donativos arrecadados serão destinados a uma instituição, ainda a ser sorteada da região. O organizador do evento pede ainda que, aos que puderem, doem material de higiene pessoal como fraldas geriátricas, sabonete e etc.

Para Mário Martins, essa é uma ocasião para se divertir e fazer o bem e convida todos para embarcar nessa viagem no tempo. “É um momento que a gente aproveita para matar a saudade da época dos carrões e ser solidário” comenta.

Deixe uma resposta