Cemafauna participa da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2016

cemafauna

Durante o evento acontecerão também palestras, oficinas e minicursos promovidos através da parceria entre o Sesc e outras instituições da região./ Foto: Internet

O Espaço Arte, Ciência e Cultura (EACC) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) participará da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2016 (SNCT) com um estande de experimentos científicos. Esta edição do evento aborda a temática “Ciência alimentando o Brasil” e será realizada de amanhã (18) até sexta-feira (21) no Ginásio do Serviço Social do Comércio (Sesc), em Petrolina (PE). A visitação acontecerá das 8h às 18h e será aberta ao público.

O estande do EACC será composto por um painel sobre o umbu; um experimento sobre erosão do solo, e outro comparando os brotamentos de batata doce com e sem o uso de agrotóxicos; um tubo de acrílico apresentando o perfil do solo da caatinga; um microscópio com cortes de alimentos, e um painel de RGB, onde os participantes poderão ver por meio de diferentes filtros com cores primárias, animais da caatinga que servem como dispersores de alimentos. Os bolsistas do Espaço estarão à disposição do público para esclarecimentos.

De acordo com a gerente educacional do EACC, Mônica Sberze, o estande apresentará novas formas ecológicas de cultivo. “É importante apresentar aos visitantes o conhecimento de uma alimentação mais saudável, para o cultivo sem agrotóxicos e para a ciência. Apresentar um jeito mais orgânico e ecológico de cultivo”, destaca Sberze.

Durante o evento acontecerão também palestras, oficinas e minicursos promovidos através da parceria entre o Sesc e outras instituições da região. A programação completa está disponível no site da 13ª SNCT 2016.

SNCT 2016 – A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI). O período oficial da 13ª SNCT vai de 17 a 23 de outubro. O evento conta com a participação de universidades e instituições de pesquisa; escolas públicas e privadas; institutos de ensino tecnológico, centros e museus de C&T; entidades científicas e tecnológicas; órgãos governamentais; fundações de apoio à pesquisa; parques ambientais, unidades de conservação; Organizações Não-Governamentais (ONGs), entre outras.

Deixe uma resposta