47% dos brasileiros tiveram nome negativado em 2017, afirma SPC

(Foto: Internet)

Uma pesquisa divulgada hoje (6) pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) revelou que 47% da população brasileira teve seu nome incluído no programa em 2017. Consumidores das classes C, D e E são os que estão em situação mais complicada, alcançando 50% dos endividados.

Ainda segundo o SPC 70% dos brasileiros deixaram de pagar ou pagaram em atraso pelo menos uma conta no ano passado. As faturas de cartão lideraram a lista (39%), seguidas do plano de internet (28%) e celular (26%).

O SPC divulgou ainda o índice de inadimplência do brasileiro que em 2017 chegou a 39%. Por outro lado, a crise fez a população se alertar mais sobre as dívidas e oito em cada 10 consumidores passaram mudaram a maneira de administrar as finanças.

Entre as práticas mais adotadas para evitar novas dívidas estão o controle de gastos, comprar somente quando puder, evitar uso do cartão de crédito, não emprestar o nome para terceiros e cancelar o cartão de crédito.

O levantamento do SPC foi realizado com 805 consumidores maiores de 18 anos, dos sexos masculino e feminino, nas 27 capitais do Brasil. A pesquisa pode ser consultada no site da instituição e tem margem de erro de 3,5%.

Deixe uma resposta