59% dos brasileiros veem reforma da Previdência como necessária, segundo pesquisa

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) afirma que 59% dos brasileiros é favorável a reforma da Previdência. O levantamento apresentado hoje (8) indica que seis a cada 10 cidadãos veem a matéria como necessária, já 36% discordam da necessidade da reforma.

A percepção de que as mudanças são imprescindíveis é maior entre os homens, com ensino superior e renda familiar acima de cinco salários mínimos, informa o CNI que contratou o Ibope para realizar a pesquisa.  63% dizem que é preciso fazer a reforma da previdência.

Já entre as mulheres, o porcentual cai para 54%. As mudanças são necessárias para 68% dos entrevistados com ensino superior e para 73% dos que têm renda familiar acima de cinco salários mínimos.

Segundo a CNI/Ibope, 52% dos brasileiros que ganham menos e com menor grau de escolaridade apoiam a matéria apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). “As mudanças no sistema atual de aposentadorias são essenciais para incentivar o retorno dos investimentos, do crescimento sustentado e da necessária modernização do País”, afirma o presidente da CNI em exercício, Paulo Afonso Ferreira.

Desconhecimento do projeto

Mesmo com um apoio positivo, o levantamento apontou que poucos brasileiros conhecem o teor da matéria. Apenas 36% da população conhecem a proposta do governo em tramitação no Congresso. Entre essas, só 6% dizem ter amplo conhecimento do texto e 30% conhecem os principais pontos.

A pesquisa foi feita entre os dias 12 e 15 de abril e entrevistou 2.000 eleitores com 16 anos ou mais, em 126 municípios. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para cima e para baixo, com 95% de confiança. (Com informações do Estadão).

Deixe uma resposta