Acusado de assassinar Policial Militar Edjemmy no José e Maria é preso em Petrolina

(Foto: WhatsApp)

Na noite desse sábado (26), por volta das 22h30, um dos acusados de participar do assassinato do Policial Militar Edjemmy Silva Santos, em março de 2015, foi preso. Rigel Rodrigues da Silva foi detido em um bloqueio da ROCAM.

Na época, poucos dias após o crime, o delegado Magno Neves afirmou que todos os envolvidos seriam presos. “Todos que participaram da morte de Edjammy serão punidos, serão presos, será decretada a prisão preventiva deles através de representação da autoridade policial da delegacia de homicídio”, afirmou.

Assassinato

Edjemmy foi assassinado covardemente em um bar no bairro José e Maria no ano de 2015. o soldado estava com a esposa em um bar, quando repreendeu um grupo de usuários de drogas.

Após ter deixado a esposa em casa, o militar voltou para o bar e encontrou o mesmo grupo. Foi iniciada uma discussão e dois dos suspeitos conseguiram fugir.

Um deles voltou ao local e atirou contra o PM. O disparo acertou a nuca do policial que morreu na hora.

Deixe uma resposta