Agentes de endemias intensificam ações de enfrentamento ao Aedes Aegypti em Sobradinho-BA

Agentes endemias Sobradinho-BA

Com o surgimento de doenças como a chikungunya e a zika, também transmitidas pelo mosquito da dengue, as ações de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti foram intensificadas nas residencias e logradouros públicos da cidade de Sobradinho-BA.

O índice de infestação predial por Aedes Aegypti no município baiano, se mantém em cerca de 0, 4 %, considerado ALTAMENTE CONTROLADO pelo Ministério da Saúde, que somente preconiza situação de alerta acima de 2%, isso graças ao trabalho realizado por quatro equipes de endemias que estão focadas nas ações preventivas e de enfrentamento ao mosquito.

A média de visita é de trezentas residências por dia na sede e interior.Os agentes fizeram um bloqueio nas quadras S 19 e S 21, consideradas áreas críticas, por apresentar casos suspeitos de dengue.

“A população pode ficar tranquila, pois até agora nenhum caso de doença transmitida pelo mosquito foi confirmado no município. Os casos suspeitos foram notificados e encaminhados para exame laboratorial. Estamos aguardando o resultado. Os agentes de endemias são capacitados e estão nas ruas realizando um trabalho permanente e eficaz”, declarou o o coordenador de endemias Sóstenes Pereira do Nascimento.

Deixe uma resposta