Aldir Blanc morre aos 73 anos, vítima de covid-19

Compositor é mais uma vítima do covid-19 (Foto: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO)

O coronavírus fez mais uma vítima no meio artístico brasileiro. O compositor e escritor Aldir Blanc morreu na madrugada dessa segunda-feira (4), aos 73 anos. Ele estava internado no Hospital Universitário Pedro Ernesto, zona norte do Rio de Janeiro.

Uma das músicas mais famosas compostas por Blanc é “O Bêbado e a Equilibrista”, eternizada na voz de Elis Regina. O compositor estava internado desde o dia 10 de abril, com uma infecção urinária e pneumonia. O quadro clínico evoluiu para uma infecção generalizada, agravada pelo coronavírus.

Artistas fizeram uma campanha para que Blanc conseguisse uma vaga no Hospital Universitário. A transferência aconteceu no último dia 20. Durante alguns dias ele apresentou melhoras, mas não resistiu.

Deixe uma resposta