Alunos da Uneb campus Juazeiro visitam fábrica de fermentação de leveduras no Paraná

(Foto: Internet)

Alunos do curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia do Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais (DTCS) da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Juazeiro (BA), visitaram uma unidade de fermentação de leveduras para nutrição animal e vegetal, instalada no Paraná, considerada uma das maiores do mundo. A visita ocorreu no final do mês de abril e teve como objetivo conhecer os processos e prospectar parcerias para o desenvolvimento de pesquisas e possibilitar oportunidades de estágios para os graduandos.

Os professores doutores Meridiana Gonçalves e Adailson Feitoza, estiveram na fábrica da Alltech Crop Science, a convite da empresa, que utiliza bioprocessos e biotecnologia para desenvolvimento de seus produtos. Adailson Feitoza, que também é coordenador do Colegiado do curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, destaca a importância de estabelecer parcerias, tendo em vista a discussão sobre o contingenciamento financeiro que as instituições de ensino público estão vivenciando.

O professor Adailson acrescenta que o DTCS, assim como o Colegiado, vêm trabalhando na busca de estratégias que possam contornar, em parte, estas problemáticas. “Neste sentido temos investido esforços amplos para firmar parcerias a partir de convênios e de acordos de cooperação técnica com empresas do setor privado”, explica.

Ele ressalta, ainda, que a graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia tem como característica principal a análise e proposição de resoluções de problemas nos diversos segmentos. “O nosso curso tem know-howtécnico-científico que pode ser usado para solucionar os principais problemas encontrados em empresas de base biotecnológica, entre outras. Em contrapartida, essas empresas podem investir recursos financeiros para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão”, ressalta Feitoza.

Deixe uma resposta