Antônio Coelho elogia reforma da previdência Federal e critica proposta de Paulo Câmara

Deputado estadual criticou projeto da reforma previdenciária de Câmara (Foto: Ascom)

Em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado estadual Antônio Coelho (DEM) faz oposição ao Governo do Estado. Para Antônio, Paulo Câmara (PSB) é governador de impostos, que aumenta as tarifas sempre que quer.

LEIA TAMBÉM:

Deputados aprovam reforma da Previdência de Pernambuco 

Alinhado com o Governo Federal, o deputado estadual avaliou a reforma da previdência aprovada na Câmara e Senado como positiva e teceu críticas ao projeto em Pernambuco. “A reforma previdenciária foi muito importante para o Brasil, a União vai recuperar a capacidade de investimento. Agora a gente vai ter mais obra em infraestrutura, saúde, escola e segurança hídrica. Em Pernambucano nosso governador não tem coragem de enfrentar esse assunto“, afirmou.

Segundo Antônio, a cada ano o Estado perde dinheiro com o déficit previdenciário e se faz importante ter uma reforma ampla. “Todo ano Pernambucano joga pelo ralo R$ 3 milhões em déficit previdenciário. Acho positivo ter finalmente ter sido aprovado algum projeto da previdência, mas isso não é uma reforma previdenciária. A gente aumentou a alíquota e foi muito injusta, faz com que o servidor mais rico pague o mesmo que o servidor mais pobre”, continuou.

A proposta enviada pelo Estado e debatida na Alepe prevê o aumento da contribuição do servidor estadual, que vai para 14% da remuneração. Atualmente, os servidores estaduais já recolhem 13,5% de contribuição, mais do que os trabalhadores da iniciativa privada.

Deixe uma resposta