Aós teto desabar, IML de Caruaru é interditado

foto_imlA Defesa Civil interditou, desde a última sexta-feira (25), o Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru, após uma forte ventania derrubar o teto do local. O acidente não teve vítimas, mas, por questões de segurança, levou à interdição do local. De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE), os corpos estão sendo transferidos para o IML do Recife.

Contudo, a transferência acaba prejudicando os parentes das vítimas, que precisa custear a alimentação e passagem, por exemplo, além da demora para liberação dos corpos. “Isso faz com que as famílias sofram ainda mais e acaba sobrecarregando o IML do Recife”, comentou Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol-PE.

Ainda de acordo com Áureo, não há instalações adequadas para o funcionamento do IML de Caruaru. “O IML funciona de forma improvisada em Caruaru. Fomos acionados, nesta manhã, e constatamos a situação do local. Há mais de um ano, denunciamos a situação precária de lá. Em abril, chegamos a pedir a interdição ao Ministério Público de Pernambuco”, comentou Áureo, que disse que os servidores do local também reclamam da falta de Equipamento de Proteção Individual (EPI).

O presidente do Sinpol-PE também lembrou que as obras do Complexo de Polícia Científica estão paralisadas desde 2013, no bairro do Salgado, em Caruaru. Segundo ele, no local, já deveriam estar funcionando o Instituto de Criminalística (IC), o Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB), além do IML. Um ofício, que será confeccionado pelo Sinpol-PE, deverá ser entregue, ainda nesta segunda, ao MPPE e ao secretário de Defesa Social de Pernambuco, Ângelo Gioia. Ainda não há data para reabertura do IML de Caruaru. A reportagem procurou a SDS, que deve enviar nota.

Com informações da FolhaPE

Deixe uma resposta