Apesar de voto favorável, Oposição levanta questionamento sobre remanejamento de recurso para saneamento de Petrolina

Recurso de R$ 6 milhões deve ser usado para solucionar problema do Dom Avelar (Foto: Blog Waldiney Passos)

O projeto de Lei nº 007/2019, no qual a Prefeitura de Petrolina pedia autorização para remanejar recurso da pavimentação ao saneamento básico, foi aprovado unanimidade, mas não foi poupado de críticas da Bancada de Oposição. O discurso dos seis vereadores opositores foi o mesmo: apesar do “sim”, a matéria deixava brechas para questionamentos.

Gabriel Menezes (PSL) foi o primeiro a apontar as falhas no texto. Segundo o edil, “não há critérios de escolha”. Gilmar Santos (PT) discursou após o colega e referendou o companheiro de bancada, afirmando que falta transparência na gestão.

LEIA TAMBÉM:

Com votos da Oposição, vereadores autorizam Executivo a destinar recurso para saneamento de Petrolina

Mais enfático, o líder do grupo, Paulo Valgueiro (MDB) lembrou que a Oposição votaria em peso pela aprovação, mas isso não significaria uma mudança na postura deles. “Somos contrários a endividamento, mas a Bancada de Oposição votará favorável ao remanejamento e vamos continuar atentos, fiscalizando”, disse.

Domingos de Cristália (PSL) e Cristina Costa (PT) também apontaram as dúvidas sobre o projeto. “Tenho dúvidas, uns dizem que é referente aos 60 milhões, outros aos 17. Esse contrato aqui, quais são os termos, quantas parcelas, valores das parcelas, quanto é que vai ser remanejado, tá tirando da pavimentação e vai jogar, quanto é?”, perguntou a petista.

Ronaldo Silva (PSDB) elogiou a Oposição por apoiar a matéria e afirmou que o remanejamento é do empréstimo do FINISA, no valor de R$ 60 milhões. Já Ronaldo Cancão (PTB) lembrou que a obra da bacia do Dom Avelar foi iniciado nas gestões antigas, com recurso liberado e não foi executado como deveria. “Essa é a história real, de lá pra cá teve o governo de Julio Lóssio para a empresa retomar, a empresa trabalhou e parou a obra”, ressaltou.

Nossa produção apurou juntamente à Prefeitura de Petrolina que o recurso é de fato do FINISA e será de R$ 6 milhões para investimento na bacia do Dom Avelar.

Deixe uma resposta