Após denúncia, Hospital Dom Malan/IMIP explica o método utilizado pela triagem do hospital para classificar o nível de risco dos casos

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma leitora entrou em contato com o nosso blog e relatou o descaso no atendimento do Hospital Dom Malan/IMIP depois de buscar atendimento para o filho, que só foi atendido após a mesma ter relatado o caso na ouvidoria da unidade.

Em nota, o Hospital Dom Malan/IMIP esclareceu que os casos são atendidos de acordo com a classificação de risco validada pelo Ministério da Saúde e que a equipe de triagem é a responsável por esta classificação, podendo, assim, fazer a contra-referência ao atendimento de origem.

Confira a nota na íntegra

“O Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina esclarece que é uma unidade de referência em urgência e emergência materno/infantil e trabalha de acordo com a classificação de risco por cores que remetem ao estado de saúde do paciente, com prioridade de atendimento para os casos amarelos e vermelhos.

O método é validado pelo Ministério da Saúde e segue as recomendações sobre a Política de Humanização do Sistema Único de Saúde (SUS).
Pacientes classificados com verde (pouco urgente) e azul (não urgente) têm como referência a atenção básica, ou seja, as Unidades Básicas de Saúde (postos de saúde).

A equipe de triagem é responsável por esta classificação e, como profissionais treinados e qualificados, podem fazer a contra-referência ao atendimento de origem.”

Deixe uma resposta