Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Após manifestação, Prefeitura e Codevasf discutem situação no Projeto Maria Tereza

(Foto: ASCOM)

A quarta-feira (28) foi marcada por protestos no Projeto Maria Tereza. Moradores interditaram a estrada de acesso ao Projeto, para chamar atenção da Prefeitura de Petrolina e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) sobre a falta d’água e as péssimas condições da estrada.

Ainda pela manhã, representantes da secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) e da Codevasf discutiram a respeito de melhorias nas estradas e também, uma maneira de sanar o problema no abastecimento.

LEIA TAMBÉM:

Moradores do Projeto Maria Tereza interditam estrada em protesto

De competência municipal, a SEDURBS informou que será feita a operação Tapa-buraco no local. Já a situação da falta d’água é de responsabilidade da Codevasf. Nós entramos em contato com a assessoria de comunicação da Companhia e ainda estamos aguardando um posicionamento do órgão.

Leia a íntegra da nota enviada pela Prefeitura de Petrolina:

A Prefeitura de Petrolina informa que a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) já está ciente das demandas sobre a situação das rodovias dos perímetros irrigados do município, incluindo a do Maria Tereza, e já está em diálogo com a CODEVASF, responsável pela área, para que a empresa pública viabilize a realização de uma operação Tapa-buraco na localidade. Um encontro foi realizado na manhã desta quarta-feira (28) a fim de buscar soluções para as demandas daquelas comunidades.

Deixe uma resposta