Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Armando Monteiro volta a declarar apoio a Lula e critica possível aliança do PT com PSB

(Foto: Bobby Fabisak/JC Online)

Um dos nomes cotados para concorrer ao Governo de Pernambuco, o senador Armando Monteiro Neto afirmou que, se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realmente for candidato, tem obrigação de votar em Lula.

Em entrevista ao programa Super Manhã, da Rádio Jornal Petrolina, Armando destacou o sentimento de gratidão do pernambucano com Lula e não escondeu seu compromisso político com o ex-presidente.

“Não há como deixar de reconhecer que os pernambucanos têm muita gratidão e muita consideração com o presidente Lula. Eu por exemplo tenho, sou amigo do presidente, já caminhamos juntos em várias eleições e eu até já declarei publicamente que se o presidente Lula for candidato, eu não posso deixar de votar nele”, afirmou o senador.

Aproximação do PT com PSB

Armando compõe o grupo de oposição do governador Paulo Câmara e vê uma possível aliança entre o PSB e o PT em Pernambuco como uma contradição.

“Há entendimentos de que [a negociação de aliança política] já está num estágio adiantando, mas há muitos setores do PT em Pernambuco que defendem uma candidatura própria, porque o PSB lutou para destituir a presidente Dilma, o PSB foi uma peça importante na derrubada no último governo do PT”, destacou Armando.

Armando também lembrou o trabalho de oposição do PT na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), tornando uma aproximação dos partidos como um “mero interesse eleitoral”.

Deixe uma resposta