Artesãs são homenageadas pela Codevasf

Artesas 1

Neste sábado é comemorado também o Dia do Artesão, profissional que transforma e dá vida a variadas matérias-primas como palha, cerâmica, bordado, renda, entre outras. A produção artesanal é uma importante manifestação da cultura popular e principal fonte de renda para muitas famílias do nosso país.

Em Alagoas, produtoras da Associação dos Artesãos em Couro de Tilápia (AACT), localizada no município de Piranhas, vivem do artesanato produzido a partir do couro de titápia. Nas mãos das produtoras, a cultura popular ganha vida e se transforma em diversas peças que são comercializadas na região.

Bolsas, sandálias, cintos, carteiras, capa para agendas e bijouterias, são algumas das peças produzidas no município. Gilvaneide Correia dos Anjos é presidente da associação, que reúne seis mulheres e dois homem. Ela explica como funciona o trabalho desenvolvido pelos artesãos.

“Nós aprendemos essa técnica, há 8 anos, em um curso promovido pela prefeitura e pelo Sebrae. Nós compramos o couro da tilápia, in natura, de associações e cooperativas de pequenos piscicultores daqui da região. Nós fazemos todo o processo de curtimento com tintura vegetal e depois elaboramos as peças que vendemos em feiras de artesanato de Alagoas e Sergipe”, explica.

De acordo com a artesã as peças possuem inspiração sertaneja, como o cangaço, as flores do sertão e o rio São Francisco. Recentemente, as artesãs foram assistidas pela Codevasf com equipamentos que facilitaram o trabalho das produtoras.

“Nós recebemos da Codevasf duas máquinas que nós usamos muito. Nós até já temos uma, mas não é da mesma potência dessa que ganhamos da Codevasf. Nossa expectativa é de melhorar a cada dia o nosso trabalho”, ressalta.

Em Sergipe, os produtores da Associação de Artesanato e Apicultura dos Povoados Tigre e Junça, em Pacatuba, também são assistidos por projetos da Codevasf direcionados para a apicultura. Além do mel e do pólem, eles produzem bolsas, tapetes, chapéu, jogo americano, portas moedas e pufes que são vendidos em eventos de artesanato e na própria região.

Entre as ações promovidas pela empresa em sua área de atuação estão: o fornecimento de equipamentos, apoio na comercialização dos produtos como a participação em feiras e eventos e por meio de capacitação. Já foram beneficiadas artesãs dos estados da Bahia, Sergipe, Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas, Piauí e Maranhão.

Deixe uma resposta