Artistas de Petrolina avançam no debate para reestruturação do Conselho Municipal de Cultura e Patrimônio

(Foto: ASCOM)

Representantes da classe artística petrolinense participaram, neste sábado (9), no auditório da Secretaria de Educação, de mais uma reunião onde foi discutida a modificação da lei que define os direitos e deveres do Conselho Municipal de Cultura.

Este foi o quarto encontro, de uma série, que trata da reestruturação do órgão, que tem como função fiscalizar e auxiliar no processo de criação de políticas e estratégias das expressões artísticas da cidade (música, dança, teatro, artes visuais, entre outras). A principal mudança condiz à inclusão de medidas que permitem também legislar sobre o patrimônio de Petrolina.

Os representantes do setor cultural discutiram cada artigo das Leis Municipais 1855/06 e 2243/09, sugerindo alterações e atualizações para fortalecer o segmento e incentivar as práticas artísticas entre a população. Todo o debate foi acompanhado de perto pela secretária de Cultura Turismo e Esportes, Maria Elena de Alencar.

Segundo a gestora, o constante diálogo tem permitido que se avance na reconstrução das políticas públicas para os segmentos culturais. “Através do processo democrático, temos nos reunidos e ouvido o que cada setor tem a dizer e as sugestões para melhorar ainda mais o fazer cultural da nossa cidade. É fundamental a participação dos artistas e produtores culturais, pois eles conhecem profundamente essa realidade e onde o setor público deve dirigir seus esforços”, afirma.

A próxima reunião para avançar nas discussões do Conselho já tem data marcada, dia 19 de dezembro, às 18h, na sala da Philarmônica 21 de Setembro, no Centro de Convenções. Na ocasião, será revisado o texto final, já com as modificações na lei, para que seja enviado para votação na Câmara de Vereadores.

Deixe uma resposta