Aulas presenciais na Bahia continuarão suspensas até 25 de outubro

(Foto: G1/Reprodução)

O Diário Oficial desse sábado (10) traz a renovação do decreto que suspende as aulas presenciais nas escolas públicas e privadas da Bahia. Por determinação do Governo do Estado, os encontros presenciais seguirão proibidos, pelo menos, até 25 de outubro.

O decreto publicado pelo governador Rui Costa (PT) venceria nesta segunda-feira (12). Além das aulas, seguem proibidas eventos com aglomeração superior a 100 pessoas (shows, carreatas entre outras atividades) e a abertura de museus, teatros, zoológicos e afins.

Govenador não é favorável 

As aulas na Bahia estão suspensas, de forma presencial, desde o dia 19 de março. Ao longo dessa semana, Costa já havia sinalizado que não daria sinal verde para os encontros presenciais. “Estamos acompanhando os números para entender como se pode voltar e não temos um diagnóstico muito claro de como tá a doença pra gente saber como voltar para as aulas“, disse.

No boletim de sexta-feira (9) a Bahia registrou 1.412 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.455 curados (+0,5%). “O número de mortes cria uma sensação de que a doença ainda tá forte. Não dá pra tomar decisão burocrática. Precisa reduzir os números ainda“, conclui o governador.

Deixe uma resposta