Barragem de Barra do Juá, em Floresta, pronta para receber água da transposição do rio São Francisco

(Foto: ASCOM)

As comportas da barragem de Barra do Juá, reservatório que possui 71 milhões de metros cúbicos, localizado em Floresta (PE), teve seu conserto finalizado nessa quinta-feira (20) pela secretaria de agricultura do estado, e já está em condição de receber água do canal do eixo leste da transposição.

Essa luta foi empreendida ao longo de todo o primeiro semestre pelo deputado Rodrigo Novaes, objeto de vários pronunciamentos e articulação, que chegou a realizar audiência pública em Floresta para tratar do assunto.

A obra é o primeiro passo para que se consiga efetivar a perenização do riacho do Navio, favorecendo milhares de famílias na região. Ela dará início a um novo ciclo.

Busca-se também a liberação para a barragem de Poço da Cruz e no eixo norte para a barragem Nilo Coelho, em Terra Nova.

Segundo Novaes, são “iniciativas como essas que dão sentido à obra da transposição no sertão pernambucano. Sem isso, não tem sentido tanta espera pelo sonho da integração das bacias.”

O deputado contou com o apoio do secretário de agricultura Nilton Mota, responsável pela obra. “Nilton foi sensível à situação. Sabe da importância dessa barragem para o pequeno produtor. Foi ágil. O povo todo se alegra e se enche de esperança”, comemorou Rodrigo Novaes.

Agora sem empecilho técnico, o governador Paulo Câmara articula pela liberação da água da barragem do Muquém para Juá, que deve se dar nos próximos dias.

Deixe uma resposta