Betão afirma vestir a camisa do prefeito Júlio Lossio e alfineta FBC

betão-2

“Votei em Júlio Lossio na primeira eleição a pedido do grupo de Fernando” afirma vereador Adalberto Bruno (Betão)

De corpo e alma, sem titubear, a adesão do vereador Adalberto Filho (Betão) ao grupo liderado pelo prefeito Júlio Lossio (PMDB) foi pra valer. “Hoje eu visto a camisa do prefeito Júlio Lossio e vou fazer o possível para contribuir com o governo para que a gente traga o melhor para a nossa cidade”, comentou ao justificar o porquê do rompimento com o grupo de Fernando Bezerra.

Betão disse ainda que não se considera um traidor e alfinetou o senador FBC. “Não traí ninguém de forma alguma, a gente não pode dizer isso, até por que tem essas coisas na política, o senador foi ministro até o ano retrasado, foi ministro de Dilma, hoje pede a cabeça dela e nem por isso a gente tá tratando ele como traidor ou como uma pessoa que tá sendo infiel, na verdade é uma questão da sobrevivência política, da prerrogativa que cada um tem”, justificou.

Quanto ao fato de está agora com Júlio Lóssio, Betão disse que na primeira eleição do prefeito votou nele a pedido do próprio Fernando Bezerra “depois, em um outro momento, ele já estava unido com o deputado Gonzaga Patriota, então é assim, não tem que ter nenhum ressentimento de ninguém, pois a política tem essa dinâmica”, disse.

Um Comentário

  • Luiz Amora

    15 de abril de 2016 at 17:26

    Betão, considero voce como amigo porém, não concordo em voce dizer que a causa da sua saída do grupo tenha sido EDILSÃO, o qual iria atrapalhar sua reeleiçao, competindo com os seus votos. Veja, voce está deixando uma legenda onde só tem praticamente voce, Ibamar Fernandes e Edilsão forte candidatos, para ir para uma outra(PMDB) que segundo os bastidores, existem no mínimo l5 fortes pré-candidatos como, Alvorlande Cruz< Elismar Gonçalves, Hailton Guimarães, Ednaldo Lima Etc., não dá para aceitar sua justificativa. Tem coisa por baixo da Ponte. Acho que políticamente ficou mais dificil para voce na corrida à reeleição. Um abraço!

    Responder

Deixe uma resposta