Câmara afirma que contas estão “apertadas” e não descarta corte de gastos no funcionalismo público

(Foto: Jornal do Commercio)

Durante uma entrevista à Rádio Jornal Recife nessa segunda-feira (21), o governador Paulo Câmara (PSB) comentou a situação financeira de Pernambuco e reconheceu que a crise econômica vista no país afetou as contas do estado.

Segundo Câmara que iniciou em janeiro seu segundo mandato, é preciso aproveitar a leve onda de crescimento e investir no Estado. “A gente está muito apertado. Isso é uma realidade, porque os últimos anos foram anos de crise. A economia está melhorando um pouquinho. Temos que aproveitar isso e fazer com que as coisas em Pernambuco andem mais rápido”, disse o governador.

Corte de gastos

Segundo Câmara, novos cortes nas despesas não estão descartadas. “Isso é um exercício permanente que todo gestor público vai precisar fazer. Eu posso garantir que todo nosso planejamento é para que Pernambuco continue com o equilíbrio das contas. É algo muito importante garantir o salário do funcionalismo público, os serviços continuarem funcionando. Pernambuco não pode perder isso”, continuou.

Com informações do JC Online

Deixe uma resposta