Câmara aprova PL que altera quadro administrativo da Prefeitura de Petrolina

(Foto: Jean Brito)

Principal matéria na pauta desta terça-feira (4), o Projeto de Lei n° 13/2021 foi aprovado por 16×3 votos. Gilmar Santos (PT), Marquinhos do N4 (Podemos) e Samara da Visão (PSD), da Oposição, votaram contra. A justificativa dos edis é que o Poder Executivo quer criar mais cargos em tempos de pandemia, quando as receitas diminuem.

LEIA TAMBÉM

Aero Cruz propõe Moção de Aplauso ao Corpo de Bombeiros de Petrolina

Vereadores de Petrolina pedem valorização dos enfermeiros e técnicos de enfermagem 

Vacinação contra covid: Samara da Visão pede inclusão de bancários no grupo prioritário

Maria Elena solicita emendas a Fernando Filho para melhorias no bairro Jardim Maravilha

Já a bancada de Situação, ampla maioria na Casa Plínio Amorim, negou que a Prefeitura estivesse causando prejuízo aos cofres públicos. A base governista também teve o apoio de Elismar Gonçalves (Podemos) que é da Oposição.

O que diz o projeto

O PL foi encaminhado à Câmara em caráter de urgência. Na matéria o prefeito Miguel Coelho (MDB) propõe a exclusão de uma vaga de Secretário Executivo. Além disso, a matéria prevê a criação de um cargo de Gestor de Folha de Pagamento e ainda outra vaga para Gerente. O Poder Executivo solicitou urgência na votação.

A justificativa da Prefeitura é a “necessidade de reorganização da estrutura administrativa do Município”. O texto segue para sanção de Miguel Coelho para entrar em vigência.

 

Deixe uma resposta