Câmara de Vereadores de Petrolina presta homenagem a Manoel de Zeca, de Rajada, concedendo Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan

Por iniciativa da vereadora Cristina Costa (PT), através do Decreto Legislativo nº 17 – 09.08.2017, a Câmara de Vereadores de Petrolina (PE), homenageou, nesta terça-feira (17), o Senhor Manoel José de Amorim, morador do Distrito de Rajada.

Manoel de Zeca, como é mais conhecido, recebeu a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados a comunidade de Rajada com o abate de animais e a comercialização de carnes naquela comunidade.

A vereadora Cristina Costa, autora do decreto, disse que conheceu a história de seu Manoel através de um irmão dele e percebeu a grande contribuição que o pecuarista deu ao desenvolvimento de Petrolina.

“Seu Manoel deu uma contribuição muito grande para o crescimento de Petrolina. Ele sempre viveu de gado. Trazia os animais de Rajada para vender em Petrolina. Vinha em cima de um jumento, dormia no meio do tempo. Trabalhou no exército. Depois, por sua personalidade, por seu comportamento, por seu trabalho, foi chamado para ser juiz de paz e cuidou de muitos casamentos, muitas crianças e ajudou muitos sertanejos que enfrentavam ali, dificuldades. Então a sua própria história de luta me sensibilizou”, justificou Cristina Costa.

A vereadora argumentou também que a Medalha Dom Malan deve ser dada a pessoas que que tenham contribuído efetivamente com o desenvolvimento de Petrolina e para ela, seu Manoel teve influência direta na economia do município.

“Ele é marchante, tem um açougue, matou a fome de muita gente. Assim como ele tinha o trabalho de vender o seu gado, ele também saciava a fome daqueles que não tinham o que comer e dava isso de coração. Então a grandeza desse homem, pela sua simplicidade, a sua história, a sua personalidade… isso me chamou a atenção e me sensibilizou”, afirmou a vereadora.

Aos 81 anos de idade, Seu Manoel, que ainda desenvolve o trabalho braçal criando e abatendo animais, parecia não acreditar na homenagem que recebeu, rodeado por sua família. “Tô agradecido mesmo, porque eu nunca pensei de hoje está aqui recebendo essa homenagem. Nunca pensei de acontecer um negócio desse. Tô muito satisfeito. Tenho fé em Deus que ele vai me dar muitos anos de vida pra eu ficar lembrando dessa homenagem”, finalizou com sorriso um largo no rosto.

Deixe uma resposta