Caminhada ecológica marca encerramento da Semana do Meio Ambiente da Escola Municipal Mandacaru em Juazeiro

A 15ª Caminhada Ecológica saiu da frente da Escola Municipal Mandacaru, no bairro Jardim Primavera, zona rural de Juazeiro (BA), encerrando a 9ª Semana do Meio Ambiente, promovida pela Agrovale, que neste ano teve como tema ‘Organização no ambiente de trabalho – quer melhorar o planeta? Repense!’.

Com faixas e cartazes, cerca de 230 alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental I e II saíram pelas principais ruas do bairro, distribuindo panfletos e conscientizando a população da importância da preservação do meio ambiente.

Segundo a diretora da escola, professora Maria Maciel, a caminhada colocou em prática todos os ensinamentos vistos em sala de aula e compartilhados com a comunidade. “E fazer parte da 9ª Semana do Meio Ambiente é consolidar uma parceria com a Agrovale que só traz benefícios e enriquece a luta pela preservação dos recursos naturais em nossa região”, ressaltou.

Campanha

A 9ª Semana do Meio Ambiente começou na última sexta-feira (1), no restaurante da empresa. Durante o momento de refeição, os organizadores explicaram aos funcionários, diretores e colaboradores como seria a dinâmica da campanha no decorrer da semana seguinte.  Na segunda-feira (4), houve a sensibilização de cada setor da Agrovale, onde trabalhadores foram levados a refletir sobre organização no ambiente de serviço.

Nas comemorações da terça (5), funcionários do departamento agrícola, plantio, irrigação, adubação, corte, dentre outros, reuniram-se na Central de Resíduos do setor de Meio Ambiente da Agrovale para participar de dinâmicas, entrega de brindes e palestras educativas.

Ações ambientais

O vice-presidente da Agrovale, Denisson Flores, acompanhou o desenvolvimento da campanha e lembrou que todo o processo produtivo da empresa, desde a cultura da cana à fabricação do etanol e açúcar é ecologicamente correto. “Tudo que utilizamos no processo é reaproveitado na produção”, destacou.

A água usada no processo industrial é reutilizada na irrigação da lavoura, enquanto o bagaço da cana alimenta as caldeiras possibilitando a geração de vapor e energia elétrica. “Parte desse material também doamos aos pequenos agricultores da região, que o usam como ração animal, composto orgânico e até para manter a umidade do solo”, ressalta o gestor.

Para Flores, a campanha serve como um esforço a mais na busca pelo comprometimento de todos da empresa na preservação e cuidados ecológicos. “A Agrovale vem desenvolvendo inúmeras ações voltadas a esse tema e nosso objetivo é nos tornamos uma empresa cada vez mais identificada com as causas ambientais e com a sociedade”, concluiu.

Deixe uma resposta