Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Caminhoneiros fazem críticas a sindicatos e afirmam que paralisação continua

(Foto: Internet)

Após a divulgação do acordo entre o governo e oito entidades de caminhoneiros, a categoria de autônomos parados nas rodovias disseram que não acabarão com a paralisação. “Os supostos sindicatos que estão negociando não representam os caminhoneiros que estão na rua”, disse um motorista ao jornal Folha de São Paulo.

Os caminhoneiros pretendem manter a paralisação pois o acordo não atinge as suas principais reivindicações. “São 14 itens que a gente nem conhece. O principal é a redução do diesel, mas não essa esmola temporária de 15 centavos.”

“Nenhum caminhoneiro vai aceitar esse acordo. O Brasil vende diesel para a Bolívia a R$ 1,80 e a gasolina a R$ 2,50. Por que não pode vender aqui também?”, questionou outro caminhoneiro.

Deixe uma resposta