Campanhas marcam o dia mundial da luta contra Aids

luta-contra-a-aids

Nesta terça-feira (1) o Ministério da Saúde intensifica ações para combater o aumento do número de AIDS no Brasil. Doença que tem sido uma das maiores causas de mortes no mundo, principalmente entre jovens.

Esse ano a campanha tem como foco, jovens gays de 15 a 24 anos das classes C, D e E. A ação busca discutir as questões relacionadas à vulnerabilidade ao HIV/Aids, na população prioritária, sob o ponto de vista do estigma e do preconceito. Além disso, a ideia é estimular a reflexão sobre a falsa impressão de que a AIDS afeta apenas o outro, distante da percepção de que todos nós estamos vulneráveis a ela.

 Como um instrumento de diminuir a demora no diagnóstico da Aids, a ANVISA aprovou no dia 20 de novembro, o registro de autotestes para a triagem do vírus HIV e que poderão ser utilizados por usuários leigos. O país passa a ser um dos poucos do mundo a adotar esta estratégia, buscando ampliar o acesso ao diagnóstico, o que se configura em mais um instrumento para auxiliar no controle da infecção no Brasil.

Deixe uma resposta