Campeonato Pernambucano pode ser anulado, segundo presidente da federação

Decisão pode beneficiar o Petrolina.

Pela primeira vez na história o Campeonato Pernambucano pode terminar sem um campeão. Com todas as competições paradas, devido ao surto do coronavírus, os estaduais podem não ter datas suficientes para as partidas decisivas.

Segundo o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, em entrevista à Rádio Jornal, caso até setembro o calendário do futebol não retorne, o Estadual deve ser considerado como anulado, sem um campeão declarado.

“Se ocorrer de até setembro não resolver isso, não haveria como voltar. Com isso, por motivo de força maior, o fato nulo não produz efeito e o campeonato que não encerrou não teria como ter um campeão”, destacou o presidente.

Na oportunidade, Evandro não comentou sobre a situação dos clubes classificados para a Série A1 de 2021 e sobre os últimos colocados desta temporada. O que seria feito, segundo o presidente, era a homologação do resultado de 2019, sem definir como ficaria a situação dessas equipes.

Deixe uma resposta