Candidato a reitor do IF Sertão-PE promete realizar uma gestão mais democrática e paticipativa

ERBS CINTRA - IF SERTÃO-PE

Servidores docentes, alunos e técnicos administrativos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão de Pernambuco (IF Sertão-PE), estão mobilizados na campanha para eleição que vai eleger na quarta-feira, 16, o novo reitor da instituição. Dois candidatos disputam o pleito: Leopoldina Veras e Erbs Cintra.

Em entrevista ao nosso Blog, Erbs Cintra, que é ex-aluno do instituto e que lançou sua campanha no última sábado (5), no município de Floresta-PE, disse acreditar que a vivência como aluno e o fato de ter passado por vários cargos de diretoria contribui para a identificação do que a entidade precisa. “Trazer o sentimento enquanto aluno, alguém que sentou naquelas cadeiras e pôde observar a instituição daquele ângulo, a necessidade de políticas de assistência estudantil, de fazer com que os alunos participem do processo decisória, talvez  sejam esses os maiores sentimentos de nossa campanha”, salientou.

Considerando-se o candidato da mudança, Cintra disse que a instituição precisa com urgência de uma política de investimentos que possa ser partilhada em todos os cantos. “Todos os campus precisam ser respeitados nas suas necessidades, está na hora da instituição viver um novo momento. Hoje o tratamento é diferenciado e é justamente aí onde a gente entra para tentar corrigir os rumos do IF Sertão”, enfatizou.

A proposta de gestão de Erbs está alicerçada no tripé integração (implementadas a partir de ações administrativas que estimulem nos campus e centros de referência o sentimento de união), transparência (defesa de uma instituição democrática)  e participação (oportunizando a todos a construção dos processos decisórios).

“Nossa missão institucional é levar educação profissional a todo sertão pernambucano, é oportunizar a construção de uma nove história, uma gestão estratégica pautada nesse resgate de sentimento institucional onde a comunidade possa de fato participar da gestão”, disse.

Por fim Erbs Cintra acrescentou que sua proposta de gestão não se personifica exclusivamente no gestor. “Não é o profesor Erbs que está conduzindo o processo. Vem com a gente é o lema principal que norteia nossas ações, justamente pra que a gente consiga fazer com que toda comunidade compreenda que é o momento de participar da instituição de forma mais direta”, concluiu.

Deixe uma resposta