Casa Nova (BA) intensifica campanha de vacinação contra Gripe H1N1

 

Várias equipes já estiveram no centro da cidade atendendo a centenas de pessoas/Foto: ASCOM

Várias equipes já estiveram no centro da cidade atendendo a centenas de pessoas/Foto: ASCOM

Com o objetivo de imunizar a população contra a Gripe A H1N1, a secretaria de Saúde do município baiano deu início à campanha de vacinação. Várias equipes já estiveram no centro da cidade atendendo a centenas de pessoas.

A vacina contra influenza é a trivalente, não contém vírus vivos e não causa a doença, sendo contraindicada para pessoas com alergia grave ao ovo de galinha e para aqueles que já apresentaram reação anafilática a doses anteriores.

Segundo a secretaria, a vacinação tem como público prioritário idoso com 60 anos ou mais de idade,  crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores de saúde, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

 De acordo com Luiz Resende, secretário da pasta ‘a vacinação contra influenza mostra-se como uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações. Esperamos todas as pessoas em nossas unidades de saúde”.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina protege contra três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B).  O Ministério reforça ainda que, além da vacinação, a população deve adotar medidas de prevenção para evitar a infecção por gripe. Medidas de higiene, como lavar sempre as mãos e evitar locais com aglomeração de pessoas que facilitam a transmissão de doenças respiratórias, cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar, utilizar álcool gel nas mãos e, caso julgue necessário, utilizar máscara de proteção.

Com informações da ASCOM

Deixe uma resposta