Caso Beatriz: Gleide Ângelo e Alfredo Jorge entram para as investigações do caso

delegada-gleide-angeloO Chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Antônio Barros, anunciou, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (9), que dois novos delegados reforçarão as investigações do Caso Beatriz. Gleide Ângelo e Alfredo Jorge passam a integra a equipe intitulada de força-tarefa para colaborar nas investigações e alcançar a solução do crime. Marceone Ferreira, delegado atual no caso, continua nas investigações.

A delegada Gleide Ângelo foi responsável pelas investigações do assassinato de uma turista alemã em pleno carnaval chamou a atenção de toda sociedade e intrigou a Polícia Civil do estado. O crime aconteceu em 2010, quando a jovem Jennifer Marion Nadja Kloker, 22 anos, foi encontrada morta às margens da BR-408, em São Lourenço da Mata (PE). Num trabalho conjunto, os delegados Alfredo Jorge e Gleide Ângelo descobriram que Jennifer foi morta a mando da família e prenderam todos os envolvidos no crime.

Manifestação

Com o intuito de chamar a atenção das autoridade para a busca da justiça, será realizada, no próximo sábado (10), às 9h, uma manifestação de fé, em frente ao Colégio Maria Auxiliadora, em homenagem à garota Beatriz. O protesto contará com a presença dos pais da garota, familiares, amigos e parte da população petrolinense.

Deixe uma resposta