Caso Sirlael: segundo relato de testemunhas, dois homens teriam participado de homicídio

Assessor parlamentar foi morto a tiros na noite de ontem

Mais cedo o Blog entrou em contato com a Polícia Civil de Pernambuco, em busca de atualizações sobre a morte do assessor parlamentar da Câmara de Vereadores de Petrolina, Sirlael Lamarques Souza, de 25 anos. Ele foi morto a tiros na noite da última segunda-feira (3), na zona rural da cidade.

Através de nota a polícia informou que duas pessoas teriam praticado o crime, por volta das 19h. “Segundo relatos, dois homens chegaram em uma moto, efetuaram os disparos contra a vítima e fugiram. Eles estavam usando capacetes”, informa a nota.

LEIA TAMBÉM:

Vereadores de Petrolina lamentam morte de líder comunitário

Corpo de líder comunitário assassinado em Petrolina será sepultado em Casa Nova

Os suspeitos até o momento não foram identificados. O delegado da Delegacia de Homicídios, Gabriel Sapucaia afirmou que duas testemunhas foram ouvidas ainda na noite do crime. “Imediatamente nós fomos ao local do crime e conseguimos conseguir testemunhas, estamos em diligências para poder identificar os autores“, disse Sapucaia.

O corpo de Sirlael está sendo velado na Vila Nova do N8 e agora de tarde seguirá para Casa Nova (BA), onde será sepultado. Ele também era líder comunitário e funcionário do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Assalariados de Petrolina (STTAR).

Deixe uma resposta