Caso suspeito de coronavírus em Juazeiro “não se enquadraria” nos critérios de Pernambuco, destaca secretária-executiva de Petrolina

Secretária tranquila petrolinenses (Foto: Ascom/PMP)

A notícia de um caso suspeito de coronavírus registrado em Juazeiro (BA) ligou o sinal de alerta também em Petrolina, devido ao fato de a paciente em questão residir em solo pernambucano. Mas de acordo com a secretária-executiva de Vigilância em Saúde de Petrolina, Marlene Leandro, não há motivo para pânico.

LEIA TAMBÉM

Coronavírus: estoques de máscaras e álcool gel em farmácias de Juazeiro e Petrolina estão quase zerados

“Na unidade Hospitalar não possui nenhum paciente com suspeita  do vírus COVID-19”, diz Hospital Regional de Juazeiro

“Sobre esse caso notificado ontem na Bahia, como caso suspeito do novo coronavírus a Prefeitura vem informar que ficamos sabendo desse caso ontem no final do dia. Fomos buscar mais informações do caso. É uma mulher que viajou para a Europa e ela apresentou sintoma gripal, sem febre”, explicou a secretária-executiva.

Divergência de critérios

De acordo com Marlene Leandro, a paciente tem quadro de saúde considerado bom. “Ela está bem e de acordo com os critérios que o CIEV-PE [Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco] adota não se enquadraria como [coronavírus] por ela não apresentar a febre. Mas a Bahia adota esse critério, mesmo diante disso a gente está acompanhando o caso”, disse.

Monitoramento e orientações

Desde a semana passada a Prefeitura de Petrolina tem promovido reuniões com as autoridades de saúde no município, a fim de traçar um plano de contenção do vírus. Um encontro deve ser marcado também com os baianos.

“A gente vai alinhar com os CIEVs de Pernambuco e Bahia para que a gente tenha um padrão estabelecido e dizer a população que fique tranquila. Nesse momento o mais importante são os cuidados de higiene“, conclui.

Deixe uma resposta