Feirinha de adoção de cães e gatos de Petrolina encerra ao meio-dia deste domingo 

(Foto: Ascom/PMP)

Neste domingo (26), está sendo realizada mais uma feirinha de adoção de cães e gatos em Petrolina (PE). A ação acontece na Praça da Sementeira, bairro KM-2, das 8h ao meio-dia.

A feirinha tem o objetivo de promover e alertar para a adoção responsável. Diversos animais entre cães e gatos resgatados pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), adultos e filhotes estão disponíveis para adoção. Os animais foram vacinados, castrados ou estão com castração garantida

Para adotar um dos 15 animais disponíveis no local, o interessado deve ser maior de 18 anos, passar por uma entrevista e apresentar documentos pessoais, além de comprovante de endereço.  “Vale lembrar que, os interessados em adotar gatinhos devem levar uma caixa para transporte do animal, já para adoção de cachorros devem levar coleira e guia“, informa a coordenadora do CCZ, Graziella Vasconcelos.

Frangos apreendidos durante interdição de abatedouro clandestino são doados ao Parque Zoobotânico do 72º BIMtz

(Foto: Ascom/PMP)

A Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS) de Petrolina doou, nesta quinta-feira (16), as aves apreendidas durante a interdição de um abatedouro clandestino, realizada na última quarta-feira (15), no Distrito Industrial.

Os frangos foram encaminhados ao Parque Zoobotânico do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz). Por lá, as aves foram recebidos pela equipe de veterinários do 72º BIMtz, onde serão avaliados para verificar quais poderão ser consumidos pelos animais do parque. O restante das aves serão encaminhadas para o descarte sanitário.

Feirinha de adoção de cães e gatos será realizada este mês em Petrolina

(Foto: Alexandre Justino/ Arquivo Ascom)

No dia 26 de janeiro, a Prefeitura de Petrolina realizará mais uma edição da feirinha de adoção de cães e gatos. A ação acontecerá na Praça da Sementeira, no bairro KM-2, das 8h às 12h.

Os interessados na adoção precisam ter mais de 18 anos, e devem passar por cadastro com a equipe técnica do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), com apresentação de documentos pessoais e comprovante de residência.

Prefeitura de Petrolina divulga dicas sobre o que fazer em casos de acidentes com escorpiões

(Foto: Ascom/PMP)

Com a chegada do verão e do período chuvoso, principal época de reprodução dos escorpiões, o número de acidentes com animais peçonhentos tende a aumentar. Pensando nisso, a Prefeitura de Petrolina divulgou medidas que vão auxiliar a população na prevenção de novos casos.

Os escorpiões têm hábitos noturnos e se alimentam, principalmente, de insetos e aranhas. Em Petrolina, o combate desse animal, é feito pela gestão municipal através da captura das espécies e de orientações repassadas à população pelos agentes de saúde e de endemias. Mas, as ações por parte dos moradores são de suma importância, como a limpeza de terrenos e quintais, por exemplo.

“A gente salienta a importância de cada morador avaliar seu imóvel e eliminar possíveis situações que tornem a residência atraente para o surgimento de insetos, principalmente baratas, pois irá promover a proliferação de escorpiões. O lixo doméstico deve ser colocado em sacos plásticos ou cestos de lixo, devidamente fechados, para posterior coleta. É importante também evitar nas residências acúmulo de entulhos, telhas, blocos e madeiras”, frisa a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

Moradora do Residencial Juazeiro II busca solução para animais com suspeita de calazar e cobra apoio da prefeitura

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Por meio do WhatsApp, o Blog Waldiney Passos recebeu a denúncia de uma moradora do Residencial Juazeiro II, bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA) sobre o descaso da Secretaria de Saúde com a queixa de animais com suspeita de calazar, no referido conjunto habitacional.

De acordo com a denunciante, os dois cachorros que ela cria, mãe e filhote, estão com suspeita de calazar. Os sintomas da doença acometem os animais há aproximadamente dois meses. Ela conta que tentou a visita de um agente de endemias, e não conseguiu, já ligou várias vezes para a prefeitura, mas ninguém atende.

Animais de grande porte tiram sossego de moradores do Park Jatobá; população cobra providências

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Animais soltos em bairros de Petrolina não é novidade. Quase toda semana o Blog Waldiney Passos recebe denúncias de moradores de diversos bairros da cidade, que sofrem com os transtornos provocados pelos animais.

A vez é da população do bairro Park Jatobá, que nãos sabe mais o que fazer para resolver o problema. Segundo um morador, encontrar animais soltos perambulando pelas ruas da localidade é comum.

“Até quando nós moradores do bairro Park Jatobá temos que conviver com esta situação, estes animais vivem em nossas lixeiras rasgando lixo, atravessando as ruas em tempo de causar acidentes, vivem destruindo o único espaço de laser q temos no bairro. Além de cavalos ainda temos que aturar um lote de aproximadamente 50 caprinos e ovinos que são soltos diariamente para pastar nas ruas do bairro”, desabafou o denunciante.

Animais silvestres oriundos da fauna nordestina resgatados em São Paulo são repatriados para Pernambuco

(Foto: NCSEA)

Mais de 300 animais silvestres da fauna nordestina, que foram resgatados em São Paulo, chegaram ontem (19) ao Recife (PE). Além de 22 iguanas, 294 pássaros de diferentes espécies (ver quadro), como azulão, periquito-da-caatinga, galo-de-campina, papa-capim, foram repatriados para Pernambuco.

Os animais foram levados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), que fica localizado no Bairro da Guabiraba, Zona Norte do Recife. Este é o terceiro repatriamento que o Cetas Tangara recebe em 2019, totalizando mais de mil animais repatriados. Os animais foram resgatados em ações de combate ao tráfico e também entregues voluntariamente.

“Os animais chegaram bastante estressados e ficarão em observação. Receberão acompanhamento diário e, quando estiverem em condições de soltura, serão devolvidos à natureza”, explicou o coordenador do Cetas Tangara, Yuri Valença. Os animais, acomodados em caixas apropriadas, com frutas e água, foram trazidos no voo que saiu de Guarunhos (SP) para o Recife.

Animais infestados de carrapatos tiram sossego de moradores do bairro São José

(Foto: Ilustração)

Você já imaginou ficar proibido de sentar na calçada de sua casa, seus filhos não poderem brincar na porta, sem falar na preocupação constante com riscos à saúde? Assim estão vivendo os moradores da Rua Deoclécio, bairro São José, antigo Alto Cheiroso, em Petrolina (PE).

Toda essa privação está sendo provocada pela infestação de carrapatos e pulgas em cachorros abandonados que transitam pela referida Rua. Segundo os moradores, os animais estão tomados pelos carrapatos. O Centro de Zoonoses já foi acionado várias vezes, mas até o momento nenhuma providência foi tomada.

“Aqui tá cheio de cachorro na rua, meu filho não pode ficar na rua por que os cachorros estão todos pulguentos, cheios de carrapatos. Já entramos em contato com o Centro de Zoonoses, mas eles não vêm de forma alguma”, relata uma moradora.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Secretaria de Saúde, para saber quais providências serão tomadas pelo Centro de Zoonoses. Até o momento não obtivemos respostas.

Leitora denuncia envenenamento de animais no bairro Jatobá

(Foto: Ilustração)

Indignada, uma moradora do bairro Jatobá, em Petrolina (PE), entrou em contato com o Blog Waldiney Passos, para denunciar a prática de envenenamento de animais, ocorrida na referida localidade.

De acordo com a denunciante, que preferiu não se identificar, no prédio onde mora, animais abandonados são alimentados por moradores. A prática é antiga e feita de forma espontânea por moradores que se solidarizam com os animais em situação de rua.

Contudo, no início da manhã da última sexta-feira (6), um gato apareceu morto no bairro, apresentando sinais de envenenamento. “Estamos com medo de acontecer com os outros animais que ficaram, não faziam mal a ninguém, mas de antemão quero lembrar para a pessoa que fez isso, que ela torça para não ser descoberta”, disse a denunciante.

Crime

Na lei de crimes ambientais, Art. 32, consta que o indivíduo que praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, pode sofrer pena de detenção, de três meses a um ano, além de multa. “A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”

Senado deve votar projeto que proíbe sacrifício de animais de rua

A proposta original só tratava da situação de cães e gatos, mas a relatora acatou uma que inclui as aves.

O Senado pode aprovar na próxima terça-feira (3) uma lei que proíbe o sacrifício, para fins de controle populacional, de cães, gatos e aves por órgãos de controle de zoonoses, canis públicos e estabelecimentos similares. As regras para esse controle por casos de doenças infecciosas típicas de animais e que podem ser transmitidas para seres humanos e vice-versa estão previstas no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 17/2017.

O objetivo do texto é criar condições para que os estabelecimentos públicos de controle de zoonoses adotem práticas menos cruéis para controlar o número de cães e gatos que vivem na rua. O PL prevê, por exemplo, a castração dos animais por veterinário em localidades onde haja superpopulação comprovada por estudo.

A eutanásia só será permitida caso o animal tenha doença grave incurável que coloque em risco outros animais e também humanos. Nesse caso, a medida deverá ser precedida de um exame e justificada por um laudo técnico.

Zenildo solicita retirada de animais de rua em Rajada

Animais causam perigo para quem trafega pelo local.

O vereador Zenildo Nunes, conhecido como Zenildo do Alto do Cocar, apresentou, nesta quinta-feira (28), a indicação n. 1.474/2019, em que solicita à prefeitura municipal que interceda junto ao Centro de Controle de Zoonoses para que envie uma equipe para recolher os animais em situação de rua no Distrito de Rajada, zona rural de Petrolina (PE).

De acordo com o parlamentar, a proposição visa evitar acidentes nas estradas que cortam o povoado. Diversos animais de grande porte, como jumentos, cavalos, vacas, andam livremente pelas vias e, constantemente, causam acidentes.

Em 15 dias, SEMAURB recolhe 18 animais de grande porte em Juazeiro

(Foto: Ascom)

Na primeira quinzena de novembro as ações da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) estiveram voltadas para apreensão de animais de médio e grande porte que circulavam pela zona urbana e bairros da cidade. Além da retirada de abelhas presentes em locais públicos e residências.

Entre cavalos, jumentos, vacas e mulas a equipe de apreensão de animais retirou dos logradouros públicos 18 animais de grande porte. De janeiro até a presente data, mais de 180 animais já foram recolhidos das vias públicas. De acordo com o Art 74 do Código de Polícia Administrativa, os animais encontrados nas vias e logradouros públicos, ainda que devidamente identificados, serão apreendidos e recolhidos ao curral municipal. Esses animais só saem mediante pagamento de multa que é aplicada por unidade. As multas têm uma variação de um a cinco VRF (Valor de Referência Fiscal) que descrito em espécie varia de R$ 129,05 a R$ 645,25.

Paulo Valgueiro pede ampliação do Centro de Controle de Zoonoses de Petrolina

Cena de animais soltos em Petrolina preocupa vereador (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Os flagras constantes de animais soltos nas vias públicas de Petrolina levaram o vereador Paulo Valgueiro (MDB) a solicitar, na sessão de quinta-feira (7), mais atenção da Prefeitura em relação a saúde desses bichos. No Requerimento n° 351/2019 o edil pede a reforma e ampliação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

“A gente solicita fazer a reforma e ampliação do Centro de Zoonoses com a construção de um abrigo público para o recolhimento e cuidado dos animais de grande, médio e pequeno porte em situação de vulnerabilidade, prezando pela saúde e segurança dos próprios animais que estão circulando livremente pelas ruas e avenidas da cidade, aparentemente sem nenhum dono”, explicou Valgueiro.

Segundo o vereador, é importante que o município adote medidas para garantir segurança a esses animais. “Eles estão expostos a acidentes, maus tratos, fome, sede e doenças que não são tratadas. A gente pede ao prefeito que possa buscar essa solução, para a gente tirar esses animais da situação de vulnerabilidade. Eles não têm nenhum socorro por parte da municipalidade“, concluiu.

“Poderia ser qualquer um da gente”, diz morador que encontrou jumentos mortos no bairro Dom Avelar

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na manhã desta segunda-feira (4), dois jumentos foram encontrados mortos, no Bairro Dom Avelar, zona norte de Petrolina. O fato aconteceu em uma quadra antiga da localidade, localizada na Rua das Sensações.

Moradores supõem que os animais morreram após terem sofrido uma descarga elétrica oriunda de uma poste. A população local alerta e cobra providências da Companhia Energética de Pernambuco.

“A Celpe precisa tomar providências. Poderia ser qualquer um da gente. Fios descascados, na quadra velha do Dom Avelar”, diz um morador.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Celpe, para saber quais providências serão tomadas. Até o momento não obtivemos resposta.

SEMAURB intensifica apreensões de animais e retirada de abelhas em Juazeiro

(Foto: Ascom)

Durante o mês de outubro, as ações da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) estiveram voltadas para apreensões de animais de médio e grande porte que circulavam pela zona urbana e bairros de Juazeiro. Outro ponto intensificado pela secretaria foi a retirada de abelhas presentes em locais públicos e residências, esta ação é em parceira com o ‘Projeto Abelha Viva’ que desde 2016 vem capturando estes insetos da área urbana e direcionando para apiários na zona rural.

Até quinta-feira (31), foram apreendidos 15 animais de médio e grande porte. As espécies mais recolhidas são: cavalos, jumentos e burros. De janeiro até a presente data, mais de 160 animais já foram recolhidos das vias públicas. De acordo com o Art 74 do Código de Polícia Administrativo, os animais encontrados nas vias e logradouros públicos, ainda que devidamente identificados, serão apreendidos e recolhidos ao curral municipal. Esses animais  só saem mediante pagamento de multa que é aplicada por unidade. As multas têm uma variação de um a cinco VRF (Valor de Referência Fiscal) que descrito em espécie varia de R$ 129,05 a R$ 645,25.

Quanto ao trabalho de retirada das abelhas, este acontece em parceria com o ‘Projeto Abelha Viva’ e retirou 10 enxames ao longo dos 31 dias de outubro, estes distribuídos nos bairros: João Paulo II, Alagadiço, Alto da Maravilha, Piranga, Maria Gorete, Santo Antônio, Dom José Rodrigues, Antônio Guilhermino e na noite desta quinta-feira (31) foi feita a remoção de um enxame presente no Cemitério Central da cidade.

123