Governo Federal não pretende pagar 13º do Bolsa Família em 2020

Pagamento não é meta do Governo Federal (Foto: Internet)

O esperado 13º salário do Bolsa Família não deverá ser pago em 2020. A informação foi trazida pelo UOL, nessa sexta-feira (23). Um técnico da equipe econômica do Governo Federal ouvido pelo portal afirmou que o benefício não está em debate.

“As pessoas receberam pelo menos R$ 600 durante cinco meses. Esse valor é bem superior ao Bolsa Família e equivaleria a um 14º e a um 15º. Se pagarmos um 13º para beneficiários do Bolsa Família, também teremos que pagar para quem recebe o auxílio emergencial? Não está claro. Mas essa decisão é política e depende do presidente Bolsonaro. Mas não há debates sobre isso no governo”, disse o técnico da equipe econômica.

Assessores de Bolsonaro também afirmaram que o pagamento do 13º do Bolsa Família não é debatido pelo Planalto e pelas assessorias jurídicas da Casa Civil e da Secretaria Geral da Presidência da República. O Ministério da Cidadania foi procurado pela reportagem, porém não comentou o assunto.

Trabalhadores rurais de Pernambuco começam a receber o Garantia-Safra em novembro

(Foto: Ascom)

Mais de 89 mil agricultores e agricultoras familiares de Pernambuco serão beneficiados com o seguro. Desse total de inscritos, 63,27 mil produtores estão no Sertão e 23,32 moram no Agreste do Estado. O dinheiro do Garantia Safra começa a ser pago em novembro, mas para ter acesso o agricultor ou a agricultora que se inscreveu precisa comprovar que teve uma perda de 50% ou mais da lavoura que plantou na safra 2019-2020.

Além disso, cada agricultor precisa contribuir com o pagamento de R$ 17, as prefeituras precisam também pagar ou fazer um investimento, como os gestores costumam falar, de R$ 51 por agricultor inscrito e o Estado, de R$ 102.

O problema é que, de acordo com a coordenação estadual do programa, até a semana passada 45 municípios pernambucanos ainda não tinham concluído o pagamento de suas parcelas, condição para que as análises das perdas sejam solicitadas ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

“É importante que cada município quite os seus aportes para que a verificação de perdas seja realizada e os agricultores inscritos possam ter acesso ao benefício”, explicou o coordenador estadual do Garantia-Safra, Tarcísio Pontes.

Já na esfera estadual, o Secretário de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, Dilson Peixoto, garante que o Governo de Pernambuco está concluindo o seu investimento neste mês de outubro, totalizando R$ 9,14 milhões. “Estamos honrando nosso compromisso com os trabalhadores rurais, que poderão ter acesso aos recursos assim que os municípios realizem os seus aportes e o Governo Federal conclua o processo de verificação de perdas da safra”, destacou.

Auxílio Emergencial acabará em dezembro, afirma Guedes

O Auxílio Emergencial, criado para dar uma ajuda financeira aos brasileiros durante a pandemia do novo coronavírus, terminará ao final desse ano. A informação foi dada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Guedes também negou que o Governo Federal prorrogará o Estado de Calamidade até 2021.

“Tem um plano emergencial e o decreto de calamidade, que vão até o fim do ano. E, no fim de dezembro, acabou tudo isso”, afirmou Guedes, em café da manhã com jornalistas. A ideia de prorrogar o Auxílio era debatida nos bastidores, para que fosse permitido utilizar o Orçamento de Guerra e conseguir recursos do Renda Cidadã.

Sem driblar o teto de gastos

Mas segundo Guedes, “o ministro da Economia está descredenciando qualquer informação de que vai prorrogar o auxílio”. Para especialistas, prorrogar o Estado de Calamidade pode resultar no rompimento do teto de gastos e prejudicar o orçamento da União.

O Auxílio Emergencial foi criado no primeiro semestre e seria pago em três parcelas. A ajuda foi prorrogada e atualmente é paga nos valores de R$ 300 e R$ 600, metade do que era no começo.

Gonzaga Patriota solicita que Carteira de trabalho digital seja aceita para receber auxílio emergencial

Deputado Federal Gonzaga Patriota (PSB).

Se o pedido do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) for aceito pela Caixa Econômica Federal, a situação de quem teve o saque do FGTS aprovado vai melhorar. De acordo com o socialista, muitas pessoas foram aprovadas para receber o auxílio, mas não conseguem sacar o benefício porque perderam seus documentos de identificação.

“Por causa da pandemia o acesso à solicitação de documentos pessoais está limitado. Alguns órgãos estão trabalhando com horário reduzido e muitas pessoas não estão conseguindo encontrar vagas nos sites de agendamento para obter o documento e acabam perdendo o auxílio emergencial. Se o cidadão possui a carteira de trabalho digital, que possibilita o acesso às suas informações de maneira rápida e segura e reúne seus dados pessoais, contratos de trabalho, número do PIS e, ainda, informa se ele recebe algum benefício social porque não usar esse documento para diminuir a burocracia e facilitar a vida do brasileiro”, explica Patriota.

Todos os cidadãos podem acessar a carteira de trabalho digital gratuitamente por meio do aplicativo, disponível para os sistemas operacionais Android e iOS ou pelo site. O aplicativo é leve, não ocupará muito espaço na memória do celular e é gratuito.

As informações pessoais do trabalhador estão seguras em um sistema integrado composto por recursos e protocolos de segurança e, ainda, elas apenas são disponibilizadas após a identificação e a autorização do usuário.

Agências da Caixa abrem neste sábado (3) para pagamento do auxílio emergencial e saque do FGTS

A Caixa Econômica Federal abrirá 49 agências em Pernambuco neste sábado (3), das 8h às 12h, para atendimento de beneficiários do Auxílio Emergencial e do Saque Emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os beneficiários nascidos em maio poderão sacar o Auxílio Emergencial em dinheiro e os trabalhadores nascidos em junho poderão retirar em espécie os valores referentes ao Saque Emergencial do FGTS.

Em Petrolina, as três agências da cidade estarão com as portas abertas. Agência Centro, situada na rua João Clementino, número 73, ao lado da praça Dom Malan; Agência Av. 7 de Setembro, situada no bairro KM 2, S/N e a Agência River Shopping, situado na avenida Monsenhor Ângelo Sampaio.

LEIA MAIS

Caixa inicia hoje pagamento do Auxílio Emergencial Extensão

A Caixa Econômica Federal inicia, nessa quarta-feira (30), o pagamento do Auxílio Emergencial Extensão. Serão contemplados os beneficiários do programa Bolsa Família e os incluídos no Ciclo 3 de pagamentos. A partir de agora os valores caem de R$ 300 e R$ 600 (a mães de famílias monoparentais).

Conforme a projeção da Caixa, cerca de 3,6 milhões de beneficiários nascidos em janeiro terão o benefício creditado hoje na poupança digital da instituição, acessada pelo aplicativo Caixa TEM. Desse total, 1,4 milhão são de pessoas que ainda estão recebendo uma das cinco parcelas do auxílio de R$ 600, enquanto 2,2 milhões já fazem parte do grupo do auxílio residual de R$ 300.

A estimativa do banco é que todas as parcelas do benefício sejam pagas até 29 de dezembro. Até o momento foram pagos R$ 213,8 bilhões do auxílio emergencial a 67,2 milhões de brasileiros desde abril, quando o programa foi instituído.

Confira a seguir o calendário de pagamento:

LEIA MAIS

Secult-PE e Sesc-PE firmam acordo de cooperação técnica para execução da Lei Aldir Blanc

A Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e o Serviço Social do Comércio em Pernambuco (Sesc-PE) assinaram um acordo de cooperação técnica com o objetivo de oferecer um suporte aos munícipios do Estado na execução do Inciso II da Lei Aldir Blanc – que trata dos pagamentos do subsídio mensal aos espaços culturais e aos coletivos que ficarão a cargo das prefeituras.

Nessa parceria entre as entidades, o Sesc-PE disponibilizará unidades distribuídas por todas as regiões do Estado, além de uma equipe de instrutores e instrutoras para dar suporte remoto sobre o uso do Mapa Cultural de Pernambuco a gestores municipais e responsáveis por espaços culturais e coletivos artísticos que vão solicitar o subsídio emergencial presente no inciso II da Lei Aldir Blanc.

Algumas unidades disponibilizadas pelo Sesc-PE são as de Araripina, Belo Jardim, Casa Amarela (Recife), Caruaru, Petrolina, Santo Amaro (Recife), São Lourenço e Triunfo.

LEIA MAIS

Auxílio Emergencial: confira quem recebe mais uma parcela nessa segunda-feira

9,4 milhões de trabalhadores recebem mais uma parcela do Auxílio Emergencial nessa segunda-feira (28). De acordo com a Caixa Econômica Federal, estão incluídos no grupo, beneficiários do Bolsa Família com NIS terminado em 8, brasileiros inseridos no Cadastro Único e os inscritos por meio de aplicativo, site ou pelos Correios, cujo aniversário é em outubro e novembro.

Os contemplados no Bolsa Família recebem uma parcela do Auxílio Emergencial Residual, no valor de R$ 300. Aos demais, ainda serão depositados R$ 600, mas apenas a uso no cartão, pois o saque do valor não foi liberado pelo banco.

Confira a seguir quem tem direito ao Auxílio Emergencial pago hoje:

  • 1,6 milhão de trabalhadores do Bolsa Família aprovados no programa, cujo número do NIS termina em 8;
  • 7,8 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em outubro e novembro, recebem a próxima parcela:
  • aprovados no primeiro lote recebem a quinta parcela;
  • aprovados no segundo lote recebem a quarta parcela;
  • aprovados no terceiro e quarto lotes recebem a terceira;
  • aprovados no quinto e sexto lotes recebem a segunda;
  • aprovados no sétimo lote recebem a primeira parcela;
  • aprovados no primeiro lote, mas que tiveram o benefício suspenso, recebem a quinta parcela;
  • aprovados em outros lotes, que receberam a primeira parcela em meses anteriores mas tiveram o pagamento reavaliado em agosto, recebem todas as parcelas restantes, até a quinta.

Caixa libera Auxílio Emergencial a 1,6 milhão de pessoas nessa quinta-feira

A Caixa Econômica Federal começa a pagar, nessa quinta-feira (24), a primeira das quatro parcelas do Auxílio Emergencial no valor de R$ 300,00. Segundo o banco, 1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do programa Bolsa Família receberão o benefício.

O calendário seguirá o cronograma já anunciado, levando em conta o último número do NIS. As primeiras parcelas do Auxílio Emergencial foram no valor de R$ 600,00 e R$ 1.200,00 a mães chefes de família. Apesar de prorrogar o programa, o Governo Federal reduziu a ajuda pela metade.

Confira a seguir o calendário de pagamento:

(Foto: JC/Reprodução)

Confira se você tem direito à parcela extra do Bolsa Família paga em Pernambuco

(Foto: Ilustração)

Para auxiliar na renda de mais de mais de 18 mil famílias que são beneficiadas pelo Bolsa Família em Pernambuco, o Governo do Estado iniciou, nesta quinta-feira (17), e seguirá até o dia 30, com o  pagamento de uma parcela extra do programa federal. No entanto, para receber o benefício, as famílias precisam atender a alguns critérios pré-estabelecidos.

O mais importante deles é estar com a situação regularizada junto ao Programa no mínimo desde abril.  “O objetivo do pagamento é incluir as famílias que são beneficiárias do programa mensalmente mas que ficaram de fora da folha de pagamento no período em que estava sendo pago o 13° do Bolsa Família. É uma ação que visa ajudar essas pessoas a não saírem prejudicadas”, declarou o secretário executivo de Assistência Social, Joelson Rodrigues.

O 13° do Bolsa Família é pago anualmente pelo Governo do Estado no primeiro quadrimestre de cada ano. Este ano, o pagamento aconteceu nos meses de fevereiro, março e abril, a partir de um calendário que dividia os beneficiários pela data de aniversário.

Além de estar regularizado, só receberá o pagamento extra, que irá variar entre R$ 41,00 e R$150,00, a depender de quanto o beneficiário recebe mensalmente, quem já recebeu no mínimo cinco parcelas do benefício em 2019 e recebeu alguma parcela mensal neste ano.

Caso esteja dentro dos requisitos, o beneficiário pode receber o pagamento nos mesmos locais onde faz originalmente o saque das parcelas mensais do Bolsa Família: nas agências da Caixa Econômica, terminais eletrônicos de autoatendimento, lotéricas ou estabelecimentos credenciados.

A checagem para confirmar se o beneficiário está apto a receber o pagamento pode ser realizada de duas maneiras: através do site www.sdscj.pe.gov.br , digitando o Número de Identificação Social (NIS) e a data de nascimento do responsável familiar pelo benefício, ou por meio da Ouvidoria Social através do número 0800 081 4421.

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber Auxílio Emergencial no valor de R$ 300

(Foto: G1/Reprodução)

A Caixa Econômica Federal começa a pagar hoje (17), a sexta parcela do Auxílio Emergencial. Essa será a primeira no valor de R$ 300,00 e começam a receber os beneficiários do programa Bolsa Família.

Agora, os beneficiários do Bolsa Família receberão o valor do Auxílio de forma complementar, em até R$ 300 ou em até R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental.

Ou seja, no caso de o Bolsa Família ser igual ou maior que R$ 300 ou R$600, o beneficiário receberá o valor do Bolsa. A Caixa estima que 12,6 milhões de famílias cadastradas no programa social sejam contempladas. No total, serão liberados R$ 4,3 bilhões a mais de 16,3 milhões de pessoas.

O calendário de pagamento segue até 30 de setembro, conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). O pagamento é feito nas agências da Caixa ou nas casas lotéricas. Enquanto inicia o cronograma do Bolsa Família, o banco ainda não informou quando os informais serão contemplados com a nova parcela.

O Auxílio Emergencial foi criado no primeiro semestre, como forma de ajuda aos brasileiros por conta da pandemia do novo coronavírus. Até então as parcelas eram de R$ 600 e R$ 1.200. Contudo, a extensão do benefício será reduzida.

Bolsonaro descarta criação do Renda Brasil

Bolsonaro fez anúncio nas redes sociais (Foto: Reprodução)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), gravou um vídeo nessa terça-feira (15), para anunciar que o Renda Brasil não sairá do papel. Segundo Bolsonaro, até 2022 está proibido falar no programa. A ideia inicial era substituir o Bolsa Família pelo Renda.

“Acordei hoje surpreendido por manchetes em todos os jornais… Eu já disse há poucas semanas que jamais vou tirar dinheiro dos pobres para dar ao paupérrimos. Quem porventura vier propor para mim uma medida como essa, só posso dar um cartão vermelho para essa pessoa”, disse Bolsonaro.

O anúncio vem pouco depois de a imprensa relatar que, com a criação do Renda Brasil, o pagamento de aposentadorias poderia ser congelado pelo prazo de dois anos. “Por parte do governo jamais vamos congelar salário de aposentados”, pontuou.

INSS retoma atendimento presencial a partir de segunda-feira

Perícia médica e avaliação social retornarão na segunda-feira (Foto: Arquivo)

O atendimento nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomarão o atendimento presencial a partir de segunda-feira (14). Mas, apenas para quem fizer agendamento prévio. Ou seja, é necessário marcar a hora e data do serviço a ser solicitado nas unidades.

O agendamento deve ser feito via site do INSS, no aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135. A partir de segunda-feira retornam os atendimentos para serviços de perícia médica, avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional.

Diante da obrigatoriedade do agendamento, quem não tiver marcado hora será proibido de adentar na agência. Segundo o INSS, a reabertura será gradual e considerará as especificidades de cada uma das Agências da Previdência Social no país.

Caixa deposita FGTS emergencial para nascidos em outubro

Aplicativo Caixa Econômica Federal- FGTS.

A Caixa Econômica Federal vai depositar nesta terça-feira (8) o FGTS emergencial para os nascidos em outubro. O valor máximo disponível é de um salário mínimo (R$ 1.045).

O valor poderá ser utilizado para o pagamento de contas, boletos e realização de compras pelo aplicativo Caixa Tem.

Quem preferir sacar o dinheiro em espécie ou transferir para outra conta bancária precisa esperar até o dia 31 de outubro. A Caixa decidiu criar dois calendários diferentes para cada mês de aniversário para evitar aglomerações em agências.

O valor máximo do saque é de R$ 1.045, mas varia de acordo com o saldo total que a pessoa tem no fundo. A consulta ao benefício está disponível pelo app FGTS (Android e iOS), pelo internet banking da Caixa, pelo site oficial e pelo telefone 111. É possível checar o valor disponível e qual a data de disponibilização do FGTS.

Quem não quiser realizar o saque deve informar pelo aplicativo do FGTS com pelo menos 10 dias de antecedência da data prevista do crédito. Também é possível solicitar o desfazimento do crédito depois do depósito. Neste caso, o valor volta para a conta do FGTS do beneficiário.

Além disso, se a poupança social digital não sofrer movimentação até o dia 30 de novembro, os valores retornarão à conta FGTS do trabalhador, devidamente corrigidos.

Petrolina: agências da Caixa Econômica funcionarão neste sábado

Segunda-feira é feriado nacional, mas quem precisar de atendimento sobre o Auxílio Emergencial na Caixa Econômica Federal, poderá obtê-lo neste sábado (5), das 8h às 12h. Segundo o banco, 47 unidades em Pernambuco estarão abertas ao público.

Em Petrolina, três agências vão abrir as portas: a da Avenida Sete de Setembro, a do Centro e a localizada no River Shopping (confira a lista completa aqui). Além do Auxílio Emergencial, o atendimento também se destina ao Saque Emergencial do FGTS.

Levando em conta o país, serão 770 agências prestando serviço aos brasileiros neste final de semana. Ainda de acordo com a Caixa, não é necessário chegar antes do horário da abertura. O calendário de pagamento do Auxílio Emergencial é o seguinte:

LEIA MAIS
123