Após morte de colega, entregadores de delivery fazem manifestação na Câmara de Petrolina

Grupo lembrou morte de entregador de pizza (Foto: Blog Waldiney Passos)

Um grupo de motoboys e entregadores está na Câmara de Vereadores de Petrolina nesse momento, para chamar atenção dos edis. Os profissionais querem a regularização da categoria e também lembra a morte de um colega, ocorrência que ganhou repercussão na cidade nos últimos dias.

LEIA TAMBÉM:

Plantão policial: motorista que colidiu veículo com entregador de pizza está sob custódia

Entregador de pizza é assaltado durante o trabalho em Juazeiro

Os manifestantes levaram cartazes, reivindicando a criação de um Sindicato e o reconhecimento da profissão. O grupo é predominantemente formado por jovens, que encontram nas entregas de moto uma maneira de ganhar a vida.

Eles aguardam um espaço na Tribuna Livre, para apresentar suas demandas. Hoje (19) o vereador Paulo Valgueiro (MDB) apresentou um Requerimento justamente cobrando a regularização da categoria.

Ronaldo Silva quer ação para combater roubos em adutoras da zona rural

Vereador quer que Poder Público adote medidas na zona rural (Foto: Blog Waldiney Passos)

Logo mais às 9h os vereadores de Petrolina se reúnem para mais uma sessão ordinária e entre os oito Requerimentos apresentados hoje, o vereador Ronaldo Silva (PSDB) solicita mais segurança na zona rural da cidade.

Através do Requerimento n° 372/2019, o edil quer que a Codevasf e Prefeitura adotem medidas no sentido de combater os furtos às adutoras nas comunidades de Almas, Atalho, Caititu, Cristália, Salina e Simpatia. Outro Requerimento de destaque na sessão dessa terça-feira (19) é o de número 379/2019, de Paulo Valgueiro (MDB).

O líder da Oposição reivindicou a realização de campanhas educativas aos motoboys e entregadores de deliverys. No pedido à Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), Valgueiro ainda cobra a regulamentação da categoria.

Além dessa solicitação, outras 35 Indicações. Na ordem do dia constam ainda seis projetos de Lei para votação, todos de autoria do Poder Legislativo.

Escola realiza projeto sobre política e leva estudantes para conhecer trabalho dos vereadores de Petrolina

Grupo de estudantes conheceu de perto trabalho dos vereadores (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Política é coisa de adulto? Um grupo de estudantes de Petrolina provou que não. Os pequenos, com idade entre 9 e 11 anos, visitaram a Casa Plínio Amorim na semana passada para conhecer de perto o trabalho dos edis. O momento foi a culminância de um projeto iniciado em agosto.

Os pequenos cidadãos estudam na Escola Vivência, que nesse ano deu um passo a mais na educação: resolveu integrar os assuntos da educação à política. “Nós trabalhamos todo processo de democratização e de voto consciente. Nesse segundo semestre as crianças puderam se candidatar a prefeito, vice-prefeito e vereadores da escola. Nós aliamos o processo com arrecadação de fraldas geriátricas e produtos de higiene pessoal para uma casa geriátrica“, conta a professora Flávia Menezes.

Durante a visita à Câmara, o grupo pôde acompanhar um pouco da sessão ordinária, com apresentações de demandas dos edis e votação de projetos. “Pra solidificar o projeto nós trouxemos eles para a Câmara Municipal, para conhecer a estrutura e o processo de votação. Falar de democracia para a criança foi uma coisa muito sincera e interessante. Hoje eles veem a política como uma forma de se colocar e expor sua opinião“, destaca a coordenadora do projeto.

 

Representantes do movimento LGBT pedem mais políticas públicas aos vereadores de Petrolina

Grupo destacou necessidade de políticas públicas (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

A Câmara de Vereadores de Petrolina recebeu na sessão de quinta-feira (14), a presença dos representantes do movimento LGBT no Vale do São Francisco. Perante os edis, eles reivindicaram mais atenção do Poder Legislativo, em especial, na elaboração das políticas públicas.

Representante do Movimento Parada da Diversidade de Petrolina, Alzyr Saadehr defendeu que o grupo não quer mais direitos do que outras pessoas e sim, mais respeito. “A cada 16 horas um LGBT é assassinado no Brasil. Nós da população LGBT de Petrolina viemos pedir que os senhores sejam mais sensíveis a nossa causa. Nós precisamos de políticas públicas que beneficiem a nossa população na saúde, educação e social”, pontuou.

Já Rildo Veras, representante do Movimento LGBT Leões do Norte lembrou que a concretização de políticas públicas é uma compensação pela discriminação sofrida. “Nós não estamos tirando direitos dos heterossexuais e sim dar direitos a população que historicamente foi marginalizada. O que nós queremos é respeito“, disse.

Autor do pedido do uso da Tribuna Livre pelo grupo, o vereador Gilmar Santos (PT) destacou que a luta por direitos é global. “Essa é uma luta nacional e internacional, em defesa da dignidade das pessoas LGBT. A gente precisa promover uma cultura de paz, de inclusão e respeito. Nossa sociedade, lamentavelmente, ainda é movida pela violência, exclusão e preconceito”, concluiu.

Câmara aprova projeto que cria cargos de professor intérprete e instrutor de LIBRAS, em Petrolina

Projeto segue para sanção do prefeito Miguel Coelho (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Um dos 10 projetos aprovados na sessão ordinária de quinta-feira (14) na Câmara de Vereadores de Petrolina foi o de número 17/2019, cuja autoria é do Poder Executivo. Nele ficam criados os cargos de Professor Intérprete, Instrutor da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e Professor Brailista.

A matéria foi aprovada por 16 votos a zero e seguirá para sanção do prefeito Miguel Coelho (MDB). Membro do movimento de intérpretes de Petrolina, Maria Soares celebrou a aprovação da matéria. “Temos que comemorar, é a primeira vez que a gente tem a nossa profissão dentro do quadro de cargos [do município] e contempla também as pessoas cegas, é algo positivo. É a primeira vez que vamos entrar como cargo reconhecido“, disse ao Blog Waldiney Passos.

Contudo, a categoria vê algumas ressalvas no projeto que precisam ser reajustados. “A gente tem o direito de atuar, tem o concurso e vamos poder ocupar essas vagas. Porém, temos problemas em alguns pontos. Em um dos artigos diz que o intérprete deverá fazer atendimento em contra-turno, quando a lei fala em 100 horas e ainda fazer contra-turno, temos que fazer o regime de 8h diárias”, explicou.

Zenildo Nunes pede realização de mutirão de laqueaduras em Petrolina

Vereador quer mutirão de saúde na cidade (Foto: Jean Brito/CMP)

Depois de solicitar a realização de mutirões da saúde para crianças de Petrolina, o vereador Zenildo Nunes, o Zenildo do Alto do Cocar (PSB) quer quer o município execute atividades voltadas à saúde da mulher. Por meio da Indicação n° 1387/2019 o edil pediu a realização de mutirões de cirurgias de laqueadura.

LEIA TAMBÉM:

Vereador Zenildo Nunes confirma filiação ao MDB e conclama demais vereadores para o novo partido do prefeito Miguel Coelho

“Pedimos as cirurgias de laqueadura, várias mulheres precisam desse procedimento, muitas são de famílias pobres e carentes. Que possa ser feito esse mutirão às famílias que necessitam”, destacou Zenildo.

Ele aproveitou para reforçar uma cobrança feita na semana passada. “Na sessão passada a gente solicitou os mutirões de cirurgias ginecológicas, que ele possa interferir junto ao Hospital Universitário para fazer a cirurgia do pé torto nas crianças. Elas precisam ir para Recife e a gente pede a cirurgia em Petrolina”, disse.

Diretor-presidente da Armup explica como funcionará edital da concessão do serviço de água e esgoto em Petrolina

Rubem Franca explicou como funcionará o edital (Foto: Jean Brito/CMP)

Tarifa a ser cobrada da população, áreas contempladas e o funcionamento do serviço. Esses foram alguns dos pontos apresentados na Audiência Pública de terça-feira (12), na Câmara de Vereadores de Petrolina, que tratou da concessão do serviço de água e esgoto no município.

De acordo com o diretor presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (Armup), Rubem Franca, o edital segue todos os trâmites exigidos e tem aval do Tribunal de Contas de Pernambuco. “Mês passado estivemos no Tribunal de Contas do Estado, que já começou a analisar essa minuta. Nos pediram que fizéssemos a primeira audiência pública. A minuta do edital mostra quais são as áreas que serão atendidas, o modelo da tarifa, como será reajustada essa tarifa“, disse Rubem.

LEIA TAMBÉM:

Representante da ARMUP nega privatização do serviço de água e esgoto em Petrolina: “Vai ser uma concessão comum”

Compensação a Compesa

De acordo com Rubem, em caso de uma saída da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) da cidade, havendo débito com o Estado, o município arcará com seu compromisso. “Está previsto no edital, que vai haver um acordo de contas entre o município e a Compesa. Se por acaso o município estiver devendo“, explicou.

LEIA MAIS

Vereadores pedem reforço na segurança da Ponta da Serra e no Residencial Vivendas

Vereador pede implantação de base da Guarda na zona rural (Foto: Guarda Civil Municipal)

Mais segurança. Esse foi o apelo dos vereadores Rodrigo Araújo (PSC) e Gilberto Melo (PR) na sessão de terça-feira (12), em Petrolina. Rodrigo pediu, através da Indicação n° 1382/2019 a implantação de uma base da Guarda Civil Municipal e rondas ostensivas da Polícia Militar no Povoado de Ponta da Serra.

“Peço a instalação de uma base da Guarda Municipal com Rondas Constantes, como também a presença do 5º BPM no Povoado de Ponta da Serra. A comunidade vem sofrendo com diversos assaltos, desova de corpos e a gente solicita tanto do prefeito como da Polícia Militar para que diminua a criminalidade“, justificou o edil.

Gilberto Melo reivindicou mais policiamento no Residencial Vivendas, que vive uma onda crescente de furtos e atos de vandalismo. “Solicito ao Major Marcondes que possa colocar um trailer ali no Vivendas, para trazer mais segurança. Os vândalos estão roubando as casas, pichando as residências e os moradores estão todos assustados. É um local grande, com várias residências e esses vagabundos estão tirando a segurança“, disse.

Os pedidos foram aprovados por 17×0 e seguirão para análise da Prefeitura de Petrolina e do Governo de Pernambuco.

Sessão Solene na Câmara Municipal de Juazeiro marca comemoração do centenário da Igreja Assembleia de Deus 

(Foto: Divulgação)

A Câmara Municipal de Juazeiro (BA) realizou na noite de segunda-feira (11), uma Sessão Solene em comemoração ao Aniversário da Igreja Assembleia de Deus Missão – 100 anos no Estado da Bahia e 83 anos em Juazeiro. O Presidente Alex Tanuri (PSL) que não pode participar da Solenidade devido a um processo cirúrgico foi representado na Mesa por Jean Carlos Nascimento.

A Mesa foi presidida pelo vereador Anastácio (PCdoB) e secretariada pelo vereador José Hilton (PRB). Fizeram parte  da mesa o pastor presidente da Assembleia de Deus em Juazeiro, Francisco Pereira; o segundo-vice-presidente, pastor Maurício Pereira; o primeiro-secretário, pastor Adenilton Leite; o primeiro-tesoureiro; presbítero José Francisco e o ex-vice-prefeito de Juazeiro, Irmão Francisco.

No início da Sessão o pastor Adenilton Leite fez um breve histórico da atuação da igreja ressaltando o crescimento e registrando os nomes dos pastores que presidiram a instituição.

LEIA MAIS

Valgueiro confirma saída do MDB em 2020: “Vamos buscar uma sigla partidária que tenha mais a nossa ideologia”

Valgueiro teceu críticas a licitação do novo transporte público (Foto: Blog Waldiney Passos)

A filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao MDB representará uma nova etapa no partido que até então estava nas mãos de aliados do ex-gestor, Júlio Lóssio. Para o vereador Paulo Valgueiro (MDB) a mudança de ares da sigla culmina em sua saída após mais de duas décadas de filiação.

LEIA TAMBÉM:

Miguel Coelho se filia ao MDB em grande evento em Petrolina

“Até março vamos estar militando no mesmo partido, mas vou continuar batendo em tudo que tem de errado que tiver na gestão. Sou MDB hoje por força de ocasião, mas em março a gente toma um novo destino”, afirmou o vereador.

LEIA MAIS

Representante da ARMUP nega privatização do serviço de água e esgoto em Petrolina: “Vai ser uma concessão comum”

Nova empresa deverá operar sistema de água e esgoto da cidade (Foto: Ascom/PMP)

A queda de braço entre Prefeitura de Petrolina e Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está perto de chegar ao fim. Hoje (12) membros do Poder Executivo apresentaram a minuta do edital que busca selecionar uma empresa substituta a Compesa, para operar o sistema de água e esgoto na cidade.

A mudança vem sendo desenhada desde o começo do ano pela gestão municipal. Na Câmara de Vereadores a ARMUP, que encabeçou a mudança, busca apresentar as informações sobre o processo licitatório. “É a primeira audiência pública, realizaremos uma segunda audiência pública. Na minuta do edital consta quais são as áreas que serão atendidas e o modelo de tarifa, como será reajustada essa tarifa. Enfim, como funcionará esse edital“, explicou Rubem Franca, da ARMUP.

Como bem lembrou o procurador geral do Município, Diniz, esse momento no Poder Legislativo “não é apenas debater a minuta do edital, mas também oferecer critérios que possam enriquecer. Essa Audiência Pública faz parte da regra das licitações”.

Segundo Rubem Franca, a Compesa foi convidada por escrito, mas não compareceu ou justificou. “Ela não compareceu, mas foi convidada, inclusive por escrito”. E ele esclareceu: não haverá privatização: “Vai ser uma concessão comum e a gente vai poder retomar se a concessionária não atender os anseios”, pontuou.

Segurança pública e educação são destaques na Casa Plínio Amorim nessa terça-feira

Requerimento foi novamente derrubado (Foto: Blog Waldiney Passos)

Os vereadores de Petrolina estão reunidos nesse momento na Casa Plínio Amorim, para mais uma sessão ordinária de 2019. Na pauta dessa terça-feira (12), não há projetos de lei em votação, porque às 10h será realizada uma Audiência Pública na Camara.

Mesmo assim, os edis apresentarão suas solicitações via Indicações e Requerimentos. Hoje os destaques são o pedido para segurança no Residencial Vivendas, feito pelo vereador Gilberto Melo (PR)ao  5° BPM.

Da Oposição, Gilmar Santos (PT) pede a realização de uma audiência pública para debater os precatórios da Educação municipal. Para isso acontecer, a Situação precisa aprovar o pedido no Plenário da Casa.

Gilberto Melo chama Compesa de “irresponsável” e reforça discurso para saída da Companhia

Caminhão mencionado por vereador quase tombou ao cair em buraco (Foto: Reprodução/WhatsApp)

“A gente não pode aceitar o que a Compesa continua fazendo”. O vereador Gilberto Melo (PR) fez um discurso duro contra a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) na sessão de quinta-feira (7), na Casa Plínio Amorim e às vésperas da audiência pública para debater a saída da Companhia, apoiou o prefeito Miguel Coelho.

Vereador Gilberto Melo – PR. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Gilberto elencou diversos problemas registrados na semana passada, como falta d’água nos bairros e um vazamento de água limpa que, por pouco, não resulta em uma tragédia no Alto do Cocar.

Estourou um cano na Rua 17 do Alto do Cocar, onde um caminhão caiu. Já tinha várias solicitações de moradores para ser feito o conserto e a Compesa com o serviço irresponsável que presta na cidade não teria ido lá. O dono do caminhão teve um prejuízo enorme: afundou e as rodas ficaram enterradas”, lembrou.

Aliado do prefeito, o edil foi categórico: não dá para aguentar mais um dia com a Compesa prestando serviço no município. “O prefeito Miguel Coelho está certo, onde ele faz essa solicitação de tirar a Compesa dessa cidade. A gente não pode aceitar o que a Compesa continua fazendo, arrecadando tanto dinheiro e não faz nenhum investimento. O que a gente vê nas ruas é esgoto estourado, vazamento de água que poderia ser consertado de um dia pra outro“, disse.

Paulo Valgueiro pede ampliação do Centro de Controle de Zoonoses de Petrolina

Cena de animais soltos em Petrolina preocupa vereador (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Os flagras constantes de animais soltos nas vias públicas de Petrolina levaram o vereador Paulo Valgueiro (MDB) a solicitar, na sessão de quinta-feira (7), mais atenção da Prefeitura em relação a saúde desses bichos. No Requerimento n° 351/2019 o edil pede a reforma e ampliação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

“A gente solicita fazer a reforma e ampliação do Centro de Zoonoses com a construção de um abrigo público para o recolhimento e cuidado dos animais de grande, médio e pequeno porte em situação de vulnerabilidade, prezando pela saúde e segurança dos próprios animais que estão circulando livremente pelas ruas e avenidas da cidade, aparentemente sem nenhum dono”, explicou Valgueiro.

Segundo o vereador, é importante que o município adote medidas para garantir segurança a esses animais. “Eles estão expostos a acidentes, maus tratos, fome, sede e doenças que não são tratadas. A gente pede ao prefeito que possa buscar essa solução, para a gente tirar esses animais da situação de vulnerabilidade. Eles não têm nenhum socorro por parte da municipalidade“, concluiu.

Câmara de Juazeiro homenageia professor Rivas e Graciosa Xavier

Diploma reconhece servidos prestados na educação (Foto: Ascom/CMJ)

Os vereadores de Juazeiro (BA) prestaram uma merecida homenagem ao professor Rivadávio Espínola Ramos, o professor Rivas e à ex-secretária de Educação e diretora da antiga DIREC-15, Graciosa Xavier. A dupla recebeu o Diploma do Mérito Educativo Professora Judith Leal Costa.

A cerimônia aconteceu na noite de sexta-feira (8), propostas pelo vereador Allan Jones e aprovadas por unanimidade no plenário da Câmara. “Esta homenagem é altamente justa e é preciso que a gente faça as homenagens às pessoas em vida por que a gente demonstra a nossa gratidão, respeito e além de tudo, o nosso reconhecimento”, destacou Jones.

Amigos, familiares e autoridades do município marcaram presença na sessão solene. O prefeito Paulo Bomfim foi representado pela secretária de Ação Social, Cida Gama.

123