Vereadores aprovam Moção de Solidariedade a Gilmar Santos, mas Elias Jardim se abstém

Vereadores se solidarizaram com vereador Gilmar (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Como era de se esperar, a Câmara de Vereadores de Petrolina deu destaque à ocorrência do último domingo (24), quando o edil Gilmar Santos (PT) foi algemado e levado para a delegacia. Membros da bancada da Oposição e Situação se uniram para apoiar o colega, pela forma que ele foi tratado.

Companheira de partido, Cristina Costa apresentou uma Moção de Solidariedade a Gilmar e a Companhia Biruta. Na justificativa, Costa alegou que a ação do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) foi “desnecessária, gratuita e repugnante ação”. Maria Elena de Alencar (PRTB) lembrou que o vereador é uma autoridade que sabe dialogar com todos os poderes, mas foi vítima do abuso da Polícia Militar de Pernambuco.

LEIA TAMBÉM:

Tenente do 2º BIEsp explica ação da PM no Rio Corrente e nega abuso dos policiais

Gilmar Santos critica truculência de policiais; PM rebate e diz que agentes foram agredidos

Alvoerlande Cruz (PSL) cobrou uma investigação da PM sobre a ação dos policiais da ROCAM. Seu irmão, o líder do Governo na Câmara, Aero Cruz (PSB) foi categórico: a solidariedade a Gilmar não diz se a polícia está certa ou errado.

LEIA MAIS

Juazeiro: Câmara promove audiência pública para discutir Plano Municipal de Educação

Os vereadores de Juazeiro (BA) discutirão na tarde dessa terça-feira (26) o Plano Municipal de Educação (PME) 2015/2025. A Audiência Pública está marcada para 17h, na Casa Aprígio Duarte. O momento servirá para apresentação da prestação de contas de como as políticas públicas municipais.

O Plano foi elaborado por equipes do Governo Municipal, com apoio da sociedade civil. Na audiência serão apresentadas as 20 metas estabelecidas pelo PME e os avanços que já foram alcançados na Educação do município, de 2015 a 2019. Quem não puder ir à Câmara poderá acompanhar a audiência ao vivo pelo Facebook do Poder Legislativo.

Bancada de Oposição de Petrolina pede investigação administrativa de policiais envolvidos em ação no Rio Corrente

Vereadores prestaram apoio a Gilmar Santos (Foto: Ascom)

Os vereadores da Oposição de Petrolina emitiram uma nota em solidariedade ao companheiro de bancada, Gilmar Santos (PT), que foi parar na delegacia depois de uma abordagem policial no bairro Rio Corrente. O Blog mostrou mais cedo o fato, bem como a versão da Polícia Militar de Pernambuco.

Em nota, os membros da Oposição – Cristina Costa (PT), Elismar Gonçalves (MDB), Gabriel Menezes (PSL) e Paulo Valgueiro (MDB) – lamentaram o fato e se mostraram indignados. “Solicitamos que haja uma investigação administrativa para avaliar a conduta profissional dos policiais envolvidos”, lembrou o grupo.

LEIA TAMBÉM:

Gilmar Santos critica truculência de policiais; PM rebate e diz que agentes foram agredidos

Vereador Gilmar Santos diz ter sido detido por reagir a violência policial

“Também aproveitamos para ratificar a nossa confiança nos órgãos de segurança e lamentamos que casos como estes ocorram na nossa cidade”, conclui a nota. Leia a seguir o texto assinado pelos vereadores:

LEIA MAIS

Gilmar Santos critica truculência de policiais; PM rebate e diz que agentes foram agredidos

Confusão teve início por causa de imagens registradas durante ação policial (Foto: ASCOM/Vereador Gilmar Santos)

O vereador Gilmar Santos (PT) participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos nessa segunda-feira (25) relatou em detalhes da ação policial realizada na noite do último domingo (24), no CEU das Águas, no bairro Rio Corrente, em Petrolina quando foi registrada uma confusão que terminou na delegacia.

Segundo Gilmar, a ação dos policiais do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) foi o principal fator para a ocorrência ter tomado grandes proporções. No local estava sendo realizada uma atividade da Cia Biruta de Teatro, dentro da programação do Novembro Negro, quando um homem suspeito de estar armado – segundo a PM – entrou no local.

LEIA MAIS

Medalhista no Parapan 2019 recebe Título de Cidadã Petrolinense

Fernanda conquistou duas medalhas no Parapan 2019 (Foto: Ascom/Paulo Valgueiro)

A quinta-feira (21) na Câmara de Vereadores de Petrolina foi de celebrações. O Plenário da Casa Plínio Amorim lembrou a Consciência Negra, homenageou líderes dos povos de terreiro e a paratleta da Seleção Brasileira, Fernanda Yara.

Na semana passada a paraense de nascimento estava em Dubai, disputando o Mundial de Paratletismo. Nesse ano foi duas vezes medalhista nos Jogos Parapanamericanos e agora é de fato, cidadã petrolinense. Ela recebeu a honraria do vereador Paulo Valgueiro (MDB).

LEIA TAMBÉM:

Câmara analisa Título de Cidadã Petrolinense a medalhista no Parapan 2019

“Tenho a honra de estar homenageando essa atleta que nasceu no Pará e muito tem nos orgulhados por suas vitórias no Brasil e no exterior. Fernanda é a prova de que podemos desafiar nossas limitações e colher nossas vitórias”, justificou o edil.

LEIA MAIS

Manoel da Acosap cita impaciência de moradores e cobra regularização fundiária em Rajada

Vereador quer mais ação do Poder Público municipal (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Manoel da Acosap (PTB) fez uma cobrança aos órgãos públicos de Petrolina no que diz respeito à habitação. Na sessão de quinta-feira (21) o edil reivindicou que seja feita a fiscalização no Distrito de Rajada e se faça cumprir o programa de habitação que se planeja no local.

“Esse projeto começou em 2002 e os prefeitos que passaram tinham obrigação de trazer esse projeto para a Casa. Tem a questão da regulamentação do terreno que está desapropriado desde 2002. O município tem que ir fazer o cadastro, tem que saber quem já tem casa e terreno. Há 17 anos as pessoas esperam“, disse o edil.

Manoel lembrou que o terreno utilizado como pátio de exposição foi comprado na gestão do hoje senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), mas nenhum dos gestores deu continuidade ao processo. “Fizemos uma audiência pública em Rajada e até hoje não saiu, o povo está impaciente. Tem 80 terrenos grilados, na hora que o prefeito doar a área, quem tem terreno grilado não vai conseguir vender“, destacou.

Por fim, o vereador cobrou a participação dos vereadores para criarem um projeto de regularização fundiária e a fiscalização do processo.

Juazeiro: Allan Jones denuncia péssimas condições de trabalho dos servidores do SAMU

Vereador cobrou melhores condições de trabalho aos servidores

O vereador Allan Jones (PTC) usou a Tribuna Livre da Casa Aprígio Duarte nessa semana, para denunciar os problemas enfrentados no SAMU de Juazeiro. O vereador disse ter recebido denúncias de servidores do próprio Serviço e relatou o caos na unidade.

“Na semana passada, uma pessoa que resolveu não se identificar expôs as condições indignas, deploráveis, humilhantes, desgovernamentais em que os servidores do SAMU continuam trabalhando. Estou falando não como vereador de Oposição e sim como médico servidor, que poderia estar trabalhando nesse SAMU”, disse o edil.

Para Allan, os problemas enfrentados pelos servidores incidem diretamente no atendimento ao público. “Barata dentro de água é condição digna, se colchões rasgados sem ao menos ter um forro é condição digna; quarto com infiltração é condição digna? Como eu como gestor, prego nos quatros cantos da cidade que a saúde vai bem?”, questionou.

O edil chamou atenção dos colegas e solicitou uma visita da Comissão de Saúde no SAMU da cidade, a fim de apurar as denúncias e montar um relatório, cobrando melhorias de trabalho e na estrutura.

Câmara de Vereadores de Petrolina realiza sessão solene em para lembrar Dia da Consciência Negra

(Foto: Ascom)

Nessa quinta-feira (21) a Câmara de Vereadores de Petrolina abre espaço para lembrar o Dia da Consciência Negra, celebrado ontem. Desde às 9h o Plenário da Casa Plínio Amorim recebe uma sessão solene em alusão a data. Representantes dos povos de terreiro estão na Câmara para participar do evento.

Durante a cerimônia serão entregues três honrarias: a Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan ao babalorixá Flávio Júnior, proposto pela vereadora Cristina Costa, idealizadora da homenagem e do evento, ao índio Erasmo de Souza Reis, proposto pelo ex-vereador Ibamar Fernandes e o Título de Cidadã Petrolinense a para atleta Fernanda Yara da Silva, concedido pelo vereador Paulo Valgueiro.

A Câmara ainda recebe uma exposição sobre a cultura negra, que é aberta ao público e pode ser visitada até 17h. A homenagem foi proposta pela vereadora Cristina Costa.

Após ouvir cobrança dos entregadores e motofretistas, líder do Governo fala em colocar projeto de regulamentação em pauta “o mais rápido possível”

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois de ouvir as demandas dos motofretistas e entregadores de comida na sessão de terça-feira (19), o líder da Situação já se comprometeu a organizar uma reunião entre o grupo e a Prefeitura de Petrolina. Aero Cruz (PSB) destacou que é dever da gestão contemplar a categoria.

“Como nasceu o projeto do mototaxi, pode nascer o projeto do motoboy. Estamos nos irmanando da luta deles, vamos sentar com o procurador e o prefeito, pedir para montar uma equipe e fazer uma reunião“, disse à imprensa.

LEIA TAMBÉM:

Valgueiro espera ações urgentes da AMMPLA junto aos motofretistas e entregadores de comida

Em protesto, entregadores de delivery chamam atenção para condições de trabalho da categoria

Aero reconheceu que houve um crescimento do número dos entregadores e se faz necessária a regulamentação da profissão. “A gente já precisa da regulamentação, temos que dar oportunidade também aos motoboys. Espero que essa semana ou na próxima a gente tenha essa reunião. Precisamos colocar o mais rápido possível para deixar eles com a segurança do trabalho deles”, destacou.

LEIA MAIS

Valgueiro espera ações urgentes da AMMPLA junto aos motofretistas e entregadores de comida

Vereador espera que projeto sobre motoboys seja votado em breve (Foto: Blog Waldiney Passos)

Autor do Requerimento – aprovado por 20×0 – que solicita a realização de atividades educativas aos motofretistas e entregadores de delivery, além da regulamentação dessa profissão, o vereador Paulo Valgueiro (MDB) espera que o município inicie o quanto antes essas ações junto ao grupo.

LEIA TAMBÉM:

Em protesto, entregadores de delivery chamam atenção para condições de trabalho da categoria

Após morte de colega, entregadores de delivery fazem manifestação na Câmara de Petrolina

Na sessão de terça-feira (19) o edil lembrou que Petrolina já regulamentou a profissão de mototaxista e é imprescindível valorizar e reconhecer a categoria de entregadores. “Petrolina já tem [lei] dos mototaxis desde 2009 e cabe fazer em relação aos motofretes. É uma profissão que cresceu muito. Aqui em Petrolina a gente tinha dois tipos de entregadores: de butijão e de água. Eles fazem o trabalho em uma situação complicada, muitas vezes falam que o motoboy é irresponsável, mas o cliente esquece que quando ele pede a comida, já está esperando na calçada de casa“, destacou o edil.

LEIA MAIS

Em protesto, entregadores de delivery chamam atenção para condições de trabalho da categoria

Categoria esteve na Câmara nessa terça-feira (Foto: Ascom Vereador Paulo Valgueiro)

Foi uma manhã de protestos na Casa Plínio Amorim, em Petrolina. Nessa terça-feira (19), motoboys e entregadores de delivery marcaram presença na sessão e participaram da sessão para apresentar a real situação do grupo. Um dos representantes do grupo conversou com o Blog Waldiney Passos e pediu sensibilidade do poder público.

LEIA TAMBÉM:

Após morte de colega, entregadores de delivery fazem manifestação na Câmara de Petrolina

De acordo com Alan Franklin, que atua há três anos como entregador, o grupo não recebe um salário fixo, não tem registro na carteira e apesar de uma carga horária de trabalho muitas vezes tripla, recebem apenas o valor das entregas: entre R$ 3,00 e  R$ 5,00.

LEIA MAIS

Gabriel Menezes pede mais segurança na obra da Estrada da Banana

Vereador pediu uma ponte com condições de segurança aos pedestres (Foto: Ascom)

O vereador Gabriel Menezes (PSL) endossou o pedido da comunidade do Antônio Cassimiro e bairros vizinhos. Na sessão dessa terça-feira (19) o edil pediu mais atenção da Prefeitura e da empresa que realiza a obra de duplicação na Estrada da Banana para que facilite o acesso dos pedestres.

“Peço que seja instalada uma passarela temporária naquela ponte da Estrada da Banana. Populares improvisaram, botaram uma tábua sobre o canal onde a ponte está sendo construída”, justificou o edil.

Segundo Gabriel, no local, há um risco muito grande para os pedestres e isso pode ser solucionado com um simples serviço da construtora. “O risco que as pessoas estão correndo para atravessar. A obra é importante, mas não custa nada para a construtora colocar pelo menos uma passarela com corrimão”.

Por fim, o edil também reforçou a cobrança para recuperação no desvio, que nós mostramos hoje. “Ainda foi indicado um desvio e a buraqueira está parecendo as estradas do interior. É preciso que se faça um aterro”, finalizou.

Após morte de colega, entregadores de delivery fazem manifestação na Câmara de Petrolina

Grupo lembrou morte de entregador de pizza (Foto: Blog Waldiney Passos)

Um grupo de motoboys e entregadores está na Câmara de Vereadores de Petrolina nesse momento, para chamar atenção dos edis. Os profissionais querem a regularização da categoria e também lembra a morte de um colega, ocorrência que ganhou repercussão na cidade nos últimos dias.

LEIA TAMBÉM:

Plantão policial: motorista que colidiu veículo com entregador de pizza está sob custódia

Entregador de pizza é assaltado durante o trabalho em Juazeiro

Os manifestantes levaram cartazes, reivindicando a criação de um Sindicato e o reconhecimento da profissão. O grupo é predominantemente formado por jovens, que encontram nas entregas de moto uma maneira de ganhar a vida.

Eles aguardam um espaço na Tribuna Livre, para apresentar suas demandas. Hoje (19) o vereador Paulo Valgueiro (MDB) apresentou um Requerimento justamente cobrando a regularização da categoria.

Ronaldo Silva quer ação para combater roubos em adutoras da zona rural

Vereador quer que Poder Público adote medidas na zona rural (Foto: Blog Waldiney Passos)

Logo mais às 9h os vereadores de Petrolina se reúnem para mais uma sessão ordinária e entre os oito Requerimentos apresentados hoje, o vereador Ronaldo Silva (PSDB) solicita mais segurança na zona rural da cidade.

Através do Requerimento n° 372/2019, o edil quer que a Codevasf e Prefeitura adotem medidas no sentido de combater os furtos às adutoras nas comunidades de Almas, Atalho, Caititu, Cristália, Salina e Simpatia. Outro Requerimento de destaque na sessão dessa terça-feira (19) é o de número 379/2019, de Paulo Valgueiro (MDB).

O líder da Oposição reivindicou a realização de campanhas educativas aos motoboys e entregadores de deliverys. No pedido à Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), Valgueiro ainda cobra a regulamentação da categoria.

Além dessa solicitação, outras 35 Indicações. Na ordem do dia constam ainda seis projetos de Lei para votação, todos de autoria do Poder Legislativo.

Escola realiza projeto sobre política e leva estudantes para conhecer trabalho dos vereadores de Petrolina

Grupo de estudantes conheceu de perto trabalho dos vereadores (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Política é coisa de adulto? Um grupo de estudantes de Petrolina provou que não. Os pequenos, com idade entre 9 e 11 anos, visitaram a Casa Plínio Amorim na semana passada para conhecer de perto o trabalho dos edis. O momento foi a culminância de um projeto iniciado em agosto.

Os pequenos cidadãos estudam na Escola Vivência, que nesse ano deu um passo a mais na educação: resolveu integrar os assuntos da educação à política. “Nós trabalhamos todo processo de democratização e de voto consciente. Nesse segundo semestre as crianças puderam se candidatar a prefeito, vice-prefeito e vereadores da escola. Nós aliamos o processo com arrecadação de fraldas geriátricas e produtos de higiene pessoal para uma casa geriátrica“, conta a professora Flávia Menezes.

Durante a visita à Câmara, o grupo pôde acompanhar um pouco da sessão ordinária, com apresentações de demandas dos edis e votação de projetos. “Pra solidificar o projeto nós trouxemos eles para a Câmara Municipal, para conhecer a estrutura e o processo de votação. Falar de democracia para a criança foi uma coisa muito sincera e interessante. Hoje eles veem a política como uma forma de se colocar e expor sua opinião“, destaca a coordenadora do projeto.

 

12345