Serviço na Estrada da Banana será concluído hoje e asfalto será recuperado, afirma Compesa

Compesa afirmou que irá recuperar asfalto danificado (Foto: Ascom PMP)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) enviou uma nota ao Blog Waldiney Passos sobre o serviço realizado na Avenida Marechal Hermes da Fonseca, popularmente conhecida como Estrada da Banana. Segundo a Compesa, a abertura do asfalto se fez necessária para consertar uma tubulação que se rompeu no local.

LEIA TAMBÉM

Prefeitura relata dano provocado pela Compesa em outra via da cidade, dessa vez na Estrada da Banana

O fato foi registrado no último domingo (28) e recebeu críticas da Prefeitura de Petrolina. “Com o objetivo de evitar novos vazamentos, a Companhia implantou, durante a intervenção, um equipamento (válvula redutora de pressão), a fim de reduzir a pressão da rede de abastecimento de água”, explica a Compesa.

A previsão é concluir o serviço nessa terça-feira (30) “quando será realizada a reposição do trecho do asfalto onde a Compesa executou os serviços de manutenção”, ressalta a Companhia.

Prefeitura relata dano provocado pela Compesa em outra via da cidade, dessa vez na Estrada da Banana

(Foto: Ascom PMP)

Mais uma via pública de Petrolina foi danificada por equipes da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Dessa vez a Prefeitura flagrou o estrago na Avenida Marechal Hermes da Fonseca, a Estrada da Banana, que foi recentemente duplicada.

O buraco causado pelas equipes da Compesa impede a passagem dos pedestres, já que afetou justamente a ciclofaixa. De acordo com a Prefeitura, essa é a segunda vez que a Estrada da Banana passa por essa situação. A primeira foi durante as obras da duplicação.

“A expectativa é que o pavimento seja reposto até o meio da próxima semana. A Prefeitura de Petrolina irá fiscalizar a obra para que a qualidade do reparo não gere transtornos à população posteriormente“, diz a nota. Semana passada o problema foi registrado no bairro Atrás da Banca, no trecho próximo a Avenida Clementino Coelho.

Leitor volta a chamar atenção para vazamento no Cassimiro e Compesa responde

No começo do mês nós mostramos aqui no Blog um vazamento de água limpa na Rua 05 do bairro Antônio Cassimiro, em Petrolina. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que tomaria providências naquela mesma data, fato que não aconteceu.

LEIA TAMBÉM

Leitor cobra solução para vazamento de água limpa há 15 dias no Antônio Cassimiro

Quem afirma isso é o leitor que nos encaminhou a foto acima. “Até hoje nada resolveram do vazamento de água limpa na rua”, disse ontem (23) a nossa Produção. Em nota a Compesa informou que “não há registro da demanda através do 0800 001 0185” e que uma “equipe será encaminhada até hoje (24) para fazer o conserto do vazamento”.

Demanda do São Joaquim

Sobre a Rua 24 do bairro São Joaquim, onde há um vazamento há mais de uma semana, a Compesa também afirmou em nota que uma equipe seria encaminhada para averiguar a situação. De acordo com o morador, a demanda foi atendida.

Leitor do bairro Portal da Cidade em Petrolina se queixa de esgoto no meio da rua

O morador enviou fotos a nossa redação queixando-se de esgoto estourado há mais de 10 dias na rua do pandeiro, no bairro Portal da Cidade, em Petrolina, segundo ele, a fedentina é insuportável e o mesmo tentou usar um aplicativo para alertar a Compesa, mas não conseguiu.

“Agora, no App, não tá autorizando fazer mais a reclamação, tampouco por celular, só por telefone fixo”, disse o morador. Ele informou ainda que uma equipe da Compesa já esteve no local na semana passada, mas foi embora sem resolver o problema.

Procurada pelo Blog, a Compesa informou que uma equipe seria encaminhada ainda hoje (23), para executar os serviços de desobstrução da rede coletora em questão, no Portal da cidade. Mas até a publicação dessa reportagem não conseguimos retorno se a equipe esteve mesmo no local.

Leitor flagra vazamento de água limpa no bairro São Joaquim

Vazamento foi registrado na semana passada, informa leitor

Um leitor do Blog entrou em contato com a nossa equipe, através do WhatsApp, para alertar a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) sobre um vazamento de água limpa na Rua 24, do bairro São Joaquim, em Petrolina.

Segundo o leitor, que também reside no São Joaquim, esse vazamento foi registrado pela primeira vez na quinta-feira passada, dia 18, quando um cano estourou. Apesar da gravidade do problema, aparentemente nenhum morador chegou a abrir uma queixa nos telefones da Compesa.

“Passei lá e tava estourado. Hoje cedo eu passei de novo e a situação continua”, destaca o leitor. Nossa equipe procurou a Compesa para saber quando o reparo no cano estourado será feito. Estamos aguardando uma resposta.

Em resposta ao Blog, Compesa afirma que enviará equipe ao Serrote do Urubu para averiguar vazamento de água limpa

O Blog mostrou na quinta-feira (18) uma demanda de moradores do Serrote do Urubu, zona rural de Petrolina. Eles cobravam uma resposta da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) sobre um vazamento de água limpa na Rua José Barbosa de Oliveira, Vila José Geraldo.

LEIA TAMBÉM

Petrolina: leitora alerta Compesa para vazamento de água limpa no Serrote do Urubu

Em nota a Compesa afirmou que não havia sido notificada pelos moradores até a matéria se tornar pública. “A Compesa informa que tomou conhecimento do vazamento no Serrote do Urubu por este blog, uma vez que não há registro da demanda através do 08000810185. Uma equipe será encaminhada hoje (19) ao local para consertar o vazamento“, diz a Companhia.

Petrolina: leitora alerta Compesa para vazamento de água limpa no Serrote do Urubu

Inúmeras vezes o Blog mostrou queixas de moradores do Serrote do Urubu, zona rural de Petrolina, sobre vazamentos de água limpa na localidade. Nessa quinta-feira (18) tivemos ciência de um novo problema, dessa vez na Rua José Barbosa de Oliveira, na Vila José Geraldo.

Lá há um vazamento de água limpa e sem o asfalto, a terra se mistura com o líquido dificultando a passagem das pessoas e veículos. “Essa água tá acumulando de frente minha casa, cada vez que passa um carro fica pior“, disse a leitora.

Nossa Produção entrou em contato com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para saber o que pode ser feito no local, mas até o momento não tivemos resposta. O Blog segue aberto aos esclarecimentos da Companhia.

Leitor pede solução para esgoto e vazamento de água limpa em Petrolina

Um leitor do Blog procurou nossa equipe pelo WhatsApp para pedir uma solução a um esgoto à céu aberto no bairro Henrique Leite. O problema começa na Avenida Principal, recém-pavimentada, e escorre para as ruas vizinhas. Com a água suja acumulada já há inclusive buracos no novo pavimento.

“O asfalto foi feito recentemente na Avenida 1 e na Avenida 2. Queria saber o que vai ser feito“, questionou o leitor.  Mais a frente ele flagrou outro problema na Avenida 3 da Vila Vitória. “Tem esse cano estourado desde sábado, jorrando água. A avenida está alagada”, afirmou.

Respostas

O Blog procurou a Prefeitura de Petrolina e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) para saber de quem era a competência pelos serviços.

A Compesa afirmou que informou que “não opera os sistemas de Esgotamento Sanitário dos bairros”. Já a Prefeitura afirmou que “a Compesa, enquanto concessionária do serviço de água e esgoto em toda a cidade é a responsável direta por este atendimento”

“Além das intervenções emergenciais, a prefeitura também já concluiu a minuta de um edital que deve selecionar uma nova empresa para gerir os serviços de água e esgoto na cidade”, diz a nota da Prefeitura.

Moradores cobram conserto de tubulação no Parque Massangano

Desde sexta feira (05) uma tubulação que conduz água limpa rompeu na Rua Castanhola (antiga rua 7), no Bairro Parque Massangano, Petrolina-PE.

Os moradores entraram em contato com a Compesa informando a situação, mas até a noite deste domingo, nenhuma equipe da empresa apareceu no local.

Além do grande desperdício de água, os moradores da rua estão sem o fornecimento de água.

Leitor cobra solução para vazamento de água limpa há 15 dias no Antônio Cassimiro

Rua está com vazamento há 15 dias

Um morador do bairro Antônio Cassimiro, em Petrolina, entrou em contato nesse sábado (6) com o Blog através do WhatsApp para denunciar um problema na Rua 05. Há pelo menos 15 dias um vazamento de água limpa está provocando o desperdício desse bem precioso no Sertão.

Ele já procurou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e o protocolo de atendimento previa o reparo no último dia 3. Hoje já é 6 de junho e nada. “A Compesa fez vista grossa, o vazamento está aqui há no mínimo 15 dias. Parece que os vizinhos se acostumaram”, conta o leitor.

Procurada pelo Blog, a Compesa afirmou que “uma equipe será encaminhada hoje(06) ao local para realizar o conserto do vazamento”.

Compesa responde denúncia de desperdício de água potável no Serrote do Urubu

Moradores do povoado do Serrote do Urubu, zona rural de Petrolina, enviaram fotos ao blog Waldiney Passos informando que há dias dois canos quebrados, na comunidade, desperdiçam água potável no meio da rua.

Procurada por nossa redação, a assessoria de comunicação da Compensa informou que:

“A Compesa esclarece que até ser notificada por este blog, não havia sido informada sobre a existência de um vazamento próximo ao Clube Coqueiral, no Serrote do Urubu, uma vez que não foi localizado qualquer registro sobre a situação no canal de atendimento da empresa (0800 081 0185). Uma equipe será enviada ao local amanhã (5), para realizar o diagnóstico e adotar as providências para solucionar a questão.”

Petrolina: Moradores do Serrote do Urubu denunciam desperdício de água potável

Os moradores enviaram fotos a redação do blog Waldiney Passos informando que há dias dois canos estão estourados e jorrando água potável no meio dessa rua do povoado do Serrote do Urubu.

Segundo os denunciantes, a Compesa já foi acionada mas até o momento não resolveu o problema. Nesta quarta-feira (3), o blog Waldiney Passos também contactou a Companhia Pernambucana de Saneamento, mas por enquanto, sem notícia de solução do problema apresentado pela comunidade.

Leitor flagra esgoto jorrando no bairro Mª Auxiliadora, em Petrolina

Problema tira moradores do sério

Na Rua Vital Brasil, por trás da Avenida da Integração, em Petrolina há um esgoto escorrendo por toda via pública e até o momento nenhum reparo foi feito. O relato é de um leitor do Blog que flagrou o problema na tarde de terça-feira (2).

Uma equipe da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) esteve no local, mas não executou o reparo. Anteriormente eles já haviam sido acionados para outro vazamento na mesma rua, que foi solucionado. “Eles só fizeram na esquina, mas não mexerem nesse bueiro“, contou ao Blog.

Nossa produção entrou em contato com a Compesa. A Companhia afirmou que ainda hoje (3) enviará uma equipe ao local para efetuar o serviço no bueiro mostrado.

Após matéria do Blog, Compesa faz reparo em poço de visita no Rio Corrente

Problema foi solucionado ontem pela Compesa

O Blog mostrou na segunda-feira (1°) um problema na Rua do Sapotí, no bairro Rio Corrente em Petrolina. Ainda ontem uma equipe da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) foi até o local para fazer o reparo no Poço de Visita.

LEIA TAMBÉM

Leitor alerta para poço de visita sem tampa no bairro Rio Corrente

O problema foi registrado no final de semana, próximo à Escola Simão Durando, e apresentava perigo aos pedestres e também condutores de veículos. “Foi rápido, somos gratos”, disse o leitor.

Leitor alerta para poço de visita sem tampa no bairro Rio Corrente

Problema foi registrado pelo leitor no final de semana

Um leitor do Blog registrou um problema na Rua do Sapotí, no bairro Rio Corrente, em Petrolina. Ele passava pelo local quando viu um Poço de Visita próximo à Escola Simão Amorim Durando sem a tampa. Preocupado com o risco de acidentes, ele nos enviou a foto acima.

“Um risco isso pois fica abaixo de uma calçada e a pessoa só consegue perceber em cima.  Uma criança ou idoso dificilmente conseguiria se equilibrar nessa situação. É numa curva e geralmente os ônibus bate nesse local“, afirmou.

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) afirmou que não tinha conhecimento do problema, já que nenhum morador havia registrado a demanda através dos canais de atendimento. “Uma equipe será enviada hoje (01/06) ao local para avaliar a situação e adotar as providências para resolver. Na ocasião, a Compesa aproveita para solicitar que os moradores acionem o canal de atendimento da empresa para reportar sobre vazamento de água e extravasamento de esgoto ( 0800 081 0185) e falta de água e demais informações (0800 081 0195)“, diz a nota.

123