Ampliação do Sistema de Abastecimento de Água do Jd. Petrópolis começa na segunda-feira

Serviço será executado pela Compesa (Foto: Reprodução/Google Maps)

O Sistema de Abastecimento de Água do bairro Jardim Petrópolis, em Petrolina, será ampliado. O investimento do Governo de Pernambuco é de R$ 800 mil e a obra começará nesta segunda-feira (17). A ação está integrada no Plano de Retomada do Estado e tem previsão para ser concluída em março de 2022.

A estimativa é que mais de duas mil pessoas sejam beneficiadas. Serão implantados oito quilômetros de redes de distribuição de água e também será realizada a instalação de hidrômetros, a fim de regularizar a situação dos usuários junto à Companhia. Ao todo, mais de 2 mil pessoas serão beneficiadas com a obra que tem previsão para ser concluída em março de 2022.

LEIA MAIS

Leitor denuncia vazamento de água limpa no bairro Antônio Cassimiro II; Compesa nega e diz que é água da chuva

 

Em contato com o blog, um leitor denunciou o vazamento de água limpa no bairro Antônio Cassimiro II, em Petrolina, no Sertão do Estado. De acordo com o morador, a água já estava atingindo aproximadamente 15 casas ao redor.

 

Ainda segundo o leitor, a Compesa foi acionada, mas nenhum reparo foi realizado. “Ligamos para a compesa , mas sem nenhum procedimento até o momento”, disse.

 

Ao nosso blog, a Compesa informou que não há nenhuma notificação sobre a demando do bairro Antônio Cassimiro II em seus canais oficiais e que só tomou conhecimento dessa situação por meio do blog.

 

Em esclarecimento ao morador que relatou, neste blog, a existência de um vazamento na Rua Santa Marta, bairro Antônio Cassimiro, a Compesa informa que só tomou ciência da demanda a partir do registro neste veículo, pois até então, não havia notificação a respeito no canal de atendimento 0800 081 0195″, ressaltou em nota.

 

Ainda de acordo com a Compesa, não existe vazamento de água limpa no loca.

 

“Uma equipe foi enviada ao local, que não constatou qualquer ponto de vazamento ao longo da rede de abastecimento dessa via. Na verdade, o que o morador achava ser um vazamento, era água acumulada decorrente das fortes chuvas que caíram na região’, concluiu.

Cabrobó: Compesa promove ação de recadastramentos no município

A Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa está promovendo mais uma ação de recadastramento no Estado. Dessa vez, o município de Cabrobó, no Sertão pernambucano, distante 531 quilômetros do Recife, está recebendo os agentes cadastradores para atualização dos dados no sistema de informação da Companhia. Cerca de mil residências serão visitadas. A ação tem o objetivo de aperfeiçoar a prestação dos serviços oferecidos, sem a necessidade dos clientes se deslocarem até a uma loja de atendimento. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos no próximo mês de fevereiro.

 

O gerente da Unidade de Negócios do Sertão Central, Kássio Kramer informou que a atualização dos dados cadastrais serve de subsídio para as áreas de faturamento, arrecadação, cobrança, relacionamento com o cliente, “daí a importância de termos uma base de dados completa e com consistência”, explicou.

 

LEIA MAIS

Compesa realizará manutenção emergencial nesta quarta-feira; confira os bairros afetados

(Foto: Ilustração)

A partir das 9h desta quarta-feira (29) a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) realizará uma parada emergencial, para realizar uma manutenção elétrica na Estação de Tratamento de Água (ETA) Vitória, localizada em Petrolina.

A previsão é que o serviço seja concluído até 15h. Segundo a Compesa, a manutenção se faz necessária “para evitar os constantes desligamentos provocados pelo contato da vegetação com os fios”.

Confira a seguir as comunidades afetadas com a parada:

LEIA MAIS

Programa de negociação de dívidas da Compesa entra na reta final

(Foto: Ascom)

O programa Quita Fácil Compesa chega aos últimos dias com propostas especiais de negociação de débitos para clientes da Companhia. Até 31 de dezembro, acordos para contas em atraso poderão ser celebrados com facilidades exclusivas, a exemplo de descontos de até 90%, parcelamento pelo cartão de crédito em até 24 vezes e sem entrada e, ainda, parcelamento com entrada facilitada e de acordo com as condições do cliente.

De acordo com o diretor de Mercado e Atendimento da Compesa, Carlos Júnior, o programa é uma oportunidade única para os cientes da Companhia. “Em dois meses, desde o lançamento em outubro, mais de 20 mil negociações foram realizadas por clientes Compesa, que aproveitaram as condições especiais para negociar. Nos últimos dias do programa, nossa expectativa é expandir o trabalho que está sendo realizado em nossos canais de atendimento e continuar ajudando as pessoas a encerrarem o ano adimplentes”, destaca Carlos Júnior.

LEIA MAIS

Recuperação asfáltica da Av. 01 do Loteamento Recife é motivo de troca de acusações entre Prefeitura de Petrolina e Compesa

 

O impasse entre a Prefeitura de Petrolina e a Compesa ganha um novo capítulo. O centro da trama dessa vez é a recuperação asfáltica da avenida 01 do bairro Loteamento Recife, em Petrolina, no Sertão pernambucano.

 

Segundo informações da Prefeitura de Petrolina, após cerca de dois meses cobrando um posicionamento da Compesa sobre a recuperação do pavimento rompido na Avenida 01, do bairro Loteamento Recife, a prefeitura assumiu o compromisso de solucionar o problema ocasionado pela infiltração na rede de esgoto que atingiu, diretamente, dois poços de visita (PV) de drenagem.

 

Ainda segundo a nota, diante dos apelos da população e da falta de prazo por parte da empresa responsável pelo serviço, equipes da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) iniciaram, na última semana, os trabalhos de recuperação asfáltica da avenida, buscando devolver aos moradores a segurança de circular pelo bairro. É o que explica o secretário executivo de Serviços Públicos, Rodrigo Jacobina.

 

“Tomamos conhecimento do problema ainda no mês de outubro e, desde então, emitimos diversas notificações para a Compesa cobrando agilidade na recuperação da via, o que infelizmente não aconteceu. Com as últimas chuvas o problema se agravou e tivemos que intervir em respeito aos moradores que estavam expostos aos riscos de acidentes e muitos transtornos. A previsão é que até o final deste mês a via seja totalmente liberada para circulação de veículos e pedestres”, explica.

 

O que disse a Compesa

 

LEIA MAIS

Morador denuncia vazamento de água limpa no Cassimiro; Compesa e Prefeitura se manifestam

O vídeo acima foi feito por um morador do bairro Antônio Cassimiro, em Petrolina. O morador relata que na Rua 7 há um vazamento de água limpa há mais de seis meses. E mesmo sendo um problema grave, nenhuma providência foi tomada.

Empurra-empurra

LEIA MAIS

Leitor cobra providências da Compesa sobre problema no bairro Portal da Cidade: “A água fica retornando pela tubulação de esgoto”

Mais um problema relacionado às chuvas na região. Desta vez, um leitor do bairro Portal da Cidade, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, procurou a redação do Blog para pedir providências à Compesa sobre um problema no esgoto do bairro.

Segundo o leitor, toda vez que chove, mesmo que a chuva seja moderada, a água retorno para dentro das casas pela tubulação de esgoto e ralos.

“Sempre que chove em Petrolina, mesmo uma chuva moderada, em muitas casas da rua a água fica retornando pela tubulação de esgoto e pelos ralos,  fazendo com que as casas inundem, causando prejuízo aos moradores, isso acontece a mais ou menos 1 ano, e se repete em todas as chuvas”, afirmou o leitor.

O leitor lembrou ainda que já foram abertos vários protocolos para a resolução do problema na Compesa, mas que até hoje o problema não foi resolvido.

“Já abrimos diversos protocolos de acionamento a compesa e todos vêm sendo ignorados, nem sequer fazem uma visita ao local ou entram em contato com nós moradores”, destacou.

O que disse a Compesa

Em resposta ao Blog, a Compesa esclareceu que o problema citado pelo leitor diz respeito a questões de sobrecarga nas redes coletoras, derivada da falta drenagem de água pluvial de responsabilidade da prefeitura municipal.

Ainda de acordo com a Compesa, há casos em que moradores dos bairros que não têm drenagem de água pluvial abrem as tampas dos poços de visitas para a água entrar e, com isso, entra pedras e lixos provocando uma piora na situação.

O blog está aguardando a resposta da prefeitura

A equipe de reportagem do Blog entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Petrolina, mas até a publicação desta reportagem não recebemos resposta.

Diante de relatos de adoecimento por conta da água salobra em Petrolina, Dulci e Odacy Amorim se reúnem com a Compesa

A deputada estadual Dulci Amorim (PT) se reuniu com o gerente regional da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Marcelo Guimarães, para entender o que está havendo com a água de Petrolina. O ex-deputado Odacy Amorim (PT) também participou do encontro.

LEIA TAMBÉM

Mudança no sabor da água é consequência do período de chuva, informa Compesa

“Viemos aqui, justamente, para ouvir as devidas justificativas. Segurança hídrica com água de qualidade é um direito universal e a população de Petrolina, às margens do São Francisco, não pode ter esse direito negado“, disse a deputada.

LEIA MAIS

Compesa leva ação itinerante ao Park São Gonçalo neste mês

(Foto: Ascom)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) estará no Park São Gonçalo, em Petrolina, nos dias 20 e 21 deste mês, para uma ação itinerante, que também contemplará moradores de outras comunidades situadas na região.

A população que precisar de atendimento deve comparecer ao quiosque montado na Avenida Principal, entre as ruas 22 e 23. O atendimento será das 9h às 12h e das 13h às 16h30.

No atendimento itinerante os clientes poderão solicitar serviços como a inserção na tarifa social, bem como participar do programa Quita Fácil Compesa e negociar débitos com facilidades exclusivas, a exemplo de descontos de até 90%, parcelamento pelo cartão de crédito em até 24 vezes e sem entrada e, ainda, parcelamento com entrada facilitada.

Manutenção emergencial nas ETAs 1 e 2 deixa parte de Petrolina sem água nesta sexta-feira

 (Foto: Reprodução/Google Maps)

Boa parte de Petrolina está sem água na manhã desta sexta-feira (10). De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informa que a situação foi provocada por uma manutenção emergencial nas Estações de Tratamento de Água (ETA) 1 e 2.

Em nota, a Compesa informou que o sistema já foi reativado e o abastecimento será “restabelecido gradativamente até às 13h de hoje”. Quem precisar de mais informações ou precisar sanar dúvidas, pode entrar em contato com a Compesa através do telefone 0800 081 0195.

Confira a seguir a lista dos bairros afetados:

LEIA MAIS

Mudança no sabor da água é consequência do período de chuva, informa Compesa

(Foto: Ascom)

Os petrolinenses perceberam que a água mudou de sabor. Mas segundo a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), não há motivo para preocupação, pois trata-se de uma consequência da chuva que está caindo na região.

“A pequena alteração observada no sabor da água distribuída é consequência do período de chuvas, quando é natural se verificar um aumento na concentração de cloretos na água bruta da região“, diz uma nota da Compesa.

Ainda segundo a Compesa, “a tendência é que os valores medidos diariamente de concentração de cloretos na água bruta diminuam gradativamente nos próximos dias, indicando uma tendência de normalização e restabelecimento da situação a curto prazo”.

Leitor flagra tubulação despejando esgoto no rio; Compesa nega e diz que a água é tratada 

Um leitor entrou em contato com a redação do blog, nesta quarta-feira (08), para denunciar um suposto crime ambiental. Segundo o ele, uma tubulação estaria derramando esgoto direto no rio São Francisco, no bairro Carneiros, entre o Curtume e condomínio Sol Nascente Orla.

 

Em conato com a Compesa, a empresa esclareceu que esse lançamento ocorre após passar por toda etapa de tratamento na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE Centro).  Não havendo nenhum crime ambiental sendo cometido pela Companhia, como alegou o leitor.

LEIA MAIS

Água da chuva sobrecarregou sistemas de esgotamento sanitário de Petrolina, segundo Compesa

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) emitiu uma nota, nesta quinta-feira (9), comunicando que por conta da chuva, os sistemas de esgotamento sanitário de Petrolina estão sobrecarregados. Segundo a Companhia, o problema é reflexo “da ausência e/ou deficiência do sistema de drenagem de água pluvial”, serviço de competência municipal.

LEIA TAMBÉM

“Estamos aterrorizados”, desabafa moradora do Residencial Vila Verde

Leitor registra alagamento na Av. Sete de Setembro; Prefeitura se manifesta

“A Companhia destaca que é fundamental que a população colabore não jogando lixo nas tubulações, não retirando as tampas dos poços de visita (equipamento por onde são realizados os serviços de manutenção) e nem realize ligações de água de chuva na rede de esgoto, pois isso agrava mais ainda a situação devido ao acúmulo de areia e lixo dentro das redes coletoras, o que danifica todo sistema, e prejudica o tratamento adequado do esgoto“, orienta a Compeas.

Quem tiver enfrentando problemas pode acionar a Compesa pelos seguintes canais: 0800 081 0195, pelo site www.compesa.com.br ou pelo aplicativo Compesa Mobile.

Compesa suspende fornecimento de água em três comunidades para fazer reparo na Av. Monsenhor Ângelo Sampaio

Foto: Ascom

Vila Eduardo, Colina Imperial e Loteamento Nova York estão temporariamente sem água desde às 4h desta quinta-feira (9), por conta de um serviço a ser realizado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) na rede.

Segundo a nota da Compesa, foi preciso interromper o fornecimento para realizar um reparo na rede de água, por conta de um problema localizado em frente à Honda Imperial, na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio.

“A previsão é de que às 20h ainda da quinta (09) o serviço seja concluído e o abastecimento retomado gradativamente”, informa a nota.

123