Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

João Gilberto ganha memorial na abertura da programação de aniversário de Juazeiro

(Foto: Ascom)

A programação de aniversário de Juazeiro (BA) começou com homenagem ao gênio da Bossa Nova, João Gilberto. Filho ilustre da cidade, ele morreu há uma semana, mas seu legado ficará para sempre. E para lembrar um pouco da vida e carreira de João, a Prefeitura inaugurou na noite de sexta-feira (12) um memorial.

O evento contou com a presença da família, amigos e fãs do músico. O espaço funciona na casa onde João Gilberto nasceu e, de acordo com o gestor da secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE), Sérgio Fernandes esse projeto era um sonho antigo. “Ainda não é do tamanho que João Gilberto merece, mas era preciso dar o pontapé inicial e aos poucos vamos fazendo novas intervenções”, disse.

Maria de Oliveira é parente do músico e não escondeu a satisfação. “Eu enxergo João como um artista enorme, muito maior do que as pessoas imaginam. Sua obra é gigantesca e esse início de memorial, justamente aqui na casa onde ele nasceu, será de grande importância para toda a cidade, para todas as pessoas que visitarem o município também. É a referência que faltava à sua obra”, afirma.

Outros filhos ilustres da cidade também devem receber homenagens, como Ivete Sangalo, Daniel Alves e  Luiz Galvão.

Juazeiro: concurso de quadrilhas acontece hoje

(Foto: ASCOM)

Junho acabou, mas as cidades do Sertão ainda respiram São João. Nesse sábado (6) a Prefeitura de Juazeiro (BA) realiza o Concurso de Quadrilhas Juninas. O evento começa às 18h, na Escola Paulo VI e contará com a participação de oito grupos.

Junina Encanto Nordestino, Nação Nordestina Junina, Junina Forró Xaxado, Junina Estrela do Sertão, Junina Renascer do Sertão, Junina Buscapé, Junina Explode Coração e Junina Danado de Bom disputam o título de melhor quadrilha.

A entrada é gratuita. “Temos a melhor premiação da região. A melhor Quadrilha Junina Estilizada recebe o prêmio de R$ 6 mil, a segunda leva o prêmio de R$ 4 mil e a terceira recebe R$ 2 mil. Melhor Rainha e Melhor Marcador recebem o prêmio de R$ 600. Entendemos que essa é uma forma de continuarmos valorizando os artistas que se dedicam à prática da dança de quadrilhas juninas”, explica o gerente de Cultura, Ramon Raniere.

Artesãos de Petrolina expõem mais de 10 mil peças na Fenearte em Olinda

(Foto: Ascom)

Petrolina tem grande representatividade na 20ª edição da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), que está sendo realizada no Centro de Convenções de Olinda, e segue até o dia 14 de julho. São 40 artesãos da cidade, que levaram mais de dez mil peças para expor na maior feira de artesanato da América Latina.

De acordo com a gerente da Oficina do Artesão Mestre Quincas, Nina Tavares, foram levadas desde esculturas em madeira até confecções de costura. “Ao todo, são oito estandes, além dos artesãos que têm espaço na praça dos mestres e do Programa de Artesanato Brasileiro de Pernambuco. A feira é uma grande oportunidade para todos, tanto pelas vendas realizadas, quando pelas encomendas que recebem. É trabalho garantido para o resto do ano”, conta Nina Tavares.

A Fenearte recebe centenas de visitantes e artistas expositores, além de oferecer uma programação diversificada. A feira está aberta de segunda a sexta, das 14h às 22h, e das 10h às 22h nos fins de semana. Os artesãos que estão representando a cidade contam com o apoio da prefeitura municipal.

Exemplo de fé e tradição, 78ª Missa do Vaqueiro encerra ciclo Junino em Petrolina

As vestes tradicionais, como gibão e chapéu de couro já podiam ser vistas logo cedo nas imediações do Estádio Paulo Coelho. Era dali, que, um pouco mais tarde, cerca de 1.000 vaqueiros de todas as regiões de Petrolina, sairiam em cortejo até a Orla da cidade, repetindo o que ocorre há quase 80 anos. Numa relação de fé e cultura, a Missa do Vaqueiro já virou tradição no calendário municipal. Após dois meses de festividades, foi com a bela celebração que o ciclo junino, promovido pela Prefeitura de Petrolina, foi encerrado.

De pequenas crianças sorridentes a idosos com as marcas do tempo em seus rostos, a comemoração da fé, da vida e da lida do vaqueiro emocionava a todos que lotaram as margens do Rio São Francisco. A missa, celebrada pelo padre Expedito Claudino, teve um dos momentos mais bonitos quando os objetos de trabalho da vaqueirama foram abençoados.

João Bosco, o “Bosquinho da Caiçara”, 72 anos, era um dos vaqueiros mais animados. “É o momento de agradecer a Deus e fazer uma bonita festa de fé para todos os vaqueiros e seus familiares. É muito emocionante participar mais uma vez”, diz.

Montado a cavalo e acompanhando o cortejo de perto, o prefeito Miguel Coelho, ao lado do deputado estadual Antônio Coelho, destacou o quanto a Missa do Vaqueiro é importante para a manutenção da tradição local. “É uma festa que carrega muita história, e nós temos que apoiar e prestigiar. O vaqueiro faz parte do imaginário popular do povo pernambucano, portanto, é nossa obrigação manter isso vivo. Só temos a agradecer pelos dois meses de festa que fizemos, confirmando Petrolina como o Melhor São João do Brasil”, comemorou.

Durante a missa, cinco vaqueiros receberam a medalha de honra ao mérito Carlos Augusto Amariz, uma justa homenagem ao radialista falecido em 2015. A celebração contou ainda com a presença do coral de aboiadores de Serrita, o coral dos homens do terço do Quati e o encerramento com uma bela apresentação do Quinteto Violado.

História

A Missa do Vaqueiro de Petrolina, segundo os mais antigos participantes, foi iniciada em 1941 por conta de um acidente envolvendo um sertanejo ferido por um pedaço de pau durante uma cavalgada pela caatinga. A queda e o ferimento profundo deixaram o vaqueiro chamado Timóteo em condições graves. Para auxiliar na recuperação, amigos do sertanejo pediram uma missa ao padre Américo Soares. O vaqueiro Timóteo conseguiu sobreviver e voltar a montar a cavalo pouco tempo depois e, desde então, a cerimônia é realizada anualmente para pedir proteção a toda vaqueirama de Petrolina.

Prefeitura de Juazeiro realiza Concurso de Quadrilhas Juninas no mês de julho

A Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA), através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, realiza a 7ª edição do Concurso de Quadrilhas Juninas no dia 06 de julho, às 18h, na quadra do Colégio Municipal Paulo VI. Na última quarta-feira (26), com a presença de todos os grupos inscritos, aconteceu o sorteio para definir a ordem das apresentações.

De acordo com o sorteio, as quadrilhas juninas se apresentam na seguinte ordem: 18h – Junina Encanto Nordestino, 18h35 – Nação Nordestina Junina, 19h10 – Junina Forró Xaxado, 19h45 – Junina Estrela do Sertão, 20h20 – Junina Renascer do Sertão, 20h55 – Junina Buscapé, 21h30 – Junina Explode Coração, 22h05 – Junina Danado de Bom.

LEIA MAIS

Sesc Petrolina promove Mostra Pedagógica de Artes

(Foto: Internet)

O Sesc Petrolina vai promover dias de profusão cultural com a Mostra Pedagógica de Artes. De 20 a 30 deste mês, a unidade vai sediar apresentações de teatro, dança, leitura encenada, canto, exposição, além de ações formativas. Há atividades para todas as faixas etárias.

“É um momento de abrir espaço para os nossos alunos fortalecerem o que aprenderam durante os cursos e iniciar a relação com o público”, afirma André Brandão, instrutor de Atividades do Sesc Petrolina. Além de assistir à apresentação das linguagens, o público pode participar de ações formativas, como uma aula aberta para pessoas com mais de 60 anos.

Outro destaque da programação é a volta do espetáculo “Eu Chovo”, encenado por alunos da turma de teatro do Sesc. A peça, um clássico da dramaturgia infantil, conta a história dos Pingos de Chuvas que se envolvem numa aventura em busca da liberdade de chover.

Quadrilha junina da Bahia homenageia a artesã Ana das Carrancas 

(Foto: Divulgação)

A história  real de vida, amor e arte, da artesã  pernambucana Ana Leopoldina dos Santos, a Ana das Carrancas, e seu esposo José Vicente,  que ganhou notoriedade por seu trabalho iniciado em Petrolina (PE) e que depois ganhou o país,  saem das páginas do livro A Dama do Barro, do jornalista Emanuel Andrade, para o enredo da tradicional quadrilha junina Velho Chico, do município de Ibotirama (BA). A partir desta semana  a montagem do espetáculo ‘Ana dos Olhos de Barro’ costurando dança com linguagem teatral , cumprirá uma extensa agenda de apresentações e concursos na temporada dos festejos juninos na Bahia.

Segundo o diretor artístico  da quadrilha Velho Chico, Ananias Serranegra, o desafio de montar a história/trajetória artística de  Ana das Carrancas já vinha sendo desenhada no sentido de ganhar um enredo de quadrilha que tem toda uma força no Nordeste e se enquadra com as simbologias da arte desenvolvida pela artesã. “Além desses pontos é importante ressaltar que o amor, sensibilidade e gratidão mútua que conduziram por décadas a união do casal, falou mais alto na montagem do espetáculo”, adiantou.

LEIA MAIS

P1 Rappers (BA) lança clipe de música romântica que mistura trap e cordel

O grupo de rap P1 Rappers, formado por Dj Werson e Euri Mania, de Juazeiro (BA), lançou nesta quarta-feira (12) a canção “Lovisongue”, uma alusão ao termo “love song” ou canção de amor, em tradução literal. Segundo o P1, “Lovisongue” significa canção de amor nordestina.

O clipe da música romântica traz versos em trap e cordel e fala sobre amor, paixão, intimidade e ao mesmo tempo busca enaltecer a cultura do Nordeste, através da literatura de cordel, presente em uma parte da música. “O lance do cordel foi uma coisa que a gente [eu e Euri Mania] conversou antes. De perceber essa coisa de ler um cordel, do jeito de pronunciar caber num beat de trap. E depois dessa conversa começamos a produzir a música”, recorda Dj Werson.

Aliado ao cordel, a canção traz o trap, estilo originário do rap, que tem um ritmo mais dançante, e que vai de encontro à forma mais tradicional do gênero musical que é uma das bases do hip hop. “A letra da música traz a mesma ideia de várias outras músicas românticas. A questão é que a gente traz uma estética diferente, um ‘love song’ num trap”, explica Euri Mania.

LEIA MAIS

Concerto Junino encanta centenas de pessoas na Concha Acústica de Petrolina

(Foto: Jonas Santos)

Reafirmando as raízes nordestinas e a força da cultura regional, diante da Concha Acústica lotada, em Petrolina, a Philarmônica 21 de Setembro e o poeta forrozeiro, Flávio Leandro, fizeram um show único para quem foi ao local prestigiar o ‘Concerto Junino’, nesta terça-feira (11). O evento promovido pela Prefeitura de Petrolina integra o circuito junino do município.

Trazendo no repertório clássicos do cancioneiro nordestino, do período junino e de artistas como: Dominguinhos, Luiz Gonzaga, Trio Nordestino e do próprio Flávio Leandro, o concerto fez a plateia cantar e dançar ao som de grandes sucessos do forró como “Vem morena”; “Proibido cochilar”; “Mala e cuia”, entre outros. Uma dessas pessoas foi a professora aposentada, Eva Amorim, que ficou encantada com o evento.

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro homenageia João Gilberto com aula-show

Homenagem ao criador da Bossa Nova em Juazeiro.

No dia 10 de junho de 1931 nascia em Juazeiro, na Bahia, o criador da Bossa Nova, João Gilberto. Para homenageá-lo, a Prefeitura Municipal de Juazeiro – através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE) – organizou, na manhã dessa segunda-feira, uma aula-show ‘João e a Juventude: Bossa Nova para o Futuro’, na Orla II. Estudantes de escolas públicas municipais participaram do evento.

Os músicos Edésio César, Marcos Brasil, Soneca Martins e Nandinho formaram uma banda e acompanharam o cantor, compositor e superintendente de Cultura e Turismo Maurício Dias em músicas e histórias sobre João Gilberto e a Bossa Nova.

“A ideia da gestão do prefeito Paulo Bonfim é celebrar os 88 anos de João Gilberto fazendo Bossa Nova para crianças, para gerações futuras, com músicos geniais da nossa terra, mostrando a essência da Bossa Nova. Juazeiro é a terra de grandes estrelas, mas João Gilberto é o pai da música brasileira no mundo”, disse Maurício.

O gestor da SECULTE, Sérgio Fernandes, fez questão de parabenizar o gênio da Bossa Nova e agradecer a todos que participaram do evento. “Homenagear João Gilberto e passar às futuras gerações o seu legado é obrigação nossa que fazemos a cultura da cidade. João é patrimônio cultural de Juazeiro, do mundo”, ressalta Sérgio.

MP mantém proibição de Guerra de Espadas; suspensão chega ao 3º ano em Senhor do Bonfim

(Foto: Reprodução/G1 Bahia)

Pelo terceiro ano seguido a “brincadeira” com uso de fogos de artifício conhecida popularmente como “Guerra de Espadas”, está proibida em Senhor do Bonfim, no norte da Bahia. A “Guerra” acontece tradicionalmente durante as festas juninas, com um artefato que é uma variação mais potente dos tradicionais buscapés, feitos de bambu, pólvora e limalha de ferro.

Em Senhor do Bonfim, a cultura do São João é tão latente que a cidade é conhecida como a capital baiana do forró. Além da festa, a tradição marcante do lugar é a guerra de espadas, que mais uma vez está no centro da polêmica, já que Ministério Público da Bahia (MP-BA) aponta que a ação é ilegal. No entanto, alguns moradores do município são contra a suspensão da atividade.

Neste mês de junho, inclusive, o MP-BA lançou uma campanha para alertar os baianos sobre a ilegalidade da guerra de espadas. De acordo com o órgão, fabricar, possuir e soltar espadas é crime cuja pena pode chegar até seis anos de prisão.

LEIA MAIS

Concurso de quadrilhas e Corrida dos Namorados fizeram esquenta de São João em Petrolina

Concurso foi realizado no sábado (Foto: Ascom)

Definitivamente já é junho em Petrolina. Depois do São João dos Bairros em maio, a cidade respira as festas do mês e para fazer um aquecimento da programação que se inicia essa semana no Pátio Ana das Carrancas o final de semana foi marcado por muita cor e irreverência.

No sábado (8) as quadrilhas disputaram no Ginásio do Sesc o título de a Melhor do São João 2019. A Danado de Bom ficou com o primeiro lugar, levando R$ 7 mil, seguida pela Buscapé e Explode Coração.

Desde quando comecei a acompanhar as quadrilhas juninas, fiquei encantado. É uma das principais manifestações culturais do período junino e temos buscado fortalecer essa tradição ano após ano. Dessa vez, ficamos ainda mais impressionados pelo grande público e principalmente pelas apresentações incríveis, ousadas e criativas”, disse o prefeito Miguel Coelho.

Já no domingo (9) foi a vez das ruas da Orla ganharem cor com a Corria dos Namorados. Casais jovens e idosos participaram da festa esportiva que premiou em dinheiro os primeiros colocados.

Após a corrida eles tomaram um café da manhã. AMMPLA, SAMU e Polícia Militar deram suporte ao evento. A programação pré-São João no Pátio continua com o Concerto Junino e o Concurso de Violeiros, na Concha Acústica.

Concha Acústica recebe 35º Festival de Violeiros de Petrolina na próxima quarta

O Festival de Violeiros de Petrolina nasceu em 1981.

Repentistas e cantadores de viola consagrados nacionalmente, a exemplo de Ivanildo Vila Nova, Valdir Téles e Zé Viola, vão se reunir nesta quarta-feira (12) no Sertão de Pernambuco para o 35º Festival de Violeiros de Petrolina, que começa às 19h na Concha Acústica, gratuitamente, e promete movimentar o público com o talento do improviso, a literatura de cordel e o dedilhar da viola.

Tradicional evento que já faz parte do calendário junino do município, o festival traz também nesta edição nomes como Moacir Laurentino, Raulino Silva, Rogério Menezes, Fracinaldo Oliveira, Máximo Bezerra, Antonio José, Bê Caboclo, Dimas Fernandes, Rinaldo Aleixo, Paulo Maia, Damião Enésio e Cícero de Souza.

Realizada pela Associação dos Cantadores e Poetas do Vale do São Francisco em parceria com a Prefeitura de Petrolina, Bonusclube, Rádio Grande Rio AM e comércio local, a competição vai premiar as melhores duplas com troféus e valores em dinheiro.

Segundo o coordenador do evento e poeta, Natanael Cordeiro, uma comissão julgadora formada pelos poetas Romeu Honório, Pereira e Antonio Severo se encarregará de avaliar a métrica, rima e oração da arte repentista dos cantadores. A programação, apresentada por Isnaldo Nogueira e Teones Batista, será transmitida pela Rádio Sertão Online.

LEIA MAIS

Programa ‘Cuidar da Gente’ promove ações no bairro Itaberaba nesta sexta-feira

(Foto: Ascom)

A Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes vai levar ações culturais e esportivas do programa ‘Cuidar da Gente’ ao bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA), nesta sexta-feira (7), às 8h30, na Escola Municipal José Pereira.

De acordo com o Gerente de Cultura, Thiago Medrado, o grupo de capoeira Embodeiro fará apresentação e também haverá torneio de futsal. “Além das apresentações culturais que sempre fazemos, teremos uma parceria com a Secretaria de Educação ainda nessa ordem. No esporte premiaremos com medalhas os ganhadores do torneio de futebol de salão e iremos proporcionar aos moradores do bairro uma aula de capoeira com o grupo Embodeiro, que será supervisionada pelo Mestre Cabeça”, disse.

Lançamento da XX Serenata da Recordação acontece hoje, em Santa Maria da Boa Vista

Nesse ano a tradicional Serenata da Recordação, realizada durante o mês de julho, em Santa Maria da Boa Vista, Sertão de Pernambuco comemora 20 anos.

A programação da festa que reúne seresteiros e resgata as melodias das violas cantadas pelos apaixonados será divulgada na noite de hoje (5).

A Prefeitura fará o lançamento oficial do evento, às 19h30 no Poste Grande, na Orla da cidade. Ano passado mais de 10 mil pessoas participaram dos três dias de festa, que contou com a participação de Fafá de Belém.

123