Com apoio da prefeitura de Petrolina, festival de arte do Sesc começa nesta semana

(Foto: Divulgação)

Entre os dias 23 e 31 deste mês, Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) serão palco para mais um edição do Festival ‘Janeiro Tem Mais Artes’, realizado pelo Sesc, com apoio da prefeitura municipal de Petrolina. Durante o evento, petrolinenses, turistas e moradores da região terão a oportunidade de assistir a shows, além de prestigiar espetáculos e oficinas.

“A Prefeitura de Petrolina entende e enxerga que a cultura deve ter sempre um olhar em 360°, observando ao redor o que está sendo produzido com qualidade para que a gestão seja parceira e venha agregar ao trabalho. O SESC Petrolina é um grande parceiro na valorização dos artistas locais e por isso, estamos sempre caminhando juntos. Acreditamos que o ‘Janeiro Tem Mais Artes’ promove Petrolina a um patamar cultural de extrema importância. Convido todos a visitar e vivenciar o festival”, destacou o secretário executivo de Cultura, Cássio Lucena.

Festival do Sesc Petrolina contará com show do músico Marcelo Jeneci neste mês

Marcelo Jeneci se apresenta no próximo dia 24, em Petrolina (Foto: Internet)

De 23 a 31 de janeiro, Petrolina será tomada pela intensa programação cultural do Festival Janeiro Tem Mais Artes. O evento é realizado pelo Sesc da cidade, e vai trazer nomes como Marcelo Jeneci e Camila Yasmine, além de promover espetáculos e oficinas.

Com o objetivo de valorizar a produção local, democratizar o acesso à arte e fortalecer a economia criativa, ampliando os espaços de apreciação estética no mês de janeiro, o Festival chega à décima terceira edição. A abertura acontecerá na quinta-feira (23), a partir das 19h, no do hall do Teatro Dona Amélia, com a Exposição “Erva Daninha”, de Morgana Caroline. Às 20h, a cantora Camila Yasmine vai apresentar “Baobá”. Na sexta-feira (24) a programação terá início às 19h, na Sala de Dança, com o espetáculo “Gira Rosa”, de Sônia Guimarães e Anastácia Rodrigues. Em seguida, às 20h, no Teatro Dona Amélia, o show será do músico Marcelo Jeneci, que apresentará pela primeira vez na cidade seu terceiro álbum, “Guaia”.

Festival Edésio Santos define finalistas e campeão será conhecida neste sábado

(Foto: Carlos Humberto/Ascom PMJ)

O público conheceu ontem as 12 canções finalistas no Festival Edésio Santos da Canção, realizado em Juazeiro (BA). A lista traz artistas locais na disputa, entre eles o P1 Rappers que busca mais um prêmio, já que venceu com Nordestinias há alguns anos.

A comissão avaliadora é formada pelo professor Gilson Barbosa, a cantora Meirielle e o maestro Maécio. A grande decisão será hoje (14). Além da premiação, a última noite da 22ª edição do Festival terá show de Geraldo Azevedo. Confira a lista dos finalistas desse ano:

Gumbé, de Carlos Gomez – intérprete Jessia Stephens
Ser Maria, de Amauri Plácido da Silva Neto – intérprete Alcina Gonçalves
Coringa Blues, de Eugênio Cruz – intérprete Dom Pilé
A Revolução dos Livros, de Darlan Cardoso Barreto – intérprete Dalmo Funchal
Um só, de Joyce Guirra – Intérprete Joyce Guirra
Consagração, Caroline Taianan – intérprete Ruthe Moraes
Além desse momento, de Zebeto Corrêa – intérprete Fabiana Santiago
Regresso, de Eurivalter Cupertino – intérprete P1 Papers
Rosa Miragem, de Tiago Maci – intérprete Tiago Maci
Apareça, de Pedro Rhuas – intérprete Pedro Rhuas
Ainda há tempo, de Keréto – intérprete Keréto
Metrópole, de Herberth Mascarenhas – intérprete Herberth Mascarenhas

Em sua 8ª edição, Mostra 14 de Dança movimenta Petrolina

(Foto: Fernando Pereira)

De 12 a 15 de dezembro Petrolina sedia a 8ª edição da Mostra 14 de Dança, realizada no Sesc, pela companhia Qualquer Um dos 2. Consolidado como espaço de experimentação e pesquisa sobre a dança contemporânea, o evento tem programação dividida em vários locais da cidade.

Além do Sesc, o Espaço Cultural Janela 353 e a Ilha do Massangano receberão as apresentações de dança, rodas de conversa e formações. Para a edição de 2019 o tema escolhido foi “Quando a gente dança o mundo muda de lugar”. Na Mostra se apresentarão artistas da região e convidados de São Paulo e Salvador.

Confira a programação completa:

‘Feira Rebuliço’ movimenta Centro de Petrolina neste sábado

Artistas da região São Franciscana estarão reunidos no Beco da Cultura, neste sábado (7), em Petrolina (PE), divulgando e comercializando seus trabalhos durante a primeira edição da ‘Feira Rebuliço’. Ótima opção para quem curte trabalhos autorais na área das artes visuais.

A Feira Rebuliço surgiu com a proposta de ampliar a divulgação e fomentar a produção de arte impressa ou desenvolvida sobre papel no Vale do São Francisco. A quantidade de artistas visuais espalhados pela região é expressiva.

Os visitantes vão poder conferir pintura, desenhos, gravuras, impressos, escritos, cordéis, zines e livros que estarão expostos na Feira. A visitação ao evento que acontecerá no Beco da Cultura, Centro de Petrolina, será gratuita e deve começar a partir das 15h de hoje. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Petrolina, através da equipe da Secretaria Executiva de Cultura.

Governo de Verdejante publica programação da 20ª Missa do Vaqueiro do Riacho Verde

No dia 15 de dezembro Verdejante receberá vaqueiros de toda a região na tradicional Missa do Vaqueiro do Sítio Riacho Grande. Em sua 20ª edição, o evento contará com uma extensa programação, iniciando às 8h e se estendendo até a noite do domingo.

Os vaqueiros se concentrarão no posto que fica na estrada do sítio no início da manhã. A partir das 9h30, sairão em cavalgada em direção à comunidade, onde haverá celebração da Missa do Vaqueiro.

Após o almoço, os profissionais da caatinga participarão de pega de boi, seguida por shows musicais, às 17h. Os prêmios da pega são 13 novilhas, cada uma valendo R$ 400,00. O vaqueiro que capturar o animal, torna-se proprietário.

Manuca Almeida será homenageado em calendário

Poeta recebe homenagem póstuma

Manuca Almeida será homenageado no calendário 2020 da Clas Comunicação e Marketing. A peça faz parte da série de calendários da empresa, que chega a 16 edições. O rosto do poeta juazeirense de coração estampará os 12 meses do próximo ano.

O lançamento da peça acontecerá no dia 16/12, no Quintal do Poeta, em Juazeiro (BA), espaço escolhido a dedo para manter viva a história de Manuca. Dom Pilé e Andrezza Santos vão animar o público presente. Assim como em 2019, fotógrafos da região foram convidados a registrar imagens para cada mês.

O calendário 2020 tem fotos de Avelar Amador, Samuel Morais, Sérgio de Sá, Marcus Ramos, Maurício André, Sílvia Nonata, Lais Lino, Lisandra Martins, Chico Egídio, Cristiano Almeida, Alexandre Justino e Carlos Laerte. Em cada mês uma frase do poeta também poderá ser apreciado pelo público.

Maria Elena levanta bandeira e cobra valorização de artistas locais

Vereadora quer cumprimento de lei já no carnaval 2020 (Foto: ASCOM/Jean Brito)

Depois da rusga com Gilmar Santos (PT) na sessão passada, a vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) apresentou nessa quinta-feira (5) o Requerimento n° 412/2019, no qual solicita à Prefeitura de Petrolina o cumprimento da Lei Municipal n° 2.851/2016.

Conforme Elena lembra, a lei busca valorizar os artistas locais em eventos patrocinados pelo poder público. A edil destacou que já ouviu o grupo e inclusive tem um abaixo-assinado para apresentar ao secretário de Cultura. “Esse abaixo assinado tem assinatura de todos os grandes artistas locais”, destaca.

Ainda segundo Elena, é relevante o cumprimento dessa lei já no carnaval de 2020. “Que a gestão possa realmente cumprir a Lei Municipal que dispõe sobre a contratação e valorização dia artistas locais, em relação a cachês, número de artistas contratados e tratamento que são dado a eles”, conclui.

Exu: Festival Viva Gonzagão contará com artistas locais

A partir da próxima semana Exu voltará suas atenções para enaltecer o cidadão mais ilustre da cidade. O Festival Viva Gonzagão celebra 17 anos e nessa edição há um momento especial. Em 2019 celebra-se o aniversário do Rei da Baião, 70 anos do primeiro forró e 30 anos sem ele.

A programação será aberta na sexta-feira (13), com uma sanfoneata, uma passeata realizada com dezenas de sanfoneiros. 80 músicos vão sair do centro da cidade em direção ao Parque Aza Branca. A festa segue pelo final de semana, com shows de artistas locais.

Já estão confirmados nomes como Targino Gondim, Joquinha Gonzaga e Flávio Leandro. O Festival termina no domingo (15), com uma missa, às 11h. (Com informações do G1 Petrolina).

Exu: festival mantém vivo legado de Luiz Gonzaga

A Terra do Rei do Baião vai celebrar a memória de Luiz Gonzaga na próxima semana, durante o Festival Pernambuco Nação Cultural 2019, Festa Viva Gonzagão. Entre 11 e 15 de dezembro Exu receberá turistas e fãs do responsável por propagar o Sertão no mundo.

A programação do Festival será dividida entre o Parque Aza Branca e na Praça Luiz Gonzaga, palco dos shows. Um dos momentos mais esperados é a participação do neto de Gonzagão, Daniel Gonzaga, cantor, compositor e produtor musical.

Outra atração já conhecida do público é Joquinha Gonzaga. “Luiz Gonzaga é de uma importância inestimável para Pernambuco e celebrar a sua trajetória musical é uma forma de agradecer tudo o que ele fez pela cultura brasileira, além de incentivar a continuidade da sua arte”, disse. (Com informações do Blog Ney Vital).

Sábado literário será marcado por lançamentos em Juazeiro e Petrolina

Scamonis será lançado em Juazeiro (Foto: Reprodução)

A noite desse sábado (30) é tem duas opções aos amantes da literatura. Em Petrolina, às 19h a professora da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) Juazeiro, Carla Paiva lançará a obra “Feminismo no cinema brasileiro da década de 1980: a representação das mulheres nordestina nas telas”.

LEIA TAMBÉM:

Sucesso na Bienal do Livro de Recife, “Scamonis” será lançado em Juazeiro neste final de semana

Professora da UNEB lança livro sobre feminismo e a representação da mulher nordestina no cinema brasileiro

O projeto teve início no doutorado em Multimeiros, na Unicamp. Na obra de quatro capítulos, a agora escritora busca analisar de que forma os filmes da década de 1980 retratavam as mulheres nordestinas. O lançamento acontece no Espaço Janela 353, em cima do Café de Bule, Centro da cidade.

Os juazeirenses também terão programação para hoje. Às 18h30 a odonto pediatra Marcela Franca faz o lançamento de Scamonis – O outro lado de mim em solo baiano. Sucesso de vendas na Bienal do Livro em Recife, a obra mistura fantasia, com temas bem atuais.

Sucesso na Bienal do Livro de Recife, “Scamonis” será lançado em Juazeiro neste final de semana

Marcela Franca lançará obra em Juazeiro (Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois de apresentar “Scamonis – O Outro Lado de Mim” ao público pernambucano, a escritora Marcela Franca lançará seu primeiro livro em Juazeiro (BA), neste sábado (30), às 18h30 na livraria do Juá Garden Shopping. Nascida no Recife e criada em Petrolina, a odonto pediatra se aventurou no mundo das palavras em uma obra de 24 capítulos, que mescla fantasia e realidade.

“Já tinha feito meu primeiro lançamento na Bienal e em Petrolina. Eu queria de alguma forma prestigiar Juazeiro. Eu nasci em Recife e cresci aqui”, conta ao Blog Waldiney Passos. Na XII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco 2019, Scamonis foi a obra mais vendida da Plataforma de Lançamentos. Quem vê o livro à venda na internet, no River Shopping e Café de Bule não imagina o percurso da autora para concretizar seu sonho.

“Sou odonto pediatra, meu gosto pela leitura sempre existiu. Meu avô é escritor e sempre gostei de ler. Nunca tive o atrevimento de escrever nada. Em 2014 me veio esse pensamento de criar uma própria história. Comecei a criar, foi algo despretensioso e gostei”, lembra.

Professora da UNEB lança livro sobre feminismo e a representação da mulher nordestina no cinema brasileiro

Lançamento acontece neste sábado (30/11), às 19h em Petrolina

Um livro que surgiu na etapa de conclusão de um doutorado, mas que ganhou proporções maiores. Esse é , obra da professora universitária Carla Paiva, docente do curso de Jornalismo da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) em Juazeiro. Neste sábado (30), às 19h ela lançará “Feminismo no cinema brasileiro da década de 1980: a representação das mulheres nordestina nas telas” no Espaço Janela 353, em cima do Café de Bule, Centro de Petrolina.

Nos quatro anos de doutorado em Multimeios na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Carla Paiva se propôs a analisar a representação feminina no cinema brasileiro na década de 1980. “Quis analisar como se destacava no cinema a representação da mulher nordestina. Fui analisar como o cinema se apropria dos discursos feministas que estavam acontecendo naquele momento”, explicou.

A mulher e o cinema

São mais de 15 anos pesquisando a forma como o Nordeste é retratado nas películas nacionais. A paixão pelo cinema se estendeu por toda a vida acadêmica da docente e agora escritora, por ser uma linguagem diferenciada. “Sempre fui muito apaixonada pelo cinema e cinema brasileiro, sempre gostei muito mais da linguagem cinematográfica, ele em uma função política”, lembrou.

Paulo Afonso recebe artistas de todo Brasil para festival de jazz

Nessa semana Paulo Afonso (BA) vai se transformar no palco do jazz. A cidade realiza entre 29 de novembro e 1º de dezembro o Jazz Festival, tradicional evento que faz parte do calendário cultural da cidade. A Praça das Mangueiras receberá artistas de toda região.

A abertura, no dia 29 ficará por conta de Igor Gnomo, Luiz Carlini, guitarrista que tocou com Rita Lee e o Quinteto Neogibá, de Salvador. No sábado (30) a animação fica por conta de João Bosco e Zé Renato, que tocou no Grupo Boca Livre.

Para encerrar o festival, Toninho Horta e divide o palco com Lamartini e Sérgio Chorão. A programação é gratuita e livre para todo o público. Confira a programação completa do evento:

Com repertório da MPB, Mônica Sangalo fará show intimista em Petrolina

Na próxima semana o público do Vale do São Francisco poderá se deliciar com o melhor da Música Popular Brasileira (MPB), num show da cantora Mônica San Galo, que acontecerá no Barretu’s Grill. No repertório a irmã de Ivete Sangalo interpretará canções de Djavan, Fagner e outros grandes nomes do país.

A apresentação “Celebre” está marcada para o dia 28/11 às 21h, na Orla 2. Devido ao tamanho do espaço, a entrada do público é limitada e a reserva da mesa sai a R$ 200,00 para quatro pessoas. A abertura do show fica por conta de Alan Cléber.

Com mais de 20 anos de carreira e uma graduação em música pela Universidade Católica do Salvador (UCSal), Mônica não esconde a ansiedade pela apresentação. “Hoje estou mais madura musicalmente e não me intimido. Aprendo todos os dias e todos os dias me encanto com a música. Sou grata por tê-la comigo”, comenta.

123