Secult-PE lança sete editais emergenciais

Saiba como concorrer aos editais (Foto: Secult/Divulgação)

A Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult) lançou sete editais emergenciais para ajudar o setor durante a pandemia. As inscrições começaram na quarta-feira (21) e seguem até 6/11. A previsão do Governo do Estado é investir R$ 22,3 milhões para financiamento, no âmbito da Lei Aldir Blanc.

Para concorrer a algum dos editais basta acessar o site da Secult e preencher os formulários. Para esse momento, a secretaria optou pela modalidade concurso nos editais da LAB PE, o que permite premiar as propostas aprovadas. Isso significa que, no ato do recebimento da premiação, deve-se assinar um Termo de Compromisso para garantir a execução da proposta até 31 de março de 2021, com entrega de relatório de execução até 30 de abril do mesmo ano.

Caso surja alguma dúvida, a Secult fornece o WhatsApp (81) 3184-3018 para contato direto com os artistas e produtores culturais. Confira a seguir os sete editais lançados pela Secult:

LEIA MAIS

Cantora petrolinense é finalista em concurso promovido por Wesley Safadão

Leidiane Delmondes é uma das 10 finalistas (Foto: Diego Fotografias)

Uma cantora petrolinense está entre os 10 finalistas que brigam para saber quem fez o melhor cover da música “Não Valeu”. A canção é a nova aposta de trabalho de Wesley Safadão, que lançou um desafio virtual com artistas de todo país.

A representante do Vale é Leidiane Delmondes. Ela é natural de Santa Filomena, mas desde pequena reside em Petrolina. “Sou cantora e compositora. Tenho um sonho muito grande de viver da música e poder levar alegria a vocês através da minha música“, conta a artista.

Votação online termina na próxima semana

Para ajudar Leidiane a vencer a disputa é simples. A votação está aberta ao público até 14/10, pelo site oficial de Safadão (clique aqui). “10 participantes foram selecionados e eu fui uma delas. Desde já agradeço pelo apoio e conto com apoio de vocês”, destaca a cantora.

O vencedor ou vencedora do concurso irá para Fortaleza (CE) gravar um clipe bônus da música, ao lado de Safadão. Confira mais detalhes sobre a disputa no vídeo a seguir:

Coletivo formado por mulheres do Vale inova e lança videobook

Coletivo inova ao lançar videobook (Foto: Divulgação)

A força feminina está presente na literatura local. Bia Camélia, Hannah S. Lima, Milena Santos, Pók Ribeiro, Ruthe Maciel e Yasmin Rabelo fundaram o coletivo “Vozes – Mulheres: além das margens”. O que elas têm em comum? São seis escritoras independentes do Vale, em busca de fortalecer a produção regional.

Juntas, as seis inovaram e lançaram um videobook para combater o machismo. O projeto foi aprovado no Calendário das Artes 2020, promovido Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA). Confira o produto:

 

Na coletânea, o sexteto apresenta oito poemas, além de suas biografias, fotografias, texto de apresentação e créditos. Mesclando escrita e áudio, o produto tenta fortalecer a produção digital e amenizar os efeitos no segmento cultural, por conta da pandemia da covid-19. E diante do contexto do isolamento, a produção do videobook foi totalmente remota.

Recebemos o resultado com um misto de surpresa e contentamento sem tamanho, justamente, porque sempre esbarramos nessa falta de visibilidade e de acesso à espaços que pudessem promover essa propagação da nossa produção e atuação”, destaca Pók Ribeiro, membro-criadora do coletivo e proponente do projeto.

Governo da Bahia apresenta Selo de Origem do artesanato baiano

(Ascom/Setre-BA)

Com o objetivo de garantir a origem do produto artesanal do estado, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) realiza na próxima quarta-feira (7), às 15h, a apresentação do Selo de Origem do Artesanato da Bahia e do Programa de Certificação do Artesanato Baiano.  O evento será realizado no canal Artesanato da Bahia no YouTube e contará com uma importante homenagem ao artesanato mineral.

O Programa de Certificação visa contribuir com a preservação de produtos tradicionais, fomentar o desenvolvimento de propostas inovadoras, além de favorecer o aprimoramento dos processos produtivos e estimular a elevação da qualidade técnica.

De acordo com o titular da Setre, Davidson Magalhães, a iniciativa é um reconhecimento do potencial econômico do artesanato e de seu papel na consolidação da identidade cultural baiana. “O programa é parte de um conjunto de ações estruturantes desenvolvidas pelo Governo do Estado para fortalecer o segmento, através do incentivo à qualificação, apoio à comercialização e fortalecimento das associações, contribuindo para melhoria da renda dos artesãos”, destaca o secretário.

Para ser contemplado com a certificação, o produto deve ser submetido à avaliação, respeitando os seguintes critérios: identidade cultural, qualidade, inovação com equilíbrio, adequação econômica, eficiência logística, identidade visual, adequação ergonômica e respeito socioambiental.

Sob a responsabilidade da Coordenação de Fomento ao Artesanato (CFA), o processo de certificação ocorre em cinco etapas. Podem participar artesãos baianos ou radicados no estado há pelo menos dois anos, que estejam com cadastro ativo no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (SICAB).

Inscrições permanentes – Em virtude da pandemia da Covid-19 e como medida de prevenção ao contágio e propagação da doença, as inscrições no programa deverão ser efetuadas exclusivamente de forma eletrônica, através do e-mail: [email protected], com o seguinte assunto: “Inscrição Programa de Certificação”, ou acessando o formulário eletrônico que será disponibilizado no dia do evento.

Andrezza Santos lança novo single “Vácuo”

Single está disponível nas plataformas digitais (Foto: Divulgação)

A cantora Andrezza Santos não para. Nessa semana ela lançou seu mais novo single. “Vácuo” está disponível nas plataformas digitais, como Spotify, Deezer e no YouTube e fala daquela famosa “ignorada” na mensagens trocadas através das redes sociais.

Nesse single, a cantora paulista que escolheu o Vale do São Francisco há cinco anos, faz uma crítica a forma como as pessoas se relacionam hoje em dia. “O acúmulo de ansiedades, angústias e notícias ruins que estamos submetidos nesse tempo de pandemia faz parecer que o nosso sistema dá pane. E foi a partir de uma pane que ‘Vácuo’ nasceu. O estopim para o surgimento da canção foi quando eu levei uma bronca de um amigo porque eu o ignorei“, disse.

“Vácuo” é composta pela própria Andrezza, que também assina os arranjos. O single tem coprodução de Iago Guimarães, do estúdio Casinha Lab, em Juazeiro (BA). A canção ainda conta com a participação do saxofonista petrolinense Carlos Roberto.

A parte gráfica – concepção e produção da identidade visual da capa e do clipe – é assinada pela produtora EiFia, de Petrolina-PE. Confira a seguir o novo trabalho da cantora e compositora:

Secult-PE e Sesc-PE firmam acordo de cooperação técnica para execução da Lei Aldir Blanc

A Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e o Serviço Social do Comércio em Pernambuco (Sesc-PE) assinaram um acordo de cooperação técnica com o objetivo de oferecer um suporte aos munícipios do Estado na execução do Inciso II da Lei Aldir Blanc – que trata dos pagamentos do subsídio mensal aos espaços culturais e aos coletivos que ficarão a cargo das prefeituras.

Nessa parceria entre as entidades, o Sesc-PE disponibilizará unidades distribuídas por todas as regiões do Estado, além de uma equipe de instrutores e instrutoras para dar suporte remoto sobre o uso do Mapa Cultural de Pernambuco a gestores municipais e responsáveis por espaços culturais e coletivos artísticos que vão solicitar o subsídio emergencial presente no inciso II da Lei Aldir Blanc.

Algumas unidades disponibilizadas pelo Sesc-PE são as de Araripina, Belo Jardim, Casa Amarela (Recife), Caruaru, Petrolina, Santo Amaro (Recife), São Lourenço e Triunfo.

LEIA MAIS

Secretaria de Cultura lança cartilha sobre execução da Lei Aldir Blanc em Pernambuco

A Secretaria de Cultura de Pernambuco lança mais um produto que visa reunir todas as informações relativas à execução da Lei Aldir Blanc no Estado. A Cartilha da Lei Aldir Blanc em Pernambuco oferece um material de apoio aos artistas e fazedores de cultura que podem se beneficiar com os recursos que serão geridos pelo Governo de Pernambuco, além de dar transparência a todo processo.

Foi disponibilizado para Pernambuco um total de R$ 143.366.541,48 , sendo que ao governo estadual coube o valor de R$ 74.297.673,60, e aos municípios, R$ 69.068.867,88.

O documento compila e edita variados conteúdos, gerados por grupos técnicos de trabalho criados no âmbito do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura para a execução da lei 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural.

LEIA MAIS

Juazeiro: Alan Cleber é oficialmente nomeado titular da SECULTE

Após anúncio da Prefeitura, novo secretário foi finalmente nomeado (Foto: Arquivo pessoal)

O Diário Oficial de terça-feira (22) traz a nomeação do novo secretário de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE) de Juazeiro (BA). Conforme já noticiado pelo Blog, Alan Cleber foi o escolhido pelo prefeito Paulo Bomfim (PT). Ele substitui Sérgio Fernandes na pasta.

LEIA TAMBÉM

Cantor Alan Cleber é o novo Secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Juazeiro

Juazeiro: Secretários do PDT deixam governo de Paulo Bomfim

PDT não apoiará Paulo Bomfim em Juazeiro, afirma Roberto Carlos

O Decreto n° 607/2020 torna Alan secretário de forma retroativa a 17 de setembro. A mudança na Prefeitura acontece às vésperas das eleições municipais, no contexto de mudanças provocadas pela saída do PDT da base aliada.

A indicação de Sergio a SECULTE pertencia ao deputado estadual Roberto Carlos, que hoje é adversário político de Bomfim. O rompimento entre os dois foi anunciado no início de setembro. Dessa forma, o PDT retirou todos seus secretários e cargos da gestão.

 

Cantor Alan Cleber é o novo Secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Juazeiro

Alan Cleber, novo Secretário de Cultura de Juazeiro. (Foto: Arquivo pessoal)

Cantor, ator, diretor e produtor teatral, Alan Cleber aceitou o convite do prefeito Paulo Bomfim para assumir a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE) de Juazeiro, no lugar de Sérgio Fernandes que foi exonerado do cargo após o rompimento do prefeito Paulo Bomfim com PDT do deputado estadual Roberto Carlos.

Para o artista, estar à frente da Secretaria de Cultura de Juazeiro é uma alegria e motivo de orgulho. “Estou muito grato pela oportunidade de participar desse projeto vitorioso, que nas diversas áreas tem transformado o nosso município. São indiscutíveis os avanços na infraestrutura, na educação, na saúde. Com a cultura e o esporte não foi diferente, com implantação de políticas públicas inovadoras, inclusivas e democráticas. Estou feliz em assumir essa missão e darei o meu melhor na condução deste importante órgão para Juazeiro, notadamente conhecida pela sua eferverscência cultural. Estarei seguro, pois conto com o suporte de uma equipe técnica e competente nos três segmentos. Sou um militante, um operário, um fazedor e entusiasta da cultura juazeirense e colocarei essa minha paixão e experiência a serviço dos artistas e da minha comunidade”, afirma Alan Cleber.

Alan já chega com um desafio a ser enfrentado na área de Cultura, por exemplo, pois Juazeiro já aprovou seu plano de implantação da Lei Aldir Blanc, responsável por injetar recursos no setor cultural e auxiliar artistas nesse momento de crise, provocada pela pandemia.

Lei Aldir Blanc: Cadastro de artistas pernambucanos começa hoje

A partir dessa segunda-feira (14), os artistas e trabalhadores da cultura em Pernambuco já podem se cadastrar no programa de Renda Básica Emergencial, previsto na Lei Aldir Blanc. Serão pagas três parcelas de R$ 600, retroativas ao mês de junho, a quem comprovar atuação no setor cultural ou artístico nos últimos 24 meses.

A Renda Básica segue a mesma lógica do Auxílio Emergencial. A ajuda foi criada para ajudar os profissionais do setor cultural durante a pandemia do novo coronavírus. Dessa forma, as mulheres chefes de família receberão ajuda em dobro (R$ 1.200) em três parcelas.

No entanto, para receber o auxílio, é preciso se cadastrar no Mapa Cultural de Pernambuco e preencher o formulário disponível no link a seguir: www.lab.mapacultural.pe.gov.br. Esse cadastramento poderá ser feito até 14 de outubro, exclusivamente via internet.

De acordo com o Governo de Pernambuco, o Estado ficará responsável por aplicar R$ 74 milhões na destinação da renda emergencial aos profissionais do setor. Sendo assim, as prefeituras dos 184 municípios pernambucanos vão gerenciar o repasse de outros R$ 69 milhões aos espaços culturais, coletivos e empresas culturais que comprovarem ter interrompido as atividades durante a pandemia da Covid-19, e também serão responsáveis pelo fomento a projetos culturais.

Artistas regionais cantam Belchior em live neste sábado (12)

Andrezza Santos, Léo Bahia e Eduardo Brito (Secabudega) e Nilton Freitas. Estes são alguns dos artistas regionais que estarão se reunindo neste sábado (12) na live/show ‘Belchior, amar e mudar as coisas’.

Transmitida a partir das 20h pelo www.youtube.com/sincroniafilmes4k, a live encontro será capitaneada pelos músicos Roberto Possidio (guitarra e vocal), Héracles Andrade (bateria), Robertson Ferraz (sax e flautas) e Pablo Wesley (contrabaixo).

Durante a homenagem ao cantor e compositor cearense, que faleceu em 30 de abril de 2017, os músicos e as atrações convidadas irão fazer releituras de canções inesquecíveis a exemplo de clássicos como ‘A palo seco’, ‘Alucinação’, ‘Como nossos pais’, ‘Coração selvagem’ e ‘Velha roupa colorida’.

Também estarão no repertório com pegadas de rock, jazz e blues, versões surpresas para canções amadas do grande público como ‘Apenas um rapaz latino-americano’,  ‘Medo de avião’, ‘Divina comédia humana’ e ‘Fotografia 3X4’.

A live/show ‘Belchior, amar e mudar as coisas’, encerra o projeto Vale Apresentar que durante três sábados seguidos movimentou a cena musical do Vale do São Francisco.

Realizado pela Sincronia Filmes com apoio da Clas Comunicação e Marketing e patrocínio exclusivo da Agrovale, o projeto mostrou o talento e a arte de Tico Seixas e Mariano Carvalho, Sibele Fonseca e Roberto Possidio e a banda Erva Doce. As lives tiveram a apresentação da jornalista e cantora Mirielle Cajuhy.

Em função da pandemia do novo coronavírus a renda do projeto Vale Apresentar é destinada aos artistas e técnicos de som e os alimentos arrecadados doados às entidades filantrópicas de Petrolina e Juazeiro.

Professora da UNIVASF vai ministrar curso no Projeto #CulturaEmRedeSescPE

O curso “Deslocamento Inerte” acontecerá de 14 de setembro a 8 de outubro,  propondo diversos exercícios de criação utilizando desenhos e aquarelas. O objetivo é democratizar o acesso ao conhecimento teórico/prático das produções criativas nas artes visuais através de aulas virtuais e das técnicas, poéticas e teorias dos processos de criação.

As aulas serão ministradas por meio de vídeo aulas pela professora Morgana Caroline, licenciada em Artes Visuais pela Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF, ela trabalha com desenho e aquarela tratando de temáticas de diversidade e o hibridismo na composição de imagens.

LEIA MAIS

Festival da Sanfona de Dom Inocêncio será realizado em formato de live

O Festival da Sanfona de Dom Inocêncio (PI) desse ano será diferente. Pela primeira vez o evento cultural acontecerá pelas internet. As apresentações estão marcadas para o dia 19 de setembro, às 18h, no YouTube. Além dos forrozeiros piauienses, marcam presença convidados de Alagoas e da Bahia.

Entre as atrações confimadas estão a de Jurandir do Acordeon e a Orquestra Sanfônica de Acordeões do Campestre. O Festival acontece em comemoração ao Dia Municipal da Sanfona em Dom Inocêncio, considerada a Terra dos Sanfoneiros.

De acordo com a organização do evento, toda renda do Festival será destinada a construção do Museu da Sanfona no município. Para acompanhar a live basta se inscrever nesse canal.

Festival Virtual de Arte e Cultura do IF Sertão-PE anuncia programação e abre inscrições nas atividades

Uma ampla e diversificada programação vai movimentar, entre quarta (2) e sexta-feira (4), os canais de videochamadas e compartilhamento de vídeos administrados pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE). É o I Festival Virtual de Arte e Cultura, evento aberto a estudantes, professores, artistas e pessoas de qualquer lugar do mundo interessadas em contemplar apresentações artísticas e participar de atividades educativas. As inscrições nas atividades são gratuitas e podem ser feitas até o dia do evento em https://ifeventos.ifsertao-pe.edu.br/public/event/289.

Para realizar a sua inscrição, o participante deverá acessar a plataforma IFEventos (https://ifeventos.ifsertao-pe.edu.br/public/), clicar em “cadastre-se” na aba superior e preencher as informações solicitadas. O cadastro servirá para emissão do certificado.

LEIA MAIS

Sancionada a regulamentação de repasses da Lei Aldir Blanc

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil)

O presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, promulgou a Lei nº 14.036/2020, originada da Medida Provisória (MP) 986/2020, que regulamenta os repasses da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. Conforme a legislação, os estados e o Distrito Federal terão prazo de 120 dias, contados da data do repasse, para utilizarem os recursos liberados ao setor da cultura.

Apelidada com o nome do escritor e compositor carioca, a lei publicada em junho determina a liberação de R$ 3 bilhões em auxílio financeiro a artistas e a estabelecimentos culturais durante a pandemia de Covid-19.

LEIA MAIS
123