45ª CIPM erradica cerca de 100 mil pés de maconha na zona rural de Curaçá

Ninguém foi preso na ação (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Cerca de 100 mil pés de maconha foram erradicados pela Polícia Militar da Bahia na tarde de quinta-feira (14), na zona rural de Curaçá, região Norte do Estado. A plantação foi localizada na Ilha das Araras e ilhotas, após um mapeamento feito por equipes da 45ª CIPM.

Ao longo dos trabalhos a PM encontrou quatro roças com a erva. Em uma das ilhotas, quatro pessoas avistaram as equipes e conseguiram fugir. Todo material foi incinerado ainda no local e uma ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Civil.

PM encontra celular durante revista na cadeia pública de Curaçá

Celular estava guardado em caixa de dominó (Foto: PM/Divulgação)

Policiais militares da 45ª CIPM encontraram um aparelho celular dentro de uma cela da Cadeia Pública de Curaçá (BA), durante uma revista realizada na unidade, na tarde de segunda-feira (28). De acordo com a PM, o objeto estava guardado dentro de uma caixa de dominó.

A polícia também apreendeu dois carregadores de celular e conseguiu identificar o dono dos objetos, porém não divulgou a identidade do detento. Uma ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Civil, que solicitou apoio da PM para revista na unidade.

PM apreende cerca de 2kg de maconha no Centro de Uauá

(Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Denúncias anônimas levaram a Polícia Militar da Bahia a apreender uma grande quantia de maconha no Centro de Uauá, região norte do Estado. De acordo com a 45ª CIPM, um homem estaria vendendo a droga na Rua das Margaridas Pereira, na tarde de terça-feira (22).

Uma Guarnição da 45ª CIPM se deslocou ao local, identificou o suspeito e fez uma busca pessoal. Em seguida a polícia foi até a residência do homem e lá encontrou diversas sacolas. Somando todo o entorpecente, havia entre 1,5 kg e 2kg da erva cannabis.

O homem foi preso e encaminhado à Delegacia Territorial, em Juazeiro, para registro da ocorrência e tomada das medidas cabíveis. A identidade do suspeito não foi informada.

Ministério Público solicita à Justiça interdição da cadeia do município de Curaçá

(Foto: Internet)

O Ministério Público estadual solicitou à Justiça, em ação civil pública ajuizada nesta quarta-feira (16), pelo promotor de Justiça Márcio Henrique de Oliveira, que determine ao Estado da Bahia a interdição da carceragem da Delegacia de Polícia do município de Curaçá. Foi solicitada também a transferência de todos os presos lá alocados para unidades prisionais próximas, como o Conjunto Penal de Juazeiro.

O promotor pediu ainda que a Justiça proíba, em decisão liminar, o recebimento de qualquer preso ou adolescente apreendido na unidade policial, excetuando-se as detenções pelo prazo máximo de 24 horas para transferência. De forma definitiva, o MP requereu a interdição da cadeia e que a carceragem seja convertida em espaço de administração judiciária.

LEIA MAIS

PM´s de Curaçá prestigiam aniversário de criança que teve como tema Polícia Militar da Bahia

Apaixonado pela Polícia Militar, o pequeno Ian Tamarindo de Carvalho, ganhou como presente de aniversário de 2 anos de idade, uma decoração especial homenageando a PM, uma roupinha semelhante a uma farda e a presença dos próprios militares.

O convite foi feito pelos pais de Ian à Guarnição do 5º Pelotão/ Agrovilas, pertencente a 45ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Curaçá, Bahia, Comandada pelo Capitão PM Leonel.

Os Policiais aceitaram o convite e participaram da festinha de Ian nesta segunda-feira (14). O pequenino ficou a vontade e a festa fez o maior sucesso.

Tremor de terra é registrado em Curaçá durante o final de semana

Tremor também foi sentido em Jaguarari e Ponto Novo (Foto: Internet)

O Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) registrou um tremor de terra na cidade de Curaçá, na região Norte da Bahia. O tremor foi de magnitude preliminar de 2.5 e não provocou danos em residências ou deixou feridos.

De acordo com o G1 da Bahia, o abalo foi sentido por volta das 15h30 também por moradores de Ponto Novo e do distrito de Pilar, em Jaguarari. Nessa comunidade, ainda houve registro de barulhos do tremor. Um funcionário de uma mineradora alertou o Laboratório sobre o fato.

Após a ligação, o Laboratório analisou os dados sismológicos da região e informou que o tremor foi provocado por uma detonação realizada pela mineradora.

Eleições 2020: Pedro Oliveira visita comunidades do interior de Curaçá

(Foto: Ascom/Pedro Oliveira)

Atual prefeito e candidato a reeleição, Pedro Oliveira, passou o fim de semana em visitas a comunidades rurais de Curaçá, no norte da Bahia. Acompanhado por lideranças e candidatos a vereador que tem base nos distritos, no Sábado (7) à noite Pedro visitou Barro Vermelho e no domingo (8) foi recebido pela população das Agrovilas.

o prefeito e candidato à reeleição fez um porta a porta conversando com os moradores e ficou muito satisfeito com o nível de atenção que recebeu da grande maioria da população local, que reconhece seu trabalho e aposta numa renovação do mandato.

“Quero deixar aqui o meu agradecimento a todos os moradores de Barro Vermelho e das Agrovilas pela receptividade e pelo apoio durante toda essa nossa caminhada. Vamos seguir juntos e cada vez mais compromissados em atender as demandas desse importante dos distritos de Curaçá”, disse Pedro.

Durante as visitas, Pedro Oliveira prometeu aos eleitores que vai focar seu plano de governo no próximo mandato, casa seja eleito, em trabalhos na área de infraestrutura que vão contemplar também o interior.

“Em 2016 eu fiz um compromisso com a população que a saúde pública de Curaçá teria dois tempos e isso é fato. Toda a população, incluindo as comunidades interioranas, enxergam a diferença do que é hoje e o que era antes. Saúde, educação e salários em dia serão sempre nossa prioridade, mas na próxima gestão, e isso está no nosso plano de governo, nós iremos buscar recursos extras para reestruturar a nossa cidade, nosso município e vamos incluir ainda mais o interior, reforçando a atenção à saúde e educação, mas ampliando as ações nas áreas de saneamento e pavimentação de ruas”, destacou o candidato.

Juazeiro: Volta a faltar água no Distrito de Pinhões; SAAE explica

(Foto: Ilustração)

Depois de sofrer com a falta de água nas torneiras no final de semana, moradores do Distrito de Pinhões, zona rural de Juazeiro, tiveram o fornecimento interrompido novamente no feriado desta segunda-feira (12), dia de Nossa Senhora Aparecida.

Segundo o Serviço de Água e Saneamento Ambiental de Juazeiro (SAAE),  a falta de água no último final de semana no Distrito de Pinhões foi ocasionada pela quebra de uma bomba na Estação de Distribuição na comunidade de Melancia, que fica no município de Curaçá, que voltou a apresentar defeito na segunda-feira (12) quando o sistema estava normalizando.

Para agilizar o serviço, o SAAE/Juazeiro enviou uma equipe técnica para reforçar as equipes do SAAE de Curaçá, responsável pela distribuição de água para Pinhões, através da Adutora do Forrozeiro.

A Divisão de Interior do SAAE informou que disponibilizou três carros pipa que ficarão abastecendo o reservatório em Pinhões, até que a situação seja normalizada.

Juazeiro: SAAE explica falta de água no distrito de Pinhões

(Foto: Ilustração)

Com problemas no abastecimento de água no fim de semana, moradores do distrito de Pinhões, zona rural de Juazeiro, na divisa com o município de Curaçá, pediram uma providência por parte dos Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), responsável pela rede que leva água até a comunidade.

No fim  da manhã desta segunda-feira (12), o órgão informou que o problema da falta de água em Pinhões já está sendo resolvido e o abastecimento será normalizado ainda hoje.

De acordo com o SAAE, a água de Pinhões é fornecida pela adutora do Forrozeiro, do município de Curaçá, que teve problemas técnicos na estação de distribuição na localidade de Melancia, deixando várias comunidades sem água.

Segundo os técnicos do SAAE de Curaçá o conserto já foi feito e, tão logo o reservatório esteja com água suficiente, a distribuição será normalizada.

Polícia erradica 38 mil pés de maconha no interior da Bahia

Droga estava sendo cultivada em diversos municípios da região (Foto: SSP-BA/Divulgação)

A Polícia Militar da Bahia erradicou 38 mil pés de maconha no interior do estado. A Operação Muçambê foi iniciada no dia 30 de setembro e concluída na manhã de quinta-feira (8), em conjunto com as polícias Civil e Federal, além do Exército e Corpo de Bombeiros Militar.

As plantações foram erradicadas nos municípios de Campo Formoso, Curaçá, Irecê, João Dourado, Juazeiro e Xique-Xique. “A Operação Muçambê já vem há quatro anos localizando as drogas na região conhecida como ‘polígono da maconha’. Estamos utilizando a tecnologia do georreferenciamento para identificar as roças, com essas informações, realizamos a operação”, destacou o comandante da Cipe Semiárido, major Carlos Maltez Filho.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP/BA), as plantações foram incineradas e a investigação do tráfico de drogas ficará a cargo da PF em Juazeiro. A PM não informou se houve prisões durante a ação.

Juiz nega pedido de impugnação contra prefeito de Curaçá

Pedro Alves de Oliveira, prefeito de Curaçá.

A 85ª Zona Eleitoral julgou improcedente um pedido de impugnação contra o prefeito e candidato à reeleição em Curaçá, no Sertão do São Francisco, Pedro Oliveira. Em sentença desta terça-feira (6), o juiz Paulo Ney de Araújo desconsiderou a representação do PT de Curaçá.

De acordo com site Bahia Notícias, de Salvador, o partido pedia a remoção de conteúdo postado pelo prefeito nas redes sociais em que haveria associação à prefeitura. Segundo a impugnação manifestada pelo partido opositor, Pedro Oliveira teria violado as regras eleitorais ao usar, nos perfis dele no Facebook e Instagram, imagens do próprio em obras e serviços públicos realizados pelo Município.

Em resposta, o prefeito apresentou defesa e afirmou que “o mero compartilhamento de fotos de ações enquanto gestor público, por si só, não tem a capacidade de atribuir o caráter de publicidade institucional”. Na decisão, o juiz acatou a defesa do gestor, afirmando que no caso não observou indícios de uso de dinheiro público na produção do material e afirmou que não verificou a incidência de abuso de autoridade.

“Repita-se, não há pedido direto de voto, mas tão somente conteúdo que enaltece a pessoa do pré-candidato, o que é admissível e por sua natureza tem destinatários diversos daquelas que consistem em publicidade institucional, escreveu na sentença.

Ato de racismo de servidora de Curaçá será apurado pelo Tribunal de Justiça da Bahia

(Foto: Reprodução)

O corregedor das Comarcas do Interior do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Osvaldo de Almeida Bomfim, instaurou sindicância contra a servidora Libania Maria Dias Torres. A escrivã  da Comarca de Curaçá foi flagrada em vídeo desferindo insultos racistas a um policial negro em abordagem policial que apurava uma denúncia de que a servidora teria agredido sua companheira.

O corregedor fixou o prazo de 30 dias para proceder o pertinente apuratório e apresentação de relatório conclusivo.

LEIA TAMBÉM

PT-BA repudia ato de filiada e executiva de Curaçá por ato de racismo

A defesa do PM agredido e chamado de “macaco” durante uma ocorrência no bairro Vale dos Lagos, Salvador, na quarta-feira (16), prometeu que irá processar o presidente do PT de Curaçá e toda a diretoria da sigla envolvida na aprovação de uma nota de apoio à agressora, identificada como Libânia Maria das Torres.

No perfil do Instagram, o PT municipal de Curaçá alegou que o termo utilizado por Libânia para ofender o policial “não é racismo”.

(Com informações do Bahia Notícias)

Após denúncia sobre ponto de venda de drogas, PM apreende 400g de maconha em Curaçá

Droga estava escondida em residência (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

A Polícia Militar da Bahia apreendeu uma sacola com 400 gramas de maconha, escondidas em uma residência no bairro Nova Aliança, em Curaçá. A droga foi localizada na tarde de quarta-feira (23), após a 45ª CIPM receber uma denúncia de que no local citado funcionava um ponto de venda do entorpecente.

LEIA TAMBÉM

Polícia apreende quase 10kg de maconha no Porto de Orocó

Chegando ao endereço relatado na denúncia, as equipes da PM avistaram um homem em atitude suspeita. Ele tentou se desfazer de algumas petecas de maconha. Contudo, com ele os policiais apreenderam cinco trouxinhas da erva.

Durante buscas dentro da residência na qual o homem estava, a equipe apreendeu um saco com mais maconha, escondida no quintal. O homem foi detido e todo material foi apresentado à Delegacia Territorial de Curaçá.

Justiça Eleitoral determina que prefeito de Curaçá remova postagens institucionais das redes sociais

(Foto: Ascom/PMC)

Justiça Eleitoral acata pedido do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Curaçá, cidade da região norte da Bahia, determinou que o prefeito, Pedro Oliveira, remova postagens de obras e serviços públicos de suas redes sociais.

A decisão foi publica na noite deste domingo (13) pelo Juiz Eleitoral da 85ª Zona Eleitoral, Paulo Ney de Araujo, que entendeu que o prefeito estava “usando suas redes sociais pessoais como meio de promoção de sua pré-candidatura à reeleição municipal, ao atribuir a si próprio as realizações da pessoa jurídica que o mesmo representa, em desacordo, assim com as exceções estabelecidas no inc. VI, “b”, do artigo 73 da Lei nº 9.504/97″.

Na decisão o Juiz determinou a retirada, no prazo de 5 horas, de todas as publicações que contenham postagens/matérias institucionais, inclusive de divulgação de obras da administração municipal ou contendo slogans da administração municipal, sob pena de multa diária no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

A Representação Eleitoral n. 0600066-22.2020.6.05.0085 apresentada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) daquele município. Clique aqui para ver a decisão na íntegra.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a assessoria do prefeito Pedro Oliveira, mas até a publicação dessa reportagem ainda não tivemos nenhuma posição do gestor que é candidato a reeleição.

Polícia Militar destrói mais de 115 mil pés de maconha em Curaçá

(Foto: Polícia Militar)

A operação que resultou na destruição da área foi realizada no final de semana, mas especificamente nos dias 05 e 06 de setembro. Policiais militares realizaram incursões nas ilhas da Cabra, Cajueiro e Mangueira onde foram localizadas 9 roças de maconha com aproximadamente 117 mil pés da droga.

Toda a plantação foi arrancada e queimada no local durante os dois dias de operação. Uma mostra foi colhida e apresentada na delegacia da Polícia Civil de Curaçá, procedimento de praxe nesse tipo de operação. Quando a polícia chegou nas roças não havia nenhum trabalhador, portanto ninguém foi preso.

123