Vendedora de acarajé relata ação truculenta do 2º BIEsp: “Aqui a gente tem medo é da polícia”

Vizinhos presenciaram ação (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Uma leitora procurou o Blog Waldiney Passos para relatar uma ação realizada por policiais do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), no bairro José e Maria, em Petrolina, na noite da última segunda-feira (6). Ela trabalha como vendedora de acarajé e estava com o marido quando presenciou momentos de pânico.

O casal retornava do trabalho com um colega responsável pelo delivery, quando por volta de 23h uma viatura do 2º BIEsp deu ordem de parada ao esposo da leitora, que parou em frente de sua residência. A partir desse momento, alega a mulher, o que se viu foi uma série de abusos dos PMs.

“A policia seguiu ele e deu ordem de parar, ele parou na frente de casa. O pessoal desceu, encheu de policial na rua. Pedi a eles para não entrarem em casa porque meu pai tem pressão alta, para ele não ver qualquer tipo de situação. Eles empurraram a porta, me chutaram e empurraram e espancaram ele no sofá da minha casa. Depois jogaram na viatura e levaram para a delegacia”, afirmou.

LEIA MAIS

Comerciantes de Juazeiro burlam fiscalização durante pandemia do coronavírus

Estabelecimento comercial está desobedecendo decretos em Juazeiro

O comércio de Juazeiro (BA) está fechado desde o dia 24 de março, após a Prefeitura publicar com medidas preventivas ao novo coronavírus. Contudo, nem todos os empresários e microempreendedores dos serviços considerados não essenciais estão seguindo as normas.

O Blog Waldiney Passos recebeu uma denúncia anônima via WhatsApp. A imagem mostrada acima foi feita na Rua Quintino Bocaiuva, Centro da cidade. De acordo com o leitor, os proprietários de uma loja de artigos para confecções estão driblando o decreto com o famoso “jeitinho brasileiro”.

“A loja está funcionando, eles abrem e colocam os clientes para dentro e depois fecham. Se eles podem fazer isso então todos podem fazer também“, argumentou o denunciante que procurou a Prefeitura para denunciar a situação, mas não teve retorno.

Nossa Produção também entrou em contato com a Prefeitura de Juazeiro, mas desde ontem (1º) aguarda uma resposta acerca da denúncia. Deixamos o espaço do Blog aberto aos questionamentos feitos por nossa equipe.

Prefeitura de Petrolina responde a apelo de moradores do bairro Pedra Linda

(Foto: Whatsapp)

Nesta terça-feira (24) moradores do bairro Pedra Linda, em Petrolina, entraram em contato com o blog Waldiney Passos, pedindo providências em relações a outros dois moradores da rua 12, que alimentam e dão banho em animais de grande porte, como jumentos, em cima das calçadas de suas residências.

Segundo os denunciantes, os infratores são dois homens, um por nome de José Rodrigues Filho, cujo apelido é Neguim da Carroça, e o outro é conhecido apenas por Bruno.

Segundo os vizinhos, essas atitudes têm causado mal cheiro, proliferação de moscas e sujeira na rua. Os moradores informaram que procuraram resolver a situação através do diálogo, mas os donos dos animais gritam que quem manda lá são eles e que os funcionários da Vigilância Sanitária são todos amigos e que não se importam com o que eles fazem.

Nós procuramos a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde do Município, que informou o seguinte:

Nota da Secretaria de Saúde

“A Prefeitura de Petrolina informa que as pessoas podem registrar denúncias de criação irregular de animais na Agência Municipal de Vigilância Sanitária, através da Ouvidoria Municipal, no número 156. É importante destacar que, devido à pandemia do coronavírus, as equipes da Vigilância estão desenvolvendo um importante trabalho de fiscalização, junto a outros órgãos municipais e o atendimento pode não acontecer imediatamente. Ressalta-se, no entanto, que a formalização da denúncia é fundamental para as ações de fiscalização no município.”

Mototaxistas de Juazeiro estão se aproveitando de decreto para rodar em Petrolina, denunciam profissionais

Mototaxistas de Juazeiro estão se aproveitando de decreto de Petrolina

A Redação do Blog Waldiney Passos recebeu nessa quarta-feira (25) várias reclamações de mototaxistas de Petrolina. Eles estão sem poder trabalhar, por conta dos decretos estadual e municipal de enfrentamento ao coronavírus. Contudo, os profissionais da vizinha Juazeiro (BA) estão se aproveitando do momento e pegando corridas aqui desde ontem (24).

LEIA TAMBÉM

Seguindo decreto do Estado, prefeito Miguel Coelho também proíbe circulação de mototaxi na cidade

“Mototaxistas de Petrolina não podem rodar na cidade, mas em Juazeiro não proibiram e estão fazendo corrida aqui“, relata uma das denúncias. A categoria petrolinense cobra uma ação rígida da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA).

Nossa Produção procurou a Prefeitura de Petrolina, mas até a conclusão dessa matéria não havíamos recebido uma resposta. Reiteramos que o Blog está aberto aos esclarecimentos.

Moradores do bairro Pedra Linda, em Petrolina, alimentam e banham animais na calçada de casa e ação incomoda vizinhos

(Foto: Whatsapp)

Moradores do bairro Pedra Linda, em Petrolina, entraram em contato com o blog Waldiney Passos pedindo providências em relações a outros dois moradores da rua 12. Segundo os denunciantes, dois homens, um por nome de José Rodrigues Filho, cujo apelido é Neguim da Carroça, e o outro conhecido apenas por Bruno estão causando mal-estar na vizinhança.

De acordo com informações, os dois homens alimentam e dão banho em seus jumentos em cima da calçada de suas residências. Segundo o vizinhos, essas atitudes tem causado mal cheiro, proliferação de moscas e sujeira na rua.

Os moradores alegam que procuraram resolver a situação através do diálogo, mas os donos dos animais gritam que quem manda lá são eles e que os funcionários da Vigilância Sanitária são todos amigos e que não se importam com o que eles fazem.

Nossa produção tentou contato com a Vigilância Sanitária na tarde desta terça-feira (24), mas não obtivemos êxito. Porém, a prefeitura disponibiliza o número 156 para denúncias.

Mesmo com decreto, comerciantes descumprem medidas na periferia de Petrolina

Comerciantes da Av. Simão Durando estão descumprindo decretos (Foto: Reprodução/Google Maps)

A Redação do Blog Waldiney Passos recebeu, entre a segunda e terça-feira (23 e 24) várias denúncias de leitores sobre o descumprimento dos decretos estadual e municipal, os quais determinam o fechamento do comércio em Petrolina.

Todas as queixas são de um único bairro, o São Gonçalo, onde na Avenida Simão Durando vários empresários estão abrindo as portas e dando um jeitinho de burlar a fiscalização. “Estão trabalhando com meia porta aberta, a polícia passa e não manda baixar“, relatou um comerciante que está cumprindo com as recomendações dos governos.

Prefeitura intensifica fiscalização

A Prefeitura de Petrolina informou em nota que a equipe de fiscalização “está trabalhando de forma incansável para que as determinações dos decretos municipais e estaduais sejam cumpridas pela população” e reforçou os telefones para denúncias: Central de Atendimento, 153 ou (87) 98106-7310 (WhatsApp), e pela Ouvidoria Municipal, no 156 ou (87) 99190-7475 (WhatsApp).

Confira a íntegra da resposta:

LEIA MAIS

Leitor flagra obra na Orla de Petrolina, mesmo com decreto estadual proibindo serviço

As obras de construção estão proibidas em Pernambuco desde o domingo (22), mas o decreto estadual anunciado pelo governador Paulo Câmara (PSB) não está sendo cumprindo em Petrolina. Na manhã de ontem por um leitor do Blog Waldiney Passos flagrou uma construção a pleno vapor na Orla da cidade, num terreno que aparente ser particular.

A obra estava acontecendo bem de frente aos condomínios, colocando em risco a segurança dos funcionários da obra e também dos moradores da localidade. Nossa Produção entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina para saber como estão sendo feitas as fiscalizações na cidade, seguimos aguardando uma resposta.

Descaso: homem cai de ponte e população juazeirense chama a atenção para falta de infraestrutura e ocorrência de acidentes na BR-407

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um acidente ocorrido na noite do último sábado (14), na rodovia Lomanto Júnior, trecho da BR-407, em Juazeiro (BA), deixou um ciclista ferido. Segundo informações de testemunhas, o homem teria caído da ponte que corta o canal do bairro Alto do Alencar.

“O rapaz quase morre afogado, muito mato, inseto. A malhada que corta o Alto do Alencar não tem iluminação, a ponte não tem guard rail, assim como a ponte do canal. Sem falar na situação dos canais, estão largados, onde concentra mais população, a obra não começa por aqui, começa por onde tem pouca gente”, disse um denunciante.

LEIA MAIS

Candidata aprovada em seleção da Educação não consegue assumir vaga; Prefeitura de Petrolina explica situação

Ela foi aprovada, convocada e quer sua vaga (Foto: Ascom/PMP)

O Blog foi procurado por uma leitora, que preferiu não ser identificada, para averiguar uma demanda da Educação. Ela fez a última seleção simplificada para o preenchimento das vagas nas unidades CMEIs e Novas Sementes de Petrolina. Aprovada e convocada, ela no entanto, não conseguiu assumir seu posto por conta do período de resguardo.

A convocação saiu oito dias após ela ter dado à luz. Mesmo com pouco tempo, ela procurou o setor de Recursos Humanos da Secretaria de Educação com o intuito de assumir a vaga. “Perguntei como ficaria porque ainda estava de resguardo, eles falaram que eu teria direito a minha vaga e tiraria quatro meses de licença e precisava assinar um documento comprovando que estava de licença pra garantir minha vaga. Com três dias depois me ligaram dizendo que eu não teria mas direito e que teriam colocado outra pessoa no meu lugar”, contou.

Unidade está sem profissional

Ela conta ainda que, apesar da resposta dada pelo setor competente de que alguém assumiu sua função, a unidade – localizada na zona rural – está com profissionais em falta, resultado inclusive na liberação mais cedo dos estudantes. “Passei, a vaga era minha, fui chamada pela convocação. Estou disposta a a trabalhar“, desabafou.

Em nota, a Prefeitura de Petrolina informou que busca solucionar essa demanda o mais rápido possível. “A Secretaria Municipal de Educação orienta que a profissional retorne ao setor competente para que o caso seja solucionado o mais breve possível. O órgão ressalta que o edital da seleção temporária previa comparecimento imediato dos candidatos convocados pela SEDUCE para início das atividades em unidades da sede e interior do Município, conforme a necessidade da Administração Pública”, pontua a nota.

Em nota, Compesa afirma que reposição do asfalto em via da Cohab Massangano deve ser concluída na próxima segunda

Após publicação de reportagem no Blog Waldiney Passos mostrando a revolta de moradores da rua 44, na Cohab Massangano, que cobram da Compesa o recapeamento da via, que teve a pavimentação destruída durante uma obra da Companhia, a empresa se posicionou afirmando que o problema já está sendo resolvido.

LEIA TAMBÉM

Serviço da Compesa deixa rua intransitável na Cohab Massangano

Em nota enviada ao Blog, a Compesa explicou a necessidade da obra, informou que a reposição do pavimento foi iniciada nesta quinta-feira, e deve ser concluída na próxima segunda-feira (16). Confira a íntegra da nota:

“A Compesa informa que a obra na Rua 44 da Cohab Massangano foi necessária para acessar um poço de visita que foi coberto após obras de pavimentação executadas na via. O problema foi identificado pela equipe da Companhia, no dia 05/03, durante um atendimento para desobstrução da rede de esgoto do local. A obra foi executada neste mesmo dia, quando a via foi aterrada e o trânsito liberado. A reposição do pavimento foi iniciada hoje (12) e deve ser concluída na segunda-feira (16).”

Morador cobra solução para resto de material abandonado no Terras do Sul

Terreno está sendo usado como depósito de obras (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O resto de material usado em uma obra, supostamente executada pela Prefeitura de Petrolina no bairro Terras do Sul está deixando a comunidade incomodada. O problema da foto acima foi registrado na Rua 3, próximo à Igreja Assembleia de Deus, vizinho a ruas pavimentadas há alguns meses.

O serviço foi concluído, contudo, as equipes largaram o resto da obra em um terreno. “Já são mais ou menos três mês que as obras foram finalizadas e os entulhos estão aqui ainda jogados trazendo insegurança por conta dos morros de entulhos e isso incentiva outras pessoas a virem aqui jogar materiais”, desabafou um morador do bairro.

Nossa equipe entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina, porém, até a conclusão dessa matéria não tivemos resposta. O espaço do Blog segue aberto aos esclarecimentos.

Prefeitura enviará equipe à Vila Mocó para averiguar situação de barraca instalada em calçada

Calçada obstruída é motivo de discussão no bairro (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O Blog Waldiney Passos publicou, nesta terça-feira (10), uma matéria sobre uma barraca que está tomando quase toda a calçada na Rua da Harmonia do bairro Vila Mocó, em Petrolina (PE).

A denúncia partiu de moradores, que estão sofrendo com os transtornos provocados pela estrutura, que impede a passagem livre dos transeuntes, entre outros danos.

Em nota enviada ao Blog, a prefeitura informou que enviará uma equipe para apurar a situação, e em caso de irregularidades, tomar as medidas cabíveis.

“A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação informa que a equipe de Disciplinamento Urbano irá ao endereço para verificar a denúncia. Se forem constatadas irregularidades, serão tomadas as medidas legais cabíveis, como a notificação para retirada imediata da barraca do local.”

Carnês do IPTU continuam apresentando irregularidades e moradores do Dom Avelar cobram providências

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

As queixas sobre as irregularidades nos carnês do IPTU em Petrolina (PE), ainda não foram resolvidas, e, com receio dos prejuízos, os moradores do bairro Dom Avelar cobram providências do poder público municipal. De acordo com a população local, os dados que constam nos boletos, sobre endereço, terreno e até sobre a prefeitura, estão errados.

“São centenas de família que vão ser prejudicadas, eu não estou falando da questão de valores do IPTU, mas sim porque estão vindo dados errados dos moradores. Se as pessoas pagarem errado, a prefeitura vai devolver os dinheiros dos moradores?”, questiona o denunciante.

Além da inconsistência dos dados, os moradores denunciam que, já procuraram o setor de Tributos da prefeitura, como orientado em nota pela gestão, mas nada foi resolvido.

O Blog Waldiney Passos procurou a prefeitura mais uma vez, para saber quais providências serão tomadas. Até o momento a gestão municipal não se pronunciou sobre o problema.

Prefeitura realiza limpeza no Caminho do Sol e leitor flagra caçambeiro descartando lixo em terreno baldio

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

São inúmeras as denúncias sobre descarte irregular de lixo em Petrolina (PE), que chegam à nossa redação. Quase que diariamente, o Blog Waldiney Passos recebe reclamações de leitores, moradores de bairro, que sofrem com o problema.

Hoje (9), um leitor flagrou uma ação afrontosa de um caçambeiro, no bairro Caminho do Sol. Segundo ele, enquanto equipes da prefeitura realizavam limpeza na Avenida João Campos, um caçambeiro descartou lixo de forma irregular, em um terreno baldio, localizado na Rua João Barroso Galvão.

“A AMMPLA é sediada aqui no bairro, será se os agentes de trânsito não conseguem fazer nenhum flagrante desses caçambeiros ou carroceiros que sujam o bairro. A comunidade pede ajuda aos órgãos públicos competentes, estamos cansados de ver e viver no lixo”, desabafou o denunciante.

Orientação

Em nota enviada ao Blog Waldiney Passo, sobre o caso, a Prefeitura de Petrolina informou que “jogar lixo em local inadequado é crime passível de sanção. O cidadão que flagrar, pode acionar a Guarda Municipal através do 153.”

Por falta de anestesista, Hospital Universitário remarca cirurgia de jovem com fraturas na face e família reclama

(Foto: Internet)

No dia 28 de fevereiro, o Blog Waldiney Passos mostrou trouxe à tona a angústia de dona Aparecida Silva, mãe de Cícero Vitor da Silva, paciente do Hospital universitário, que aguarda a realização de um cirurgia há 20 dias, para a reparação de três fraturas na face, ocasionadas por uma ação de espancamento, na qual o jovem foi vítima.

LEIA TAMBÉM

Mãe de paciente do Hospital Universitário cobra urgência na realização de cirurgia do filho 

Aparecida relatou, na época, que o filho ficou internado durante três dias no HU, teve alta no dia 18 de fevereiro, quando foi informado que sua cirurgia havia sido marcada para o dia 2 de março. Devido às dores que Cícero estava sentindo, a mãe cobrou agilidade na realização da cirurgia, porém o Hospital informou que não tinha como adiantar o procedimento, e que a cirurgia ocorreria na data marcada.

LEIA MAIS
123