Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Leitora reclama de atendimento na UBS do Dom Avelar; Prefeitura esclarece situação

(Foto: ASCOM)

Chegou à Redação do Blog uma demanda do bairro Dom Avelar, em Petrolina. A queixa é quanto ao atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) Leonor Elisa. A esposa de um paciente afirmou à nossa produção que desde maio seu marido tenta agendar atendimento com a fisioterapeuta da unidade, sem sucesso.

“Ele fez uma cirurgia no ombro, colocou platina, passou por duas revisões no Hospital Universitário e ainda não conseguiu vaga para fisioterapia no postinho. São 40 sessões que ele precisa fazer e ainda não conseguimos marcar”, contou a leitora.

Problemas no atendimento

Ainda segundo a acompanhante do paciente, em maio a servidora responsável pelas marcações estava de licença. Em junho ela retornou e novamente se afastou para gozar férias. “Meu marido está precisando trabalhar, está parado e acho uma falta de respeito o que está acontecendo”, continuou.

Outro lado

Nossa produção entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina. A secretaria de Saúde nos informou que a servidora mencionada na matéria “já foi substituída e o agendamento segue normalmente” na UBS do Dom Avelar. Quanto à situação do paciente, a pasta disse estar “verificando a situação e pedimos que ele compareça a unidade para mais informações”.

Obra no Portal da Cidade provoca transtornos a moradores do bairro

Segundo morador, obra é irregular e vem causando transtornos (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Uma obra na Rua do Pandeiro, no Portal da Cidade, em Petrolina vem tirando o sossego da população. Segundo um morador do bairro além de obstruir a via pública para execução do serviço, o proprietário de um imóvel acabou danificando a rede da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), deixando a população sem água.

Essa obra teria inciado há dois meses. Desde então nenhuma equipe da Prefeitura ou da Compesa foi ao local fiscalizar os problemas denunciados pelos moradores. “Fiz um registro na Ouvidoria através do WhatsApp e até hoje não tive resposta”, relatou o leitor.

Os moradores também se queixam da Compesa, já que além da obra danificar a obra, ligações clandestinas estariam sendo feitas na rua. “Com essas ligações o bairro está ficando sem água, mas ninguém fiscaliza“, continuou.

LEIA MAIS

Petrolina: aparição constante de ‘barbeiros’ preocupa moradores da Cohab Massangano

A doença de Chagas é causada pelo protozoário Tripanossoma cruzi, cujo vetor é o triatomíneo, popularmente conhecido como barbeiro (Foto: Internet)

Preocupados com a aparição constante do inseto ‘barbeiro’, no bairro Conhab 5, em Petrolina (PE), os moradores  da comunidade resolveram procurar o Blog Waldiney Passos para denunciar a situação e cobrar providências ao poder público.

O inseto é um dos principais transmissores da doença de Chagas, que é transmitida por um parasita que pode ser encontrado nas fezes de alguns insetos.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina alerta população sobre golpe da Casa Bolsa

Pessoas agindo de má fé estão prejudicando usuários dos programas sociais em Petrolina e a Prefeitura precisou vir a público fazer um alerta sobre o golpe da Casa Bolsa. Segundo o Executivo, beneficiários estão recebendo ligações para fazer a atualização cadastral e pedindo informações pessoais.

A prática, no entanto, não é o procedimento padrão. “Temos nossos canais oficiais para o atendimento na ‘Casa Bolsa’ aos beneficiários dos programas sociais. Recebemos algumas pessoas que foram surpreendidas com ligações solicitando dados, como CPF e nomes dos filhos. Só telefonamos para o usuário em caso de, no dia da visita domiciliar, precisarmos de um ponto de referência do endereço. Mas informações pessoais, não solicitamos por telefone”, orienta diretora de atenção social, Gláucia Andrade.

Quem precisar dos serviços da Casa Bolsa deve ir pessoalmente ao local, na Avenida Tancredo Neves, nº 1019, centro, próximo ao Centro de Convenções.O telefone para dúvidas ou agendamentos é o (87) 3863-6871.

Lei do silêncio: Moradores do N-10 reclamam da falta de fiscalização e PM-PE reforça atuação da Polícia

(Foto: Ilustração)

Moradores do Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 10, zona rural de Petrolina, entraram em contato com o Blog Waldiney Passos, para denunciar a falta de fiscalização da PM sobre a Lei do Silêncio nas comunidades do interior do município

De acordo com um morador da localidade, as equipes são acionadas, porém não vêm atendendo as demandas da comunidade. Com a falta de fiscalização, os infratores prosseguem com som alto em bares e residências até o dia amanhecer, prejudicando o repouso dos residentes.

“Passaram a noite com esse som ligado perturbando as pessoas que trabalham. Quando eu ligo só dizem que vão mandar uma viatura, mas essa viatura nunca chega”, relatou o denunciante.

LEIA MAIS

Sem receber há dois meses, funcionários do Hospital Regional cobram pagamento dos salários

Terceirizados estão há dois meses sem receber (Foto: Ascom)

A Redação do Blog recebeu, na manhã dessa quinta-feira (4), diversas denúncias de funcionários terceirizados do Hospital Regional de Juazeiro (HRJ). De acordo com as queixas, há dois meses o salário dos trabalhadores não é pago. Eles alegam ainda que o vale transporte também teria sido cortado.

“A empresa não tá repassando nem o vale transportes, a direção não dá posição sobre um prazo. Não pagam os vales, mas advertem o funcionário que venha a faltar. Estamos vivendo em regime escravo“, relatou um funcionário que preferiu não se identificar.

LEIA MAIS

Sintcope denuncia atraso no atendimento do Restaurante Popular; SEDESDH afirma que problema já foi solucionado

De acordo com titular da pasta, atraso foi causado por problema em equipamento (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina (Sintcope) enviou ao Blog uma nota relatando um problema no Restaurante Popular na última segunda-feira (1°). De acordo com o Sintcope, o almoço que deveria ter sido servido às 11h atrasou e prejudicou os trabalhadores do comércio.

Segundo os usuários relataram à Diretoria do Sindicato, a refeição só foi servido a partir de 11h40. “O atraso pode parecer pouco, mas foi crucial para que muitos trabalhadores ficassem sem fazer a refeição diária ou tivessem que recorrer a outros estabelecimentos onde o almoço tem um preço bem acima“, destaca o Sintcope.

Problema técnico

Secretário de Desenvolvimento  Social e Direitos Humanos (SEDESDH), Jorge Assunção afirmou, em entrevista  à Grande Rio FM dessa terça-feira (2), que o atraso ocorreu devido a um problema em um equipamento da cozinha industrial.

LEIA MAIS

Juazeiro: câmeras flagram agressão de PMs a jovem

Três pessoas teriam sido vítimas de agressões de PMs (Foto: Reprodução/TV São Francisco)

Uma abordagem que culmina em agressões a um jovem. Foram essas imagens que uma câmera de vigilância flagrou na última terça-feira (25), em Juazeiro (BA). Dois policiais militares da Bahia agridem com socos e tapas um rapaz que caminhava pela calçada.

As imagens foram divulgadas na sexta-feira (28), dia no qual a vítima procurou a polícia para registrar um Boletim de Ocorrência. “Eles já chegaram me batendo. O primeiro já me deu um murro no peito. Aí o outro começou a bater do outro lado. Eu fiquei praticamente sem reação”, contou.

O caso será encaminhado para a Corregedoria da Polícia Militar da Bahia. Além dele, outros dois adolescentes, de 13 e 16 anos também narraram ter sido vítimas de agressões na semana passada. “O policial puxou meu cabelo e me deu um tapa no rosto“, conta a garota.

LEIA MAIS

Acompanhante reclama de atendimento na UPA de Petrolina; unidade esclarece que não faz internamentos

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Blog recebeu o desabafo de uma filha que acompanhava sua mãe na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Segundo a leitora, a mãe é uma idosa de 69 anos que deu entrada na unidade durante o feriado de segunda-feira (24), com dengue.

A paciente ficou internada durante a noite, recebendo medicação na veia. De acordo com a queixa, é comum os idosos serem tratados com desrespeito na UPA. “Têm paciente idosos internados com três dias, dormindo dia e noite nas cadeiras. [Quando estava lá vi] uma senhora de 86 anos, outro de 78 e uma de 69 sendo, que é a minha mãe”, contou à nossa produção.

A queixa da acompanhante é o atendimento prestado ao público idoso, que fica jogado nas cadeiras enquanto aguarda pela medicação ou a tão esperada alta. “Você fica na sala de medicamentos e não consegue dormir. Eles estão ficando nas cadeiras por falta de maca”, afirmou.

Outro lado

Nossa produção entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da UPA, que se pronunciou através de nota. Apesar da queixa mostrada no Blog, o texto esclarece que “não faz internamento em seu serviço” e presta “assistência de urgência e emergência clínica”.

A UPA também informou como é o procedimento de assistência médica aos pacientes e ratifica que está se esforçando para acomodar quem vai em busca da Unidade. Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Juazeiro: funcionários da limpeza urbana mantém paralisação e cobram pagamento salarial

Funcionários estão de braços cruzados desde ontem (Foto: Ascom/PMJ)

A paralisação dos funcionários da varrição de Juazeiro (BA), iniciada na terça-feira (25), segue sem previsão de encerramento. Em conversa com o Blog Waldiney Passos hoje (26), o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública do Estado da Bahia (Sindilimp), Jamay Damasceno afirmou que os trabalhadores seguem de braços cruzados.

Previsão de pagamento

De acordo com Damasceno, entre 40 e 50 funcionários estão reivindicando o pagamento referente ao mês de maio. “Ainda não fizeram o repasse do mês de maio. A gente entrou em contato com o representante da empresa, que fica em Salvador, ele disse que poderia resolver a situação até hoje“, explicou à nossa produção.

Além de procurar os representantes da empresa MA2, terceirizada pela Prefeitura de Juazeiro para execução da limpeza urbana, o Sindlimp teria se reunido com o prefeito Paulo Bomfim (PCdoB). “O atraso é no repasse da Prefeitura e o prefeito disse que pagava hoje”, destacou o diretor do Sindlimp.

LEIA MAIS

“É uma coisa que não passa por mim”, diz Odacy Amorim sobre demissão de vigilantes

(Foto: Arquivo)

Em entrevista a Waldiney Passos, no Programa “Super Manhã”, da Rádio Jornal, nesta terça-feira (18), o diretor-presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, comentou a denúncia de perseguição política, feita por vigilantes do IPA, na última sexta-feira (14).

LEIA TAMBÉM

IPA afirma que Odacy Amorim está isento em demissão de vigilantes

Segundo o ex-deputado, Odacy Amorim (PT), as demissões e consequentemente, a mudança no quadro de profissionais da segurança, foram provocadas pela mudança da empresa  terceirizada, responsável pelos vigilantes. “Houve uma mudança de empresa e nessa mudança, a direção que é ligada a Daniel Saboia, que é diretor financeiro que cuida dessa área, que comunicou que haveriam essas mudanças, dada a alguma questão da empresa nova que chegava, alguma coisa assim”, explicou Odacy.

“Essa questão que eu mandei ele trocar, primeiro que eu nem entendi por que eles fizeram isso por que eles tinham estado comigo, a gente teve uma conversa tão boa. Eu lutei até o fim para poder manter a maioria desses vigilantes, inclusive, um que a mãe ou é o pai que está com câncer, eu disse que não abria mão por que era uma pessoa que tinha alguém na família com caso de enfermidade grave”, completou.

LEIA MAIS

IPA afirma que Odacy Amorim está isento em demissão de vigilantes

Vigilantes fizeram denúncia no programa Super Manhã de sexta-feira (14)

Na sexta-feira (14) o Blog publicou uma denúncia de vigilantes que atuam no Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). Os profissionais da segurança na unidade de Petrolina alegaram perseguição por parte do diretor-presidente do IPA, o ex-deputado Odacy Amorim (PT).

LEIA TAMBÉM:

“Achei muita covardia”, diz diretor de sindicato após garantir que demissão de vigias foi a mando de Odacy Amorim

Em nota encaminhada ao Blog, o diretor de Administração e Finanças do IPA, Daniel Sabóia ressaltou que o ex-deputado está “isento de qualquer participação na referida decisão”. Ainda segundo Sabóia, a contratação de vigilantes é terceirizada e houve uma troca de empresas.

Confira a seguir a nota:

LEIA MAIS

Compesa rebate versão do morador da Vila dos Imbiras sobre problemas da comunidade

(Foto: Ilustração)

O Blog Waldiney Passos publicou nesta terça-feira (11), uma matéria sobre a denúncia de um morador da Vila dos Imbiras, em Petrolina (PE), dando conta de diversos transtornos enfrentados pela comunidade, que segundo ele, foram provocados por ações da Compesa.

LEIA TAMBÉM

Morador da Vila dos Imbiras, em Petrolina, cobra resposta da Compesa para serviços no bairro

De acordo com o relato do morador, um serviço executado pela Companhia, na Rua Estrela Fênix, destruiu o calçamento. A outra situação é um esgoto a céu aberto que tem deixado a população local preocupada. Em nota, enviada ao Blog, a Compesa rebateu a versão do morador. Confira a íntegra da nota:

“A Compesa informa que a foto enviada não condiz com a realidade, pois a vala já se encontra aterrada desde o dia 4 quando o reparo foi feito. O transtorno no terreno foi fruto desse conserto para reparar um estouramento da rede de água. Na próxima sexta-feira, 14, conforme a programação da Companhia, será feita a reposição do piso com tijolo intertravado, como estava antes do estouramento.”

Morador da Vila dos Imbiras, em Petrolina, cobra resposta da Compesa para serviços no bairro

Obra inacabada irrita moradores

Nossa produção recebeu através do WhatsApp reclamações de moradores da Vila dos Imbiras, em Petrolina, a respeito do serviço prestado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) na comunidade. Segundo um leitor, dois problemas têm tirado o sossego dos moradores.

O primeiro deles foi um serviço executado na Rua Estrela Fênix, próximo à Unidade Básica de Saúde (UBS) que está sendo construída no bairro São José. “A primeira denúncia é que, aqui está sendo construída uma UBS, a rua tem o calçamento com tijolo intertravado e eles quebraram tudo pra fazer o esgoto da unidade, mas até hoje não voltaram para fazer o conserto“, disse um morador.

Esgoto faz rua virar “lagoa”

A segunda demanda é na Rua Constelação Cruzeiro do Sul, onde existe uma “lagoa” de esgoto no local de uma rua. “Este problema de esgoto é recorrente, mensalmente e esta rede traz esgoto do Hospital Unimed. Até hoje não foi feita nenhuma melhoria”, continuou.

Outro lado

O Blog entrou em contato com a Compesa para apresentar as demandas expostas na matéria. Até o momento não tivemos retorno da Companhia, mas deixamos o espaço aberto a uma resposta .

Conselho denuncia falta de estrutura na Escola Nossa Senhora Das Grotas; prefeitura de Juazeiro afirma que o problema já está sendo resolvido

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

O Conselho Escolar da Escola Nossa Senhora das Grotas, localizada no bairro Alagadiço, em Juazeiro (BA), divulgou uma nota cobrando o melhoramento da infraestrutura da unidade de ensino, que segundo o grupo, “encontra-se desmoronando.”

De acordo com o texto produzido pelo Conselho Escolar, formado por pais de alunos, a infraestrutura da escola está precária. “Várias salas estão com o forro caindo e crianças em salas inadequadas e o pior correndo risco de vida, pois um aparelho de ar condicionado pegou fogo. Estamos preocupados com os nossos filhos”, diz um trecho da nota.

LEIA MAIS
123