Morador cobra providências para terreno que vem sendo utilizado como depósito de lixo em Petrolina

Terreno é privado e vem sendo usado como depósito de lixo (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um terreno privado, localizado na Rua Montreal, no Loteamento Nova Iorque, em Petrolina vem sendo utilizado como depósito de lixo. Como consequência, ratos, baratas e insetos estão aparecendo as casas vizinhas, incomodando a população que é surpreendida diariamente com visitantes indesejados.

De acordo com o leitor – morador da comunidade há anos – o terreno nunca foi cercado pelo proprietário. A Prefeitura já teria sido acionada anteriormente para adotar medidas contra o dono, contudo, nada foi feito. “As residências vivem infestadas de insetos, ratos, baratas etc“, relatou o leitor.

Nossa equipe apresentou essa demanda à Prefeitura de Petrolina no começo da semana, porém, até o momento não recebemos uma resposta do problema apresentado. Deixamos o espaço aberto aos esclarecimentos.

Leitor cobra saneamento básico do bairro Jardim Petrópolis, em Petrolina

Sem saneamento esgoto corre para a via pública (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Essa imagem é da Rua 28 do bairro Jardim Petrópolis, em Petrolina. A comunidade não tem saneamento. Por conta disso em várias calçadas uma cena se repete: bocas de lobo estouradas e consequentemente, a água suja vai parar na via pública transformando a comunidade numa lagoa de mau cheiro.

A comunidade não aguenta mais, a gente pede sensibilidade da Compesa para que possa ver a situação. Quem vai passar de carro tem que ser por dentro do esgoto. A gente pede uma ajuda da Compesa“, relatou o morador. No vídeo a seguir é possível ter uma noção do que a população enfrenta diariamente.

Outro lado

O Blog procurou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), solicitando uma previsão de quando o bairro Jardim Petrópolis será saneado. Até a conclusão dessa matéria não recebemos uma resposta.

Exclusivo: funcionário desmente nota do HDM e relata demissão por justa causa após gravar vídeo mostrando estragos causados por chuva

Funcionário acionou a Justiça para buscar direitos (Foto: Blog Waldiney Passos)

No dia 6 de janeiro, Petrolina registrou uma forte chuva durante a noite. Um funcionário do Hospital Dom Malan/IMIP fez um vídeo para mostrar a situação da unidade, que registrou alagamentos em algumas áreas. Dois dias depois das imagens circularem em grupos de WhatsApp, ele e uma colega de trabalho foram demitidos por justa causa.

LEIA TAMBÉM

Dom Malan desmente boato e classifica de “informação equivocada” notícia sobre demissão de funcionários

Em conversa com o Blog Waldiney Passos, o funcionário – que será mantido em sigilo – desmentiu a nota encaminhada pela assessoria do hospital que alegava não ter havido corte de profissionais. “Minha demissão e de minha amiga foi no dia 8 de janeiro. Fomos informados que agimos com improbidade ao fazer o uso do celular dentro do hospital e por causa do vídeo fomos demitidos por justa causa“, relatou à nossa equipe.

Ele e sua colega eram terceirizados pela Solunni Serviços Especializados, prestadora de serviços no HDM cuja sede é no Recife. O conceito de improbidade é “falta de honradez, de integridade, de lisura”. Ou seja, a empresa entendeu que os profissionais erraram ao mostrar a realidade do hospital.

LEIA MAIS

Após ser destratada, paciente denuncia descaso de médico na Maternidade de Juazeiro

Como se não bastasse ter que encarar a falta de estrutura, atraso em alguns procedimentos e deficiências na execução de serviços, a população de Juazeiro (BA) tem que enfrentar a arrogância, prepotência e descaso de alguns profissionais que atuam em unidades de saúde do município.

Hoje (13), a vez foi da gestante Vanessa Lopes Pereira, de 24 anos. Ela contou ao Blog Waldiney Passos, que após sentir fortes dores na barriga, procurou o posto de saúde do bairro Perda do Lorde, onde mora. No entanto, ao chegar na unidade, foi informada que não havia médico para atendê-la, e que ela deveria procurar atendimento no Hospital Materno Infantil de Juazeiro.

Na maternidade de Juazeiro, através da triagem, a jovem foi encaminhada para o Médico Alexandre Mariano. Durante o atendimento, o médico destratou a paciente, e afirmou que a mesma deveria procurar o posto e não a maternidade, ainda segundo a paciente, o médico criticou a gestão municipal.

“Eu vou ficar atendendo aqui, corrimento vaginal, você é a terceira pessoa seguida que eu atendo com corrimento. Eu não sou obrigado a ficar atendendo isso não. Aqui é um hospital, não é um posto de saúde. Se não tem médico no posto de saúde, procura em outro posto de saúde”, diz o médico em gravação feita pela própria paciente, durante o atendimento.

LEIA MAIS

Esgotos transbordam e invadem casas no bairro Mandacaru, em Petrolina

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

A atual situação do bairro Mandacaru, em Petrolina (PE), é desesperadora, segundo relatos de moradores da localidade. Inúmeras famílias estão sendo obrigadas a conviver com esgotos que transbordaram e invadiram as casas dos moradores. O problema é antigo e só piora.

“Os esgotos estão retornando para as casa, os PVs estão cheios. Infelizmente, a Compesa não opera aqui, por que existe uma briga entre a prefeitura e a Companhia. A prefeitura está com caminhões tentando desobstruir esgotos no bairro Dom Avelar e no bairro São Jorge, mas não manda pra cá”, disse a liderança comunitária, Pedro Japão.

LEIA MAIS

Desligamento de semáforo na Avenida Flaviano Guimarães preocupa população de Juazeiro e prefeitura afirma que equipamento não se faz necessário na área

(Foto: Reprodução/Google Maps)

A Avenida Flaviano Guimarães é uma das principais vias de acesso para o Centro de Juazeiro (BA). A avenida é muito movimentada e o fluxo de veículos é intenso. O movimento na via se dá pelo comércio instalado ao longo da Avenida, bem como ao vai e vem de estudantes da UNEB e demais instituições de ensino instaladas na região.

Há mais de seis mês, um semáforo que organizava o trânsito em determinado trecho da Avenida, foi desligado. Preocupados com os possíveis acidentes, moradores entraram em contato com o Blog Waldiney Passos, para denunciar a situação.

“Novamente o mesmo [semáforo] encontra-se sem funcionar há meses colocando em risco a vida de condutores e pedestres. Os responsáveis pelo desligamento estão esperando acontecer uma tragédia para enfim agir. É lamentável como o trânsito em Juazeiro só piora, ao contrário do que acontece em Petrolina, onde o órgão que administra o trânsito na cidade trabalha com o objetivo de melhorar a vida dos cidadãos”, desabafa Alessandra Maia.

Outro lado

O Blog Waldiney Passos procurou a prefeitura de Juazeiro, para saber o que motivou o desligamento do semáforo e quais providências serão tomadas diante da reclamação da população. Em nota, a gestão municipal informou que o equipamento “não se faz necessário nessa área”. Confira a íntegra da nota:

“A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) informa que o semáforo da Avenida Flaviano Guimarães foi desativado porque o cruzamento que existia na via foi interrompido com gelos baianos. Com a anulação do cruzamento, a CSTT realizou estudos e foi comprovado que o semáforo não se faz necessário nessa área.”

Preocupados com a proliferação do mosquito Aedes, moradores do Alto da Boa Vista denunciam o descarte irregular de pneus em terreno baldio

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Em pleno período chuvoso moradores de Petrolina (PE) enfrentam a ameaça do mosquito da dengue, por conta da falta de conscientização das pessoas. Na Rua 28 do bairro Alto da Boa Vista, um terreno baldio virou depósito de pneus velhos.

“Tem duas borracharias aqui próximo que estão jogando esses pneus nesse terreno baldio. Os moradores estão com medo, porque pode acumular água nesse período de chuva e o mosquito da dengue aparecer por aqui. São muitos pneus.” disse um morador do bairro.

O Blog Waldiney Passos procurou a prefeitura de Petrolina, para saber quais providências serão tomadas. Questionamos se os pneus serão removidos do local, quando a retirada deve acontecer, além de saber o que pode acontecer coma as borracharias acusadas pelo descarte irregular. Até o momento a gestão municipal não se pronunciou sobre o caso.

Em nota, prefeitura de Juazeiro afirma que enviará equipe para tapar buracos na Rua São Francisco

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

O Blog Waldiney Passos noticiou na manhã desta segunda-feira (6), a denúncia de moradores sobre a atual situação da Rua São Francisco, no bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA), após a ocorrência de chuva nos últimos dias. A população local denuncia a buraqueira que toma conta da Rua, que é principal via de acesso para os Residenciais Juazeiro I, II e III.

LEIA TAMBÉM

Morador cobra melhoria no acesso a residenciais de Juazeiro

Em nota enviada ao Blog, a prefeitura municipal informou que a Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) “enviará uma equipe para verificar a situação da Rua São Francisco, no bairro Itaberaba e realizar a operação tapa buraco.

Sem transporte, usuários do TFD de Juazeiro não sabem quando farão tratamento na capital

(Foto: ASCOM/PMJ)

O Tratamento Fora de Domicílio (TFD) já é realidade em vários municípios da região. O Programa que garante transporte, estadia e alimentação para pacientes munícipes que precisam de tratamento nas capitais é um grande apoio para famílias que enfrentam problemas de saúde.

Infelizmente, em Juazeiro (BA), além de enfrentar doenças, a população enfrenta a falta de transporte para levar os pacientes até Salvador (BA), onde é feito o tratamento. Esta grave denúncia foi feita ao Blog Waldiney Passos por uma usuária do serviço, que passou a manhã desta segunda-feira (6) na Secretaria de Saúde (SESAU) de Juazeiro, para a retirada das passagens, quando foi informada sobre a falta de ônibus.

LEIA MAIS

Morador cobra melhoria no acesso a residenciais de Juazeiro

Chuvas da semana passada agravaram situação (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O Blog já mostrou algumas vezes a situação da Rua São Francisco, no bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA). A via serve como acesso aos Residenciais Juazeiro I, II e III, mas é cheia de buracos. Com as chuvas da semana passada os problemas se agravaram e um leitor pede ajuda.

Ele enviou as imagens mostradas na matéria e cobra uma solução. “Essa é a situação em que se encontra o bairro Itaberaba e os residenciais pós-chuvas. Continua na mesma situação, ninguém apareceu“, afirmou à nossa Produção.

Nossa equipe entrou em contato com a Prefeitura de Juazeiro, pedindo uma resposta acerca da demanda da matéria. Todavia, até o momento ninguém se pronunciou.

Petrolina: de olho na matrícula pais dormem em filas, mas Prefeitura afirma que situação não é necessária

Pais e mães encaram filas no João de Deus (Foto: Carlos Enfermeiro/Cortesia)

O período de matrículas na rede municipal de ensino de Petrolina foi aberto nessa segunda-feira (6), mas no João de Deus os pais fazem filas desde a última sexta-feira (3). De acordo com o presidente da Associação de Moradores, Carlos Enfermeiro, o motivo são as poucas vagas nas unidades do bairro.

“O João de Deus não é só o João de Deus, tem o Nova Vida I, o Nova Vida II e as ocupações. Os pais estão aqui desde sexta-feira, pais e mães com crianças. As vagas são poucas”, afirmou ao Blog Waldiney Passos. Os problemas mostrados foram observados no CMEI João Paulo I, na Rua 13 e na Nova Semente da Rua 45.

Outro lado

Procurada pelo Blog a Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Educação, enviou uma nota lembrando que são ofertadas mais de 2.600 vagas em toda rede e que as matrículas vão até sexta-feira (10). Confira a resposta do município:

LEIA MAIS

Vazamento de água preocupa moradores do Residencial Brasil em Petrolina

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Desde ontem (3), um vazamento de água tem preocupado os moradores do Residencial Brasil, em Petrolina (PE). A população local denuncia o desperdício de água que acomete a Rua D, Quadra 3.

“Enquanto muitos bairros de nossa querida Petrolina sofrem por falta de água, tem o desperdício em outros”, diz um morador. Além do desperdício, os moradores estão preocupados com os danos que podem ser provocados pelo vazamento.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), para saber quais providências serão tomadas e quando o problema será resolvido. Até o momento não obtivemos respostas da Compesa.

Manoel da Acosap denuncia suposta invasão na divisa entre Petrolina e Afrânio; citados afirmam que fala é “leviana”

Vereador fez denúncia grave nessa segunda-feira (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Manoel da Acosap (PTB) participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos de segunda-feira (30), na Rádio Jornal Petrolina e fez uma denúncia grave sobre o interior da cidade. Segundo o edil, membros do Poderes Legislativo e Executivo de Afrânio estão cometendo irregularidades na demarcação de terra.

“Imagine se o Brasil agora fosse invadir o território da Venezuela, ou se a gente fosse invadir as terras de Lagoa Grande. Imagine se um vereador de Petrolina fosse em Volta Grande, que é Afrânio e dizer que é Petrolina. Isso está acontecendo em Satisfeito II, dizendo que pertence a Afrânio“, afirmou.

Satisfeito II no olho do furacão

Manoel visitou o interior e conversou com a população. Ele coletou áudios para juntar em um documento a ser encaminhado à Justiça. “Eles estão tirando de ponta a ponta, tenho áudio do Satisfeito II. É o vereador Vavá e o vice-prefeito. Estou colhendo todas as provas para acionar a Justiça. Isso não pode acontecer, invadindo a terra dos outros”, disse.

De acordo com Manoel da Acosap, essa prática irregular é baseada em uma promessa política, contudo é ilegal. “Espero que o vereador venha se explicar na imprensa, o que escutei a coisa é grave“, concluiu. Confira a seguir a resposta dos citados.

LEIA MAIS

Sem energia há um mês, moradores do Salitre cobram providências da Coelba

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Você já imaginou passar um mês sem energia, sofrendo com o calor e muriçocas? Essa é a atual situação dos moradores do Projeto Salitre, zona rural de Juazeiro (BA). Desde o dia 26 de novembro, quando a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) retirou transformadores de alguns postes da localidade, a população está vivendo às escuras.

De acordo com uma moradora do Salitre, antigamente o uso da energia era irregular, mas há três anos os moradores instalaram os padrões de energia para regularizar a situação. Ao solicitar a instalação da rede elétrica, a população foi informada pela Coelba que era necessária uma fiação secundária, que deveria ser custeada pela Codevasf, já que a Companhia teria um débito com a Coelba.

Até hoje a situação não foi regularizada, contudo, a situação se agravou ainda mais no dia 26 do mês passado, quando a Coelba fez a retirada dos transformadores, após a ação de despejo de famílias do Acampamento Abril Vermelho do Movimento Sem Terra (MST).

LEIA MAIS

Animais de grande porte tiram sossego de moradores do Park Jatobá; população cobra providências

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Animais soltos em bairros de Petrolina não é novidade. Quase toda semana o Blog Waldiney Passos recebe denúncias de moradores de diversos bairros da cidade, que sofrem com os transtornos provocados pelos animais.

A vez é da população do bairro Park Jatobá, que nãos sabe mais o que fazer para resolver o problema. Segundo um morador, encontrar animais soltos perambulando pelas ruas da localidade é comum.

“Até quando nós moradores do bairro Park Jatobá temos que conviver com esta situação, estes animais vivem em nossas lixeiras rasgando lixo, atravessando as ruas em tempo de causar acidentes, vivem destruindo o único espaço de laser q temos no bairro. Além de cavalos ainda temos que aturar um lote de aproximadamente 50 caprinos e ovinos que são soltos diariamente para pastar nas ruas do bairro”, desabafou o denunciante.

LEIA MAIS
123