Serra Talhada: Workshop sobre mudanças do processo eleitoral está com inscrições abertas 

(Foto: Ilustração)

A segunda edição do Workshop Eleições Municipais, que acontecerá no próximo dia 31 de janeiro, em Serra Talhada(PE), no Auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas, está com inscrições abertas. Na ocasião, serão debatidos temas como: Registro de Candidatura, Propaganda Eleitoral, Condutas Vedadas, Crimes Eleitorais, Marketing Político e Redes Sociais.

Participarão do evento profissionais renomados do ramo jurídico, militantes em Direito Eleitoral com participação em diversas eleições municipais e gerais nos últimos 12 anos. Estão confirmadas as palestras dos advogados Antonio Ribeiro Júnior, Yuri Herculano, Giorgio Gonzalez e Allan Pereira Sá.

Pilão Arcado: Justiça defere candidatura de Mundoca

Mundoca teve candidatura deferida

A poucos dias da eleição complementar que definirá o novo prefeito de Pilão Arcado (BA), a Justiça Eleitoral do Estado deferiu a candidatura de Mundoca (PSDB), membro da coligação “Pilão Quer Mudança”. A decisão favorável veio no domingo (19), mas publicada hoje (20).

LEIA TAMBÉM

Candidato da oposição em Pilão Arcado lamenta violência em campanha eleitoral

Eleições suplementares: campanha em Pilão Arcado começa com violência e disparos de arma de fogo

Na decisão, o juiz da 195ª Zona Eleitoral, Vanderley Andrade de Lacerda destaca que apesar da tentativa da outra chapa tentar invalidar a candidatura de Mundoca, ele “juntou aos autos a documentação necessária para demonstrar a sua filiação partidária junto ao PSDB, bem como as certidões exigidas”.

Mundoca celebrou a notícia e lembrou que “a falta de respeito com a população de Pilão de quem está no poder e quer continuar no poder a todo custo é vergonhosa”. O pleito do próximo mês chegou a virar caso de polícia, conforme o Blog mostrou anteriormente.

“Busco gente leal”, afirma Miguel Coelho a aliados

Miguel Coelho deixou recado a aliados (Foto: Alexandre Justino/Ascom)

O prefeito Miguel Coelho (MDB) deixou um recado aos aliados e a quem tem interesse em caminhar ao seu lado na eleição de 2020. No ato de filiação dos novos integrantes do Partido Progressista, realizado no sábado (18), o gestor de Petrolina afirmou que quer pessoas fiéis e que acreditem no seu trabalho.

LEIA TAMBÉM

PP tem novos filiados e ratifica apoio a Miguel Coelho em 2020

“O que o PP está fazendo não é apenas um ato de filiação ou uma reunião de pré-candidatos a vereadores. Saberei reconhecer e ser justo a quem declarar apoio a nossa reeleição. Candidatura essa que nem nós assumimos ainda que entendemos que não é o momento de antecipar esse debate. Mas só de receber esse apoio, receber a confiança de poder olhar nos olhos de vocês isso nos encoraja a enfrentar mais uma eleição“, destacou o prefeito.

PP tem novos filiados e ratifica apoio a Miguel Coelho em 2020

Miguel celebra apoio para 2020 (Foto: Alexandre Justino/Ascom)

O prefeito Miguel Coelho (MDB) já respira eleições em 2020. Na noite de sábado (18) ele acompanhou a filiação dos novos militantes do Partido Progressista (PP) e celebrou a aliança com a sigla, a primeira a anunciar publicamente que estará ao seu lado em outubro.

Um dos principais nomes do PP em Pernambuco e natural de Floresta, o deputado estadual Fabrizio Ferraz marcou presença em Petrolina. Cícero Freire, vereador de Petrolina e membro do partido também esteve na filiação, acompanhado do líder do Governo na Câmara, Aero Cruz (PSB).

É o primeiro partido a publicamente assumir compromisso com uma futura candidatura que ainda nem estamos tratando. Isso nos encoraja muito a seguir defendendo o que esse partido tem inclusive no nome, o progresso. Com a força política, o compromisso de melhorar nosso Sertão, vamos com as lideranças do PP remar juntos para continuar fazendo Petrolina avançar“, destacou Miguel.

Eleições 2020: Lucas Ramos quer oposição unida no segundo turno em Petrolina

Deputado estadual Lucas Ramos (PSB)

Em entrevista à Rádio Folha (96,7), nesta sexta-feira (17), o deputado estadual Lucas Ramos, pré-candidato do PSB na disputa pela Prefeitura de Petrolina (PE), sinalizou que o campo de oposição ao prefeito Miguel Coelho (MDB) terá várias candidaturas. No entanto, na avaliação do parlamentar, para uma possível disputa em segundo turno, a oposição deve estar unida.

A oposição está representada em vários partidos da Frente Popular em Pernambuco. A gente poder discutir múltiplas candidaturas. O PSB decidiu por essa candidatura também. No final do ano passado o governador Paulo Câmara concedeu uma entrevista a uma radio de Petrolina confirmando a candidatura. Isso nos deu força”, revelou.

PT de Pernambuco defende aliança com PSB, mas Marília Arraes busca viabilizar nome para 2020

Deputada federal vai respeitar decisão da Executiva Nacional (Foto: Internet)

Mesmo com a Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) ter recomendado a manutenção da aliança com o PSB, a deputada federal Marília Arraes voltou a defender seu nome em uma possível candidatura à Prefeitura do Recife, em outubro desse ano.

No pleito de 2018, quando buscava vaga a governadora de Pernambuco, ela foi preterida pelo PT, que apoiou o atual Paulo Câmara (PSB). Novamente os petistas se dividem, pois há quem apoie o rompimento da aliança com os socialistas, enquanto outros optam pela manutenção do poder.

Apesar de ter seus anseios políticos, Marília respeitará a decisão da Executiva Nacional, como fez em 2018. “É quase que unânime a ideia de ter candidatura própria no Recife e em outras capitais. A importância do Recife é muito grande e vai ser tratada com muito cuidado”, afirmou ao Blog do Jamildo.

Herdeira de Arraes, ela não desistirá da ideia. Mas caso o PT confirme aliança com o PSB, o provável nome a ser lançado para a eleição da capital é seu primo, João Campos (PSB), filho de Eduardo Campos e também deputado federal.

Candidato da oposição em Pilão Arcado lamenta violência em campanha eleitoral

Mundoca prega Paz e propõe debate público em Pilão Arcado.

Pilão Arcado (BA) tem vivido dias sombrios durante a campanha eleitoral. O grupo de oposição que deve participar das novas eleições, convocadas para o dia 02 de fevereiro deste ano, foi alvo, recentemente, de disparos de arma de fogo durante gravação de programa eleitoral.

Inconformado com a ação criminosa, o candidato a prefeito pela Coligação “Pilão Quer Mudança”, Raimundo Nonato Dias dos Santos, conhecido como Mundoca, lamentou o atentado contra seu grupo. O candidato convocou o candidato adversário a realizar um debate para falar sobre as necessidades do município.

“Eles querem se manter no Poder a todo custo e a fórmula é aterrorizar. Porque ao invés de atirar, Orgeto não se dispõe a fazer um debate público? Na praça, onde ele quiser. Vamos falar sobre Pilão. Sobre a necessidade de fazer desta cidade um lugar onde nos orgulhamos de ter nascido. Pilão não merece que a campanha seja apenas mais um assunto policial”, disse Mundoca.

De olho em 2020, Gonzaga Patriota visita pré-candidatos a prefeito em Pernambuco

Gonzaga Patriota esteve no município de Flores, onde se encontrou com o prefeito Marconi Santana. (Foto: Ascom)

Para demarcar terreno para as eleições municipais deste ano, o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) tem realizado movimentações, no intuito de formar uma frente com pretendentes ao cargo de prefeito no estado de Pernambuco.

Na última quinta-feira (9), o parlamentar reservou sua agenda para visitas aos municípios de Santa Cruz, Triunfo, Flores e Custódia para discutir os novos projetos das eleições municipais.

Em Santa Cruz, Patriota se reuniu com motoristas de transporte alternativo para discutir a situação da categoria e destacar que esse ano continuará lutando pela aprovação do seu Projeto de Lei (PL nº 4190, de 2019), que propõe rever as multas imputadas ao transporte alternativo, impostas pela Lei 13.855. o deputado aproveitou a ocasião para anunciar o seu apoio à pré-candidatura de Bil de Miguel à Prefeitura de Santa Cruz.

Jarbas mantém apoio a Câmara, mas optaria por votar em Henry na eleição da capital

Jarbas mantém apoio ao PSB (Foto: Hélia Scheppa/Divulgação)

Muita coisa ainda pode acontecer até outubro nos bastidores da política e em Pernambuco o senador Jarbas Vasconcelos (MDB) já sinalizou que se manterá aliado ao governador Paulo Câmara (PSB), mas caso seu companheiro de partido Raul Henry seja lançado a algum posto, votará nele.

Ou seja, um nome indicado por Câmara à Prefeitura seria preterido. Contudo, em entrevista à Rádio Jornal Recife nessa quinta-feira (9), Jarbas destacou que Henry, hoje deputado federal e ex-vice de Câmara não sinalizou se disputará o pleito na capital pernambucana. “Raul não me disse hora nenhuma que era ou não candidato”, disse o senador.

O posicionamento de Jarbas é diferente da outra liderança partidária do MDB, o também senador Fernando Bezerra Coelho que é opositor a Câmara. Mas Jarbas lembrou que a sigla “faz parte hoje da Frente Popular inclusive dando contribuição para a gestão do governador Paulo Câmara, é um apoio político e administrativo”.

Afrânio: de olho na reeleição, Rafael Cavalcanti ganha apoio de lideranças da zona rural

Rafael Cavalcanti ganha apoio de lideranças do interior (Foto: Divulgação)

De olho na eleição de outubro, o prefeito de Afrânio, Rafael Cavalcanti (MDB) já está se articulando com lideranças do interior para ter apoio na votação municipal. Pedo de Barra das Melancias e Baltazar, de Extrema ingressaram no grupo político do gestor e fortalecem os laços da zona rural com Rafael.

Pedro é suplente de vereador e teve uma boa votação no pleito de 2016. Já o empresário Baltazar, que já foi da Oposição, mostra que o grupo político de Rafael está firme na busca pela reeleição.

“A chegada desses dois grandes nomes ao nosso grupo, demonstram que estamos no caminho certo, melhorando a cada dia a nossa cidade, que é o principal objetivo que temos em comum. Afrânio precisa andar pra frente e progredir cada vez mais”, disse o prefeito.

Juazeiro precisa de novo modelo de gestão, avalia coronel Anselmo Bispo

Para ele não existe gestão 100% ruim (Foto: Blog Waldiney Passos)

O coronel Anselmo Bispo, comandante do Comando do Policiamento da Região Norte (CPRN) em Juazeiro (BA) tem seu nome vinculado às eleições municipais desse ano, mas como o Blog mostrou ontem, ele ainda não bateu o martelo acerca de disputar ou não o pleito de outubro.

LEIA TAMBÉM:

Coronel Anselmo confirma sondagens de partidos, mas evita cravar pré-candidatura em Juazeiro

Enquanto não oficializa seu nome na corrida eleitoral, Bispo fez uma avaliação da gestão de Paulo Bomfim (PCdoB) que vem sendo criticada pelos juazeirenses. Na visão do coronel, o trabalho de Bomfim não é 100%, contudo, Juazeiro precisa seguir uma nova direção.

“O Brasil vem num processo de mudança, de uma madeira geral. A gente viu muitos eleitos que não têm uma carreira política. Acho que Juazeiro precisa mudar o foco. Ninguém faz [trabalho] 100% ruim, mas eu acho que Juazeiro tem muita carência ainda e uma nova forma de gestão pode mudar“, disse.

Coronel Anselmo confirma sondagens de partidos, mas evita cravar pré-candidatura em Juazeiro

Coronel confirmou sondagens, mas evitou falar sobre futuro (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Coronel Anselmo Bispo, titular do Comando de Policiamento Regional Norte (CPRN) não descarta disputar as eleições municipais de Juazeiro (BA) em 2020. Ele se disse pronto para enfrentar desafios, mas prega cautela já que tem suas obrigações com a farda.

Entrevistado no programa Super Manhã com Waldiney Passos, nessa quarta-feira (8), na Rádio Jornal Petrolina, o coronel confirmou estar se articulando nos bastidores da política. “Tenho uma profissão, tenho um cargo e no momento que eu deixar esse cargo vou anunciar a minha posição. Eu acho que todo cidadão de Juazeiro que tem a história de vida que a gente tem, tem o direito. É justo, pode e deve sonhar em ter essa pretensão de governar a terra por uma possibilidade de retribuir a sua terra”, afirmou.

O comandante também disse que já recebeu sondagens de alguns partidos políticos, mas por enquanto não bateu o martelo. “Tenho recebido sondagens de partidos, tenho conversado com muitas pessoas. Não só com os partidos, mas com lideranças comunitárias para encabeçar um projeto“, pontuou.

Eleitor deve emitir título até 6 de maio, chefe do cartório de Petrolina faz alerta para evitar correria de última hora

Atendimento deve ser feito por agendamento (Foto: Taísa Alencar/G1 Petrolina)

Em outubro de 2020 os municípios do país realizarão pleitos para eleger prefeitos e vereadores. A Justiça Eleitoral já determinou que os títulos de eleitor serão emitidos até 6 de maio. Quem perder o prazo não poderá votar e receberá punições por isso.

LEIA TAMBÉM:

Divulgado calendário das Eleições 2020; confira o cronograma

Com mais de 200 mil eleitores, segundo turno em Petrolina deve provocar mudanças no número de seções

O chefe do cartório eleitoral de Petrolina, Marivaldo Mendes participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos dessa quarta-feira (8) e alertou aos eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico em 2016. “O município já passou pela revisão biométrica promovida pelo TSE, mas aqueles que não fizeram ainda naquela época nós estamos regularizando ainda. Basta trazer os documentos. Quem não fez a revisão biométrica à época, fica com a inscrição eleitoral cancelada”, destacou.

Divulgado calendário das Eleições 2020; confira o cronograma

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O calendário eleitoral das eleições municipais 2020, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores dos 5.568 municípios brasileiros, já foi divulgado. Eleitores, partidos e candidatos devem ficar atentos aos prazos estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os quais alguns já estão em vigor desde o dia 1º de janeiro.

Um deles é a obrigatoriedade de registro de todas as pesquisas de opinião. O registro deve ocorrer até cinco dias antes da divulgação.  Já a pré-campanha, na prática, começa no início do ano e vai até o dia 15 de agosto, último dia para registro de candidatura.

Uma das datas mais esperadas pelos candidatos, a janela partidária começa no dia 5 de março e vai até 3 de abril. Trata-se do período em que uma pessoa com mandato pode mudar de partido sem o risco de perdê-lo. Deputados estaduais e federais, portanto, não podem mudar de partido para concorrer a vereador ou prefeito.

Cientista político prevê eleição em Petrolina polarizada por temas nacionais

2020 é ano de eleições municipais e o cenário político de Petrolina foi destaque na imprensa da capital. Para o Jornal do Commércio, o debate entre os candidatos locais passará pelos temas nacionais. Isso porque o prefeito Miguel Coelho (MDB) tem na manga a força política que já trouxe inúmeros ministros a cidade.

Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional), Tereza Cristina (Agricultura) e o Abraham Weintraub (Educação), além do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estiveram em Petrolina no primeiro ano do mandato federal. “Petrolina é uma cidade muito politizada. Os petrolinenses sempre sabem que qualquer prefeito ou governador, para ter sucesso, precisa ter alinhamento com o governo federal, independentemente da ideologia política ou partidária. O dinheiro está em Brasília”, disse o prefeito ao JC.

Soma-se a isso o fato de uma das possíveis candidaturas ser de Odacy Amorim (PT), o que deve polarizar bolsonaristas e petistas. Segundo o cientista político Elton Gomes, a divisão política será um gás a mais no pleito municipal.

Isso dá uma tônica do ponto de vista da tendência de não mais uma polarização, mas uma hiperpolarização, onde o debate público se enfraquece. Temas muito locais tendem a se sobressair no Brasil profundo, uma das principais questões é a continuidade ou não da administração daquele grupo político”, explica o cientista. Ainda figuram como nomes para as eleições o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) e Julio Lóssio (PSD).

123