Leitora critica abusos nas distribuição de santinhos: “Só poluem o meio ambiente”

TSE já chegou a fazer campanha sobre tema

O ano eleitoral, para muitos é uma época “de provação”. Carro de som, carreatas, barulho e muita sujeira. Nos inúmeros atos políticos que Juazeiro (BA) está vivenciando, os moradores que desejam tranquilidade são obrigados a conviver com a bagunça deixada após os eventos públicos.

Uma leitora do Blog entrou em contato via WhatsApp, para relatar uma situação incômoda no bairro Alto do Cruzeiro. Na noite de ontem (22), quando não havia ninguém na residência, alguém jogou santinhos (ou praguinhas) para dentro do seu imóvel.

“Esses santinhos e adesivos só poluem o meio ambiente“, disse à nossa equipe. A legislação eleitoral permite a distribuição dos santinhos. Contudo, condena a poluição. Em 2016, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) chegou a promover uma campanha alertando sobre a prática. A população pode denunciar a prática através do aplicativo Pardal.

Leitora chama atenção do SOS Abelhas sobre enxame no bairro Gercino Coelho

Uma moradora da Rua Antônio Raposo Tavares, no bairro Gercino Coelho, entrou em contato com o Blog para pedir ajuda. Ela flagrou um enxame de abelhas bem no portão da residência de número 894. No vídeo abaixo, a leitora explica que acionou o SOS Abelhas.

Contudo, até o momento nenhuma equipe foi ao local. Nossa equipe entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina. A assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde informou que repassou a demanda ao SOS Abelhas. Desde setembro o grupo está com várias solicitações, mas irão até o bairro para analisar o enxame e fazer sua remoção.

Tutora denuncia agressões a gatos em Petrolina

(Foto: Ilustração)

Mesmo com penas mais duras a quem pratica violência contra animais, os casos de agressão aos pets seguem em Petrolina. Uma leitora do Blog nos procurou para relatar um ato praticado contra seu gato, na Rua 24 do bairro Pedro Raimundo.

Na noite do sábado, o gatinho que aparece na foto acima foi covardemente agredido. Pastel, como é carinhosamente chamado tem apenas oito meses e fraturou a mandíbula depois de algum morador da vizinha bater nele. “Tem algum mau elemento que fica agredindo os gatos. Pastel é um gatinho muito dócil e gosta de ficar na calçada de casa. Hoje ele está bem melhor”, conta a tutora do felino.

A agressão praticada contra Pastel aconteceu na noite do sábado (10). Antes disso, a moradora já havia registrado um Boletim de Ocorrência (BO) relatando os atos violentos praticados contra outros felinos. Mas até o momento esse criminoso não foi identificado.

Enquanto cuida de Pastel, para que o gatinho consiga se recuperar, a tutora segue em busca do agressor. “Dessa vez eu não vou deixar pra lá. Estou procurando fazer de tudo pra defender meus bichinhos”, afirmou.

Pedra Linda segue sem água, afirmam moradores

Leitora reclama da Compesa

Ainda está faltando água no bairro Pedra Linda, em Petrolina. No domingo (11) o Blog mostrou a queixa de moradores e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que a situação seria normalizada ao final do dia.

Hoje, 12/10, não caiu uma gota d’água nas torneiras. “A água chegou ontem umas 19 da noite, bem fraca. E hoje já faltou novamente. Não normalizou nada”, conta um leitor do Blog.

LEIA TAMBÉM

Sem água desde sexta-feira, moradores da zona norte cobram resposta da Compesa

Ainda de acordo com outra leitora, a água que chegou ontem foi fraca e não teve força de encher a caixa d’água. “De sexta pra sábado chegou, mas foi muito rápido. A água não chega com força para subir à caixa. Estamos sem uma gota de água. Não é possível“, desabafou outra moradora, que reside na Rua do Cogumelo.

O Blog questionou a Compesa sobre uma previsão para normalizar o abastecimento no bairro citado. Até a conclusão da matéria não obtivemos uma resposta. O espaço segue aberto aos esclarecimentos.

Família de São Paulo busca informações sobre moradora de rua que vive em Petrolina

Família está sem contato com Rosângela desde março

Uma família de São Paulo está angustiada. Desde março eles não têm contato com uma mulher, que até então estava vivendo como moradora de rua aqui em Petrolina. Em meio a boatos e falta de informações concretas, os parentes de Rosângela Bringel da Silva, de 48 anos seguem a sua procura.

Ela é natural de São Bernardo do Campo (SP), tem 1,70 de altura e está na região desde 2012. “Minha irmã é moradora de rua em Petrolina. Nós temos parentes em Cedro e desde março a gente não consegue contato com ela. Há um boato na região de que teve uma briga com outro morador de rua e ele esfaqueou ela. Já procurei nas delegacias, hospitais e nenhuma solução“, explicou Fátima, irmã de Rosângela.

Boato sobre morte e falta de informação

Em meio ao boato de sua possível morte, os parentes não conseguiram nenhuma confirmação juntamente às autoridades. De acordo com a família, Rosângela vive na região desde 2012 e sempre mantinha contato por telefone a cada 15 ou 20 dias.

Ajuda

No tempo em que reside em Petrolina, ela teve algumas passagens pela Casa de Passagem Bom Samaritano.  O último contato que a equipe do Bom Samaritano teve com Rosângela foi no início da pandemia da covid-19. Quem souber alguma informação sobre a atual localização de Rosângela Bringel pode entrar em contato com os familiares através do seguinte número: (11) 98363-6983.

Esgoto invade residência em Petrolina e morador fica na bronca com a Compesa

Vazamento foi registrado na tarde de ontem, 04/10

Um morador da Rua Pilão Arcado, no bairro Jardim Maravilha, em Petrolina procurou o Blog para desabafar sobre um problema que começou na tarde de domingo (4). O esgoto entupiu e está voltando para sua residência.

Ele afirmou que tentou por diversas vezes contato com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), mas apenas hoje (5) foi possível registrar a reclamação. “É um absurdo o esgoto retornando da calçada pra dentro de casa“, afirmou.

Em nota, a Compesa disse estar ciente dessa demanda mostrada acima. “Uma equipe já foi encaminhada ao local para a verificação e tomar as providências relacionadas ao caso”, informou a Companhia.

Petrolina: leitor encontra documentos perdidos no bairro Maria Auxiliadora

(Foto: Ilustração)

Um leitor do Blog Waldiney Passos encontrou alguns documentos perdidos em Petrolina durante o final de semana. Ele relata que achou um passaporte, título de eleitor e carteira de reservista na sexta-feira (2) às noite, próximo ao bar Mofadão, no bairro Auxiliadora.

Os documentos estão no nome de Jorge Ícaro Andrade Tavares. O leitor ainda não conseguiu localizar o dono dos documentos e está pedindo ajuda, para devolvê-los ao proprietário. Basta entrar em contato através do seguinte número: (87) 98846-2485.

Petrolina: bar aglomera pessoas sem máscaras e incomoda vizinhos com som alto

Bar aglomera pessoas e incomoda vizinhos com som alto (Foto: Reprodução)

O Blog recebeu uma denúncia de moradores do bairro Vila Eulália, em Petrolina. Eles alegam que, na Rua 10 há um bar montado em uma residência. Além da perturbação do sossego, por conta dos clientes que ouvem música alta, os vizinhos estão preocupados com a aglomeração de pessoas sem máscara.

Ainda de acordo com a população, o bar também fornece marmitas no meio do fluxo intenso de clientes. “Há muita movimentação e aglomeração de pessoas que não usam máscaras. O que mais incomoda é a poluição sonora, o alto som e a algazarra das pessoas. O som é muito alto”, relatou um morador. Para completar a situação, os vizinhos não sabem se o bar tem licença municipal para funcionar.

Prefeitura intensificará fiscalização no bairro

Diante dos fato narrados, o Blog entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina. A assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde informou ter repassado a solicitação à equipe de Vigilância Sanitária, “que deve enviar fiscais ao local para verificar a situação do ambiente”.

No que diz respeito ao som alto, a Guarda Civil Municipal “informa que as fiscalizações estão sendo realizadas diariamente para garantir o cumprimento do decreto do Governo do Estado, que estabelece medidas de prevenção para convivência com a Covid-19”.

A GCM disse ainda que reforçará as rondas no bairro Vila Eulália. E também pediu a colaboração dos moradores, para que formalizem as denúncias na Polícia Militar (190), Secretaria Executiva de Segurança Pública (153) e (87) 98106-7310 (WhatsApp).

Leitora pede ajuda para arcar com cirurgia de gata resgatada em Juazeiro

Enquanto há quem despreze os animais, aqui na região há muitas pessoas dispostas a ajudar os gatos e cães abandonados. Uma prova disso é a leitora do Blog, Tâmara Regina. No final de semana ela ajudou uma gata em Juazeiro (BA). Agora precisa de colaboração da comunidade.

Doações podem ser feitas nas seguintes contas

Tâmara resgatou o animal e buscou ajuda de um veterinário. O profissional aceitou realizar dois procedimentos médicos sem o pagamento antecipado.

A boa notícia é que, graças a ação desse profissional, a gatinha já teve alta e está se recuperando sob os cuidados de Tâmara. Agora a preocupação é arcar com as despesas na clínica.

“Essa gatinha foi atropelada e passou por duas cirurgias delicadas no abdômen e para reconstruir a bacia. Estamos lutando para conseguir ajuda“, conta ao Blog.

As duas operações totalizaram um débito no valor de R$ 1.830,00. Quem puder contribuir com qualquer quantia pode entrar em contato com Tâmara através do seguinte número (74) 98821-2721.

Leitor reclama de lixão no Centro de Petrolina, mas Prefeitura esclarece situação

A foto dessa matéria foi tirada no terreno localizado entre o Cemitério Campo das Flores e a Praça dos Carros, numa área central de Petrolina. Segundo o leitor, diariamente os moradores observam lixo, resto de obras e podas jogados E isso não é de agora.

“É um lixão a céu aberto no Centro de Petrolina. Todo dia isso está assim”, contou. Nossa equipe entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina. Em nota, a Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra) explicou que a área em questão é um dos cinco pontos de descarte autorizado pela gestão municipal.

“No local, podem ser despejados restos de poda e de pequenas obras – o equivalente a um carrinho de mão. O ponto de descarte é limpo pela prefeitura a cada 15 dias ou conforme a necessidade”, destaca a Seinfra.

Leitor pede ajuda para encontrar caminhonete roubada em Petrolina

(Foto: Ilustrativa)

Um morador do bairro Cosme e Damião, em Petrolina foi roubado durante a madrugada dessa segunda-feira (28). Ele é dono de uma caminhonete F4000 modelo 1988/1989, com placa KFD-2541 de Ouricuri (PE).

O veículo que é cinza e tem listras vermelhas – como o da foto ilustrativa – além de um climatizador e grade alta de madeira. A caminhonete foi levada da Rua Cezário Paiva Neto (antiga Rua 22).

O proprietário já registrou um Boletim de Ocorrência, mas também está pedindo apoio da população para recuperar seu veículo. Quem tiver informações pode entrar em contato pelos números (87) 98835-3607 ou (87) 98138-3607.

Há três dias sem água, moradores de Juazeiro cobram resposta do SAAE

(Foto: Ilustração)

A vida dos moradores do bairro Piranga, em Juazeiro (BA) não está sendo fácil. Desde a última sexta-feira (25) está faltando água no Condomínio Jardim Vitória. Hoje (28), um leitor que procurou o Blog relatou que ao longo do final de semana foram feitas várias tentativas de contato com o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE).

Porém, sem sucesso. “Os telefones do SAAE disponibilizados, ninguém atende. Há três dias estamos sem água no Condomínio e não existem formas de contatar o SAAE. Moro aqui há dois anos e nunca aconteceu isso“, contou o leitor.

Nossa equipe procurou a Prefeitura de Juazeiro, para saber o que houve na comunidade mencionada. Contudo, até o momento não obtivemos resposta. O Blog segue aberto aos esclarecimentos da gestão.

Leitor flagra seringas descartadas em terreno; Prefeitura de Petrolina orienta pacientes

Material foi descartado sem o devido cuidado

Um leitor do Blog procurou nossa equipe através do WhatsApp. Ele relata que na Rua Vitória Régia, no bairro Jardim São Paulo há material hospitalar descartado em um terreno. A situação foi flagrada no fundo do prédio de uma empresa de telefonia. Conforme a imagem mostra, dentro da garrafa há várias seringas.

Procurada pelo Blog, a Secretaria de Saúde do município informou que as seringas em questão são de insulina. Há um procedimento utilizado na rede pública: os pacientes assistidos pela pasta são orientados a entregar esse tipo de material nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). De lá, a empresa responsável pela coleta desse tipo de material faz o descarte correto das seringas.

Por fim, é importante frisar que além do descumprimento das orientações repassadas pela Secretaria de Saúde, o usuário em questão também agiu de forma pouco cidadã. Afinal, está sujando a comunidade em que vive.

Leitor faz alerta sobre entulho depositado no Dom Avelar

Moradores estão usando terreno como depósito de lixo

Inconformado com a situação na Rua da Oração, no bairro Dom Avelar, um leitor do Blog enviou a foto acima para nossa Redação. Ela foi tirada na terça-feira (22) e mostra a falta de educação de alguns moradores: o espaço público está servindo como depósito de lixo.

Além do lixo, restos de obras estão sendo depositados na rua. Isso facilita a proliferação de mosquitos e bichos. “Sou morador do bairro Dom Avelar. Estamos muito preocupados com está situação. Essa área é do município e se encontra cheio de entulho e lixo”, contou à nossa equipe.

A Prefeitura de Petrolina afirmou que incluiu a Rua da Oração no cronograma de limpeza após o Blog apresentar a demanda. “A Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra) atende mais de 80 bairros de Petrolina, de acordo com a necessidade, e por isso, reitera a necessidade de colaboração da população para que não joguem lixo em lugares indevidos, já que, toda cidade é contemplada com a coleta de lixo”, orienta.

Quem tiver alguma demanda deve acionar a Prefeitura pela Guarda Civil Municipal, através do número 153 e relatar o delito.

Leitora relata problemas no transporte coletivo; AMMPLA esclarece situação

Segundo AMMPLA, situação já foi normalizada (Foto: Ascom PMP)

Uma leitora do Blog entrou em contato para relatar um problema que está acontecendo desde o início da pandemia: a redução na frota do transporte coletivo. Ela trabalha no River Shopping e seu turno termina tarde da noite. Acostumada a pegar o último ônibus da noite, agora a leitora é obrigada a pagar um mototaxi para chegar em casa.

“Tudo voltou ao normal, menos os ônibus. É chato receber salário só pra pagar mototaxi“, destaca. Ela conta que a última linha que serviria a ela passa no ponto de 22h. Contudo, seu expediente se encerra às 23h. “Tem vários funcionários aqui passando por isso“, continua. Ontem, 22 de setembro, a leitora relatou que voltou para casa novamente pagando um mototaxista, pois o ônibus não estava aparecendo no aplicativo da empresa.

AMMPLA responde

Procurada pela nossa equipe, a Prefeitura de Petrolina emitiu uma nota. “Acerca da frota de ônibus que circula atualmente em Petrolina, a Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) informa que o município aprovou um subsídio para garantir a quantidade de veículos, mesmo diante deste momento de turbulência da pandemia, que reduziu bastante a demanda”, destaca.

Com essa novidade, a concessionária manterá o preço da passagem atual e ainda retoma a frota normal em 100%. Na verdade a frota já foi retomada totalmente desde essa segunda-feira (21)”, conclui.

123