Brasil tem 621 casos confirmados de Covid-19 e seis mortes

(Foto: Reuters / Kai Pfaffenbach / Direitos Reservados)

As mortes em razão do novo coronavírus subiram para seis, conforme última atualização divulgada hoje (19) pelo Ministério da Saúde. Já os casos confirmados saíram de 428 para 621 entre ontem e hoje.

São Paulo segue como foco da disseminação do vírus, com 286 casos. Em seguida vêm Rio de Janeiro (65), Brasília (42), Bahia (30), Minas Gerais (29) e Rio Grande do Sul e Pernambuco (28). Além desses estados, foram registrados casos no Paraná (23), Santa Catarina e Ceará (20), Goiás (12), Espírito Santo (11), Mato Grosso do Sul (sete), Sergipe (seis), Alagoas (quatro), Acre e Amazonas (três) e Pará, Tocantins, Rio Grande do Norte e Paraíba (um).

A partir de hoje, o Ministério da Saúde deixará de trabalhar com casos suspeitos, passando a divulgar apenas as situações confirmadas e as mortes decorrentes da doença resultante da infecção pelo vírus.

LEIA MAIS

Projetos de irrigação da Codevasf produziram mais de 3,7 milhões de toneladas de itens agrícolas em 2019

(Foto: Ilustração)

Mais de R$ 3 bilhões em valor bruto de produção (VBP) – isto é, a estimativa do valor total obtido pelos agricultores com a venda da produção agrícola – e cerca de 249 mil empregos diretos e indiretos. Esse foi o saldo alcançado, em 2019, pelos projetos públicos de irrigação implantados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) na bacia do rio São Francisco. Aproximadamente 3,7 milhões de toneladas de itens agrícolas, sobretudo frutas, foram produzidos nesses projetos. Os dados foram divulgados pela Área de Gestão de Empreendimentos de Irrigação da Companhia.

“Temos observado, anualmente, um investimento em tecnologia por parte dos agricultores, o que proporciona melhoria na qualidade dos produtos oriundos dos projetos da Codevasf, trazendo, como consequência, agregação de valor”, destaca o diretor da Área de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação da Companhia, Luís Napoleão Casado.

A área cultivada em 2019 foi de 99,6 mil hectares, favorecendo 11,4 mil famílias, a maioria produtores familiares, que representam mais de 10 mil. No período, o carro-chefe da produção agrícola continuou sendo a fruticultura irrigada, com destaque para uva, manga e banana, principais culturas do Vale do São Francisco, de acordo com o valor bruto de produção.

LEIA MAIS

Brasil registra mais duas mortes por Covid-19 em São Paulo; número de óbito sobe para três

(Foto: Reuters / Kai Pfaffenbach / Direitos Reservados)

Mais duas pessoas morreram por Covid-19 na capital paulista. Segundo o Hospital Sancta Maggiore, unidade Paraíso, os casos se referem a um paciente de 65 anos e outro de 80 anos, ambos com comorbidade. Os sexos dos pacientes não foram informados.

O hospital informou que ambos estavam internados desde domingo (15). As informações passadas pelo hospital foram confirmadas pela Secretaria Estadual de Saúde na tarde desta quarta-feira (18).

Com isso, já são três as mortes por Covid-19 em São Paulo, todas elas na capital paulista e ocorridas no mesmo hospital.

Na última terça-feira (17), o governo anunciou a primeira morte por Covid-19 no estado, a de um homem de 62 anos, morador de São Paulo, que tinha diabetes e hipertensão e sem histórico de viagem. Esse paciente começou a sentir os sintomas no dia 10 de março, foi internado no dia 14 e faleceu ontem.

Censo Agropecuário 2017: Ministério da Agricultura, Embrapa e IBGE divulgam dados sobre mulheres rurais

(Foto: Internet)

O número de mulheres dirigindo propriedades rurais no Brasil alcançou quase 1 milhão. A partir do Censo Agropecuário de 2017, o IBGE identificou 947 mil mulheres responsáveis pela gestão de propriedades rurais, de um universo de 5,07 milhões. A maioria está na região Nordeste (57%), seguida pelo Sudeste (14%), Norte (12%), Sul (11%) e Centro-Oeste, que concentra apenas 6% do universo de mulheres dirigentes. Os dados foram obtidos a partir de um trabalho conjunto entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a Embrapa e o IBGE, no âmbito de um Termo de Compromisso assinado entre as três instituições por intermédio do Programa Agro Mais Mulher.

De acordo com a pesquisa, juntas, elas administram cerca de 30 milhões de hectares, o que corresponde apenas a 8,5% da área total ocupada pelos estabelecimentos rurais no país. Do total geral de estabelecimentos identificados pelo Censo Agropecuário 2017 (5,07 milhões), as mulheres são proprietárias de apenas 19%, enquanto os homens detêm 81%. Com relação às atividades econômicas desempenhadas nas propriedades, há uma diferença entre mulheres proprietárias e não proprietárias.

LEIA MAIS

Sobe para 234 número de casos confirmados de coronavírus no Brasil

(Foto: Internet)

O número de casos confirmados do novo coronavírus subiu de 200 para 234, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (16). Os dados mostram que nas cidades de Rio de Janeiro e São Paulo há transmissão comunitária ou sustentada, quando há casos de pessoas que não viajaram e não têm vínculo com caso confirmado registrado.

Na Bahia, há registro de transmissão local, que é um nível abaixo -quando alguém adquire o vírus sem ter viajado ao exterior, mas com contato com alguém confirmado. Ou seja, é possível fazer vínculo do caso.

Também já há casos em todas as regiões do país. Ao todo, 15 estados e Distrito Federal têm registros.A maior quantidade está em São Paulo, onde há 152 casos confirmados. Até domingo, eram 136.

LEIA MAIS

Desempregados brasileiros estão, em média, há um ano e três meses sem trabalho, aponta pesquisa 

(Foto: Internet)

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em convênio com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com pessoas que estão sem trabalho, revela que os desempregados brasileiros já estão há um ano e três meses, em média, sem ocupação formal. O levantamento mostra ainda que 51% dos entrevistados estariam dispostos a receber menos que a remuneração do último emprego, sobretudo por que precisam voltar ao mercado de trabalho (19%). Outros 18% argumentam que o que importa neste momento é arranjar um emprego para pagar as despesas, enquanto 13% afirmam ser mais fácil procurar oportunidades melhores quando se está empregado.

A demora para se recolocar no mercado de trabalho tem feito com que essas pessoas busquem outras formas de sustento, como o trabalho informal. De acordo com a pesquisa, praticamente quatro em cada dez desempregados têm recorrido ao trabalho temporário para se sustentar (39%), principalmente com serviços gerais (19%), com revenda de produtos (14%) e com venda de comidas (13%).

LEIA MAIS

Portal que atende consumidor registrou 780 mil reclamações em 2019

(Foto: Ilustração)

Criado com o objetivo de facilitar a interlocução direta entre consumidores e empresas para a solução de conflitos, o portal consumidor.gov.br recebeu 780 mil reclamações em 2019. Desse total, 81% foram solucionados. O prazo médio para que alguma resposta fosse apresentada foi de até 6,5 dias.

No mesmo ano, os Procons cadastrados no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) fizeram mais de 2,5 milhões de atendimentos, e apresentaram um índice de solução de 76,5%.

Os dados constam do boletim Consumidor em Números, divulgado hoje (10) pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça.

A exemplo do que ocorreu em anos anteriores, o setor de telecomunicações foi o que gerou maior número de reclamações apresentadas pelos consumidores, abrangendo quase 40% do total de demandas na plataforma.

LEIA MAIS

Receita Federal registra mais de 34 mil apreensões na alfândega em 2019

(Foto: Internet)

A Receita Federal registrou, em 2019, mais de 34 mil ocorrências de viajantes que passaram pela fiscalização aduaneira portando mercadoria estrangeira em valores ou quantidades que superaram os limites de isenção. Em relação ao ano anterior, houve aumento de 19,5%.

Segundo a Receita, os viajantes não apresentaram a declaração eletrônica de bens de viajantes, ou seja, fizeram a opção indevida pelo canal Nada a declarar, ou fez a declaração com valores ou quantidades inferiores ao que efetivamente portavam.

O imposto pago após a fiscalização chegou a R$ 39,438 milhões, referente a R$ 1,067 bilhão em valor dos bens. Já as multas chegaram a R$ 39,438 milhões.

LEIA MAIS

Sobe para 488 o número de casos suspeitos do novo coronavírus no Brasil

(Foto: Internet)

O subsecretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, anunciou que o Brasil registrou 488 casos suspeitos do novo coronavírus. Também disse que 240 casos foram descartados.

De acordo com o secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, novos países serão incluídos na lista de suspeitos de coronavírus, entre eles, os Estados Unidos.

LEIA MAIS

Mais de 198 mil brasileiros tiveram WhatsApp clonado durante o mês de janeiro

(Foto: Internet)

Estima-se que 198,1 mil brasileiros tiveram o WhatsApp clonado em todo o País no mês de janeiro de 2020. Esse dado faz parte de um levantamento realizado por um laboratório especializado em segurança digital, PSafe. O estudo indica que há maior concentração de vítimas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Para realizar a clonagem, o golpista cadastra indevidamente o número de telefone do usuário em um outro dispositivo e, após esse processo, um SMS contendo o código de liberação de acesso é enviado para o celular da vítima. O dono do número, então, é induzido a fornecer esse código de liberação ao hacker, que ativa o acesso no próprio celular. Depois disso, a conta do WhatsApp é bloqueada no celular da vítima.

LEIA MAIS

Brasil tem 433 casos suspeitos de coronavírus

(Foto: Internet)

O Brasil tem, atualmente, 433 casos suspeitos de coronavírus. O número de casos confirmados continua sendo dois, ambos em São Paulo. Todas as regiões do país têm casos suspeitos, sendo São Paulo o estado com o maior número de casos suspeitos, com 163. Até o momento, são 162 casos descartados, sendo que a maioria tinha Influenza A e Influenza B.

LEIA MAIS

PRF registra queda no número de mortes em rodovias federais durante o Carnaval de Pernambuco

(Foto: Paulo Ricardo Sobral/TV Grande Rio)

Diminuiu para quatro o número de mortes nas rodovias federais durante o Carnaval de Pernambuco, quando comparado ao mesmo período de 2019, que registrou sete mortes, uma redução de 42,9%. Apesar da diminuição no número de mortes, os casos de acidentes de trânsito em rodovias federais do Estado aumentaram 7,5% no mesmo período, passando de 40 em 2019, para 43 em 2020.

Os dados são do balanço preliminar da Operação Carnaval 2020, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgado nessa quinta-feira (27), que apontou aumento de 8% no número de mortes nas rodovias federais de todo País durante o Carnaval. Também foi registrado no Brasil um crescimento de 6% no número de feridos em relação a 2019.

Os atropelamentos de pessoas, saídas de pista e colisões frontais foram responsáveis por 68% das mortes no período em todo o País. Os estados de Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais e Paraná concentraram 51% dos óbitos. Ao todo, a PRF registrou 1.213 acidentes, 1.574 feridos e 91 mortos.

LEIA MAIS

Sem ocorrências graves, Guarda Municipal divulga balanço de atuação no Carnaval de Petrolina 

(Foto: Ascom/PMP)

A Guarda Civil Municipal divulgou nesta quinta-feira (27) o balanço das ocorrências durante os quatro dias de folia em Petrolina (PE).  Nenhuma situação grave foi registrada.

Ao todo foram 140 ocorrências registradas pela Guarda Municipal, incluindo busca pessoal, apreensões, entre outros. 11 pessoas foram conduzidas para a delegacia da Polícia Civil, 13 armas brancas foram apreendidas, apenas dois furtos foram registrados, cinco pessoas foram flagradas em posse de entorpecentes, e 30 ocorrências foram relativas à agressão, vias de fato, desordem, extorsão, desacato ou uso ilegal de paredões. Além disso, dois celulares foram recuperados.

No setor de achados e perdido, que este ano foi de responsabilidade da Guarda, a GCM também reuniu, no total, nove objetos ou documentos encontrados no circuito.

LEIA MAIS

Mortes por coronavírus na China passam de 2.660

(Foto: Internet)

Autoridades de saúde da China informaram que outras 71 pessoas morreram na segunda-feira em decorrência de infecção causada pelo coronavírus, elevando o número total de mortes na China continental para 2.663.

Ainda segundo as autoridades, 508 novos casos foram reportados, elevando o número total de pessoas infectadas para 77.658.

O número de novas infecções fora da província de Hubei, onde o surto teve início, foi de apenas nove casos. Nenhuma nova infecção foi confirmada em 23 das 31 províncias, cidades e outras unidades administrativas em toda a China.

LEIA MAIS

Ipea prevê crescimento maior do PIB do setor agropecuário

(Foto: Internet)

O Produto Interno Bruto (PIB) do setor agropecuário no país deve apresentar crescimento maior do que o previsto para 2020. A estimativa é do Instituto do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que revisou as previsões para este ano.

De acordo com estudo divulgado hoje (21), para 2020 o PIB do setor deve ter alta que de 3,4% a 4,15%, com base em projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A estimativa anterior do Ipea era de crescimento de 3,2% a 3,7%, respectivamente.

LEIA MAIS
123