Hospital Universitário suspende almoço de plantonistas e Sindicato precisa comprar as refeições

(Foto: Ascom/Sindsemp)

Servidores municipais de Petrolina lotados no Hospital Universitário (HU), tiveram o almoço do plantão desta segunda-feira (11), suspenso pela direção da unidade hospitalar. De acordo com Sindicato dos Servidores Municipais (Sindsemp), cerca de 12 funcionários não receberam a refeição mesmo estando em regime de plantão de 12 horas seguidas.

Para que os servidores não ficassem sem se alimentar, o Sindsemp comprou as refeições e levou ao hospital no horário do almoço, já que por lei, os funcionários não podem se ausentar do local de trabalho durante o plantão.

LEIA MAIS

Hospital Universitário intensifica ações voltadas para a Saúde Mental no mês de janeiro

(Foto: Ascom)

Uma pesquisa coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz/Ministério da Saúde),  aponta que 47,3% dos trabalhadores de serviços essenciais durante a pandemia de Covid-19, no Brasil e na Espanha, foram afetados com sintomas de ansiedade e depressão. Além disso, 42,9% sofreram mudanças nos hábitos de sono.

Com foco na prevenção destes sintomas, o Hospital Universitário da Univasf (HU-Univasf) está apoiando, por mais um ano, o Janeiro Branco, mês voltado para a conscientização de questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional. Conteúdos educativos serão produzidos e divulgados durante todo o mês, com apoio da Divisão de Gestão de Pessoas e equipe de profissionais de Psicologia e Psiquiatria do hospital.

LEIA MAIS

Juazeiro registra mais um homicídio por arma de fogo

Moisés dos Santos Ferreira, 40 anos de idade, morador da rua da Conceição, bairro Argemiro, em Juazeiro (BA), morreu nesta quarta-feira (30), no Hospital Universitário, em Petrolina (PE). A vítima não resistiu a ferimentos feitos por disparos de arma que sofreu no fim de semana.

De acordo com a Polícia, Moisés foi baleado por volta de 1 hora da madrugada do último sábado (19), na rua Américo Tanury, bairro Malhada da Areia, na cidade baiana, quando foi socorrido por uma ambulância do SAMU. Não há informação sobre o autor dos disparos.

Hospital Universitário de Petrolina se pronuncia sobre idosa de 96 anos que aguarda cirurgia

(Foto: Ascom)

O Hospital Universitário de Petrolina (HU) atendeu solicitação deste Blog e enviou nota sobre o estado de saúde e previsão de realização de uma cirurgia de uma paciente que havia fraturado a perna.

Os familiares de Dona Ananda Simão de Lima, de 96 anos, procurou nossa produção na manhã desta quarta-feira (2), informando que a paciente havia sido levada para o Hospital Universitário por uma ambulância do do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), no início da tarde de terça-feira (1º), após sofrer uma fratura na perna.

Segundo parentes, a idosa deu entrada na recepção às 13h04 e ficou durante toda a tarde e parte da noite deitada na maca do SAMU, na recepção, a espera de transferência para um leito. A mesma foi transferida para a enfermaria durante o período noturno, mas até a final da manhã de quarta-feira (2), o hospital não havia informado uma previsão para a realização da cirurgia de Ananda, que é portadora do mal de Alzheimer.

Atendendo nossa solicitação, o Hospital Universitário enviou a seguinte nota:

NOTA SR ANANDA

Hospital Universitário de Petrolina se destaca em Pesquisas sobre o novo coronavírus

(Foto: Internet)

Desde o início da pandemia do novo coronavírus que o Hospital Universitário-Univasf (antigo Hospital de Traumas) de Petrolina, estuda soluções de tratamento, prevenção e redução de danos decorrentes da doença. Ao todo, o hospital tem hoje nove pesquisas em andamento abordando temas de estudos diretamente relacionados a Covid-19.

Um desses estudos, denominado “Perfil clínico, radiológico e microbiológico de pacientes portadores de síndrome respiratória aguda grave, incluindo as causadas por sars-cov-2, internados no HU-Univasf”, analisa informações como resultados de exames, formas de reação ao vírus e investigação de outros micro-organismos presentes em pacientes com ou sem a covid-19 que desenvolvem a síndrome respiratória aguda grave.

LEIA MAIS

Família pede ajuda para encontrar parente que desapareceu em Petrolina

Robson Luiz desapareceu na última sexta-feira (25).

Uma família da cidade de Campo Formoso, na região norte da Bahia, está a procura de um parente que desapareceu em Petrolina (PE).

Robson Luiz Feliz Cruz, de 32 anos de idade, mora em Campo Formoso. Sofreu um acidente de moto e recebeu atendimento em uma unidade hospitalar da cidade onde reside, mas foi transferido para o Hospital Universitário (antigo Hospital de Traumas) de Petrolina (PE).

Segundo a família ele deu entrada no Hospital na quinta-feira da semana passada, dia 24 de setembro, com fratura na clavícula e um trauma na cabeça. No dia seguinte, teria recebido alta mas não voltou pra casa. Os parentes registraram um boletim de ocorrência na delegacia da Polícia Civil, que está investigando o caso.

Enquanto isso, a família está a procura de Robson e pede ajuda para localizá-lo. Qualquer informação pode ser repassara para Poli, irmã de Robson, através dos números (74) 98841-5208 ou (74) 99937-6052.