Receita libera 4º lote do Imposto de Renda

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

A Receita Federal liberou hoje (16) o pagamento do 4º lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2019. O valor de R$ 3,5 bilhões será pago a 2.819.522 contribuintes, contemplando também lotes residuais entre 2008 e 2018.

O dinheiro será depositado nas contas dos contribuintes. Para saber se foi contemplado, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, pelo Receitafone 146, informando o CPF e a data de nascimento. Caso o valor não tenha sido pago, é necessário ligar nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) ou ir a uma agência do Banco do Brasil para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Os lotes de restituição são liberados mensalmente. O Fisco libera os pagamentos por ordem de chegada da declaração. Isso significa que quem entregou a declaração mais cedo recebe a restituição primeiro. A restituição ficará disponível no banco durante um ano.

Receita libera consulta ao 4º lote de restituição do Imposto de Renda

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Os contribuintes já podem consultar o 4º lote da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2019. A Receita Federal liberou hoje (9), às 9h quem receberá o crédito bancária que totaliza R$ 3,5 bilhões. O dinheiro será depositado na próxima segunda-feira (16).

2.819.522 contribuintes receberão o dinheiro em suas contas. Ainda de acordo com a Receita, o lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. A consulta para saber se a declaração foi liberada pode ser feita acessando a página da Receita na internet.

O contribuinte também pode ligar para o Receitafone 146 e informar o CPF e a data de nascimento. Se estiver incluído no lote, a situação da declaração será “crédito enviado ao banco”. A restituição ficará disponível no banco durante um ano.

Consulta ao quarto lote do Imposto de Renda será aberta segunda-feira

(Foto: Internet)

A Receita Federal informou hoje (6) que a consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda 2019 será aberta na próxima segunda-feira (9), a partir das 9h. O quarto lote inclui também  restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. Segundo a Receita, o dinheiro será depositado na conta do contribuinte no dia 16 deste mês. O crédito bancário será feito para 2.819.522 contribuintes, totalizando R$ 3,5 bilhões.

Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone (146) e informar o CPF e a data de nascimento. Caso tenha entrado no quarto lote, a situação da declaração será “crédito enviado ao banco”.

LEIA MAIS

Restituições do 3º lote do Imposto de Renda 2019 já estão disponíveis

(Foto: Agência Brasil)

A Receita Federal liberou nesta quinta-feira (15) as restituições do terceiro lote do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2019. Segundo o Fisco, estão sendo liberados R$ 3,8 bilhões a 2.978.614 contribuintes. O lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone, 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistência de dados identificada pelo processamento.

LEIA MAIS

Receita Federal abre consulta a terceiro lote de restituição do Imposto de Renda

Os contribuintes já podem consultar se estão no terceiro lote de restituição de Imposto de Renda (IR). O lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

O crédito bancário para mais de 2,978 milhões de contribuintes será feito no próximo dia, somando R$ 3,8 bilhões. Desse total, R$ 298,493 milhões são para contribuintes com prioridade: 7.532 idosos acima de 80 anos, 44.062 entre 60 e 79 anos, 6.888 com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 24.513 contribuintes cuja maior fonte de renda é o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone: 146.

Receita Federal abre consulta a lote de restituição do Imposto de Renda nesta quinta

(Foto: Agência Brasil)

A partir das 9h desta quinta-feira (8), os contribuintes poderão consultar se estão no terceiro lote de restituição de Imposto de Renda. O lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

O crédito bancário para mais de 2,978 milhões contribuintes será realizado no dia 15 de agosto, totalizando o valor de R$ 3,8 bilhões. Desse total, R$ 298,493 milhões são para contribuintes com prioridade: 7.532 idosos acima de 80 anos, 44.062 entre 60 e 79 anos, 6.888 com alguma deficiência física ou mental ou doença grave, e 24.513 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

LEIA MAIS

Receita começa a pagar 2º lote da restituição do Imposto de Renda

(Foto: Arquivo)

A Receita Federal começa a pagar hoje (15) o segundo lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2019, que também contempla restituições de 2008 a 2018. De acordo com o órgão serão depositados R$ 5 bilhões para 3.164.229 contribuintes.

R$2.362.514.597,42 serão pagos a 15.489 contribuintes idosos acima de 80 anos, 197.895 contribuintes entre 60 e 79 anos, 24.793 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, e 1.251.906 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

O contribuinte pode fazer a consulta e saber se teve a declaração liberada através dos seguintes canais: site da Receita Federal, ligar para o Receitafone (146) ou via aplicativo para tablets e smartphones. O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração.

Receita libera consulta ao 2º lote da restituição do Imposto de Renda

(Foto: Reprodução/Internet)

Desde às 9h dessa segunda-feira (8) a Receita Federal liberou a consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de 2019. Serão creditados R$ 5 bilhões, dos quais R$ 2,36 bilhões serão pagos a idosos, pessoas com deficiência e contribuintes cuja maior fonte de renda venha do ensino.

A previsão é que o pagamento seja realizado para 3,16 milhões de contribuintes já na próxima segunda-feira (15). A Receita também pagará restituições residuais entre 2008 e 2018, para quem caiu na malha fina nesse período.

Para saber se tem direito à restituição o contribuinte pode entrar no site da Receita, ligar para o Receita Fone (146) ou utilizar o aplicativo em smartphone.

Receita começa a pagar restituições do Imposto de Renda

(Foto: Agência Brasil)

A Receita Federal começou a pagar hoje (17) as restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2019. R$ 5,1 bilhões serão depositados nas contas de 2.573. 186 contribuintes. No primeiro lote, segundo o Leão, serão contemplados idosos acima de 80 anos, pessoas entre 60 e 79 anos e cidadãos com deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Ao todo, serão desembolsados R$ 4,99 bilhões, do lote deste ano, a 2.551.099 contribuintes. A Receita também pagará R$ 109,6 milhões a 20.087 mil contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2018, mas estavam caíram na malha fina.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração e ficará disponível por um ano. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Consulta a 1º lote de restituição do Imposto de Renda será liberada na segunda-feira

(Foto: Reprodução/Internet)

A consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) será liberada na próxima segunda-feira (10), a partir das 9h. De acordo com a Receita Federal, o lote contempla restituições não apenas de 2019, mas entre 2008 e 2018.

2.573 milhões de contribuintes terão direito à restituição que será creditada no dia 17 de junho, totalizando R$ 5,1 bilhões, afirma a Receita. Nesse primeiro lote estão contemplados os contribuintes idosos e com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

A restituição tem correção de 1,54% relativo à taxa Selic de maio a junho de 2019. O contribuinte pode verificar se a declaração está liberada através do site da Receita, do número 156 ou do aplicativo para smartphone.

Receita Federal recebe Imposto de Renda de quem não entregou dentro do prazo

(Foto: Agência Brasil)

Os contribuintes que perderam o prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda das Pessoas Físicas 2019 podem enviar o documento a partir de hoje (2).

O contribuinte é multado em 1% do imposto devido por mês de atraso (limitado a 20% do imposto total) ou em R$ 165,74, prevalecendo o maior valor. Não será preciso baixar um novo programa. O próprio sistema fará a atualização dos valores na hora de imprimir a guia.

A Receita Federal recebeu até 30 de abril, último dia do prazo de entrega, 30.677.080 de declarações, crescimento de 4,8% em relação ao ano passado. De acordo com o Fisco, a causa provável para o aumento é que mais contribuintes resolveram entregar a declaração dentro do prazo este ano.

LEIA MAIS

Envios de declarações do Imposto de Renda superam expectativa da Receita Federal

O número de declarações do Imposto de Renda enviadas este ano superou a expectativa da Receita Federal. Segundo o órgão, o total de contribuintes que entregaram o documento foi 30.677.080, crescimento de 4,8% em relação ao ano passado, contra estimativa de 28,8 milhões de declarações. Em 2018, 29.269.987 contribuintes entregaram o documento dentro do prazo.

De acordo com o Fisco, a causa provável para o aumento é que mais contribuintes resolveram entregar a declaração dentro do prazo neste ano, que começou em 7 de março e acabou às 23h59min59s de ontem (30).

LEIA MAIS

Contribuinte tem até 23h59 para declarar Imposto de Renda

(Foto: Reprodução/Internet)

Hoje (30) é o último dia para o contribuinte declarar o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2019. Até o final da tarde da segunda-feira (29), 82,7% dos brasileiros já tinham acertado as contas com a Receita Federal. A meta é receber 30,5 milhões de declarações.

O prazo termina às 23h59, exclusivamente via internet. A declaração pode ser feita de três formas: pelo computador, por celular ou tablet ou por meio do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC). Pelo computador, será utilizado o Programa Gerador da Declaração – PGD IRPF2019, disponível no site da Receita Federal.

O contribuinte que tiver apresentado a declaração referente ao exercício de 2018, ano-calendário 2017, poderá acessar a Declaração Pré-Preenchida no e-CAC, por meio de certificado digital. Para isso, é preciso que, no momento da importação do arquivo, a fonte pagadora ou pessoas jurídicas tenham enviado para a Receita informações relativas ao contribuinte referentes ao exercício de 2019, ano-calendário de 2018, por meio da Declaração do Imposto sobre a Rendsobrea Retido na Fonte (Dirf).

Com informações da Agência Brasil

Contribuintes têm até terça-feira para fazer a declaração do Imposto de Renda

(Foto: Agência Brasil)

Os contribuintes que ainda não fizeram a Declaração do Imposto de Renda deste ano podem aproveitar os últimos dias antes do fim do prazo para entregar o documento à Receita Federal. O prazo para o envio começou no dia 7 de março e termina às 23h59 de terça-feira (30).

Até as 17h da última sexta-feira (26), a Receita recebeu 21.654.366 declarações, o que corresponde a 71% dos documentos esperados para este ano (30,5 milhões).

LEIA MAIS

A cinco dias do fim do prazo, um terço dos contribuintes ainda não declarou o Imposto de Renda

A cinco dias do fim do prazo, um terço dos contribuintes ainda não acertou as contas com o Leão. Até as 17h desta quinta-feira (25), a Receita Federal recebeu 20.298.863 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física, o equivalente a 66,55% do esperado para este ano. O prazo para envio da declaração começou em 7 de março e vai até as 23h59min59s da próxima terça-feira (30).

A expectativa da Receita Federal é receber 30,5 milhões de declarações neste ano.A declaração pode ser feita de três formas: pelo computador, por celular ou tablet ou por meio do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC). Pelo computador, será utilizado o Programa Gerador da Declaração – PGD IRPF2019, disponível no site da Receita Federal.

LEIA MAIS
1234