Agrovale recebe Moção de Aplausos da Assembleia Legislativa da Bahia por ações de combate a Covid-19

(Foto: Ascom)

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), aprovou por unanimidade uma Moção de Aplausos para a Agrovale pela campanha de doação de 115 mil litros de álcool, que ajudaram no combate à Covid durante o ano passado.

De acordo com o autor do requerimento, o deputado estadual do Partido Progressista, Eduardo Salles, a empresa sucroalcooleira é merecedora da honraria pela campanha de utilidade pública que começou em março de 2020, com a doação de 100 mil litros de álcool para o sistema público de saúde e distribuídos entre hospitais e postos de atendimento do SUS, em toda Bahia.

LEIA MAIS

Governo da Bahia busca alternativas para substituir fábrica da Ford que será fechada em Camaçari

Após ser informado nesta segunda-feira (11), que a Ford encerraria suas atividades no Brasil e consequentemente também na fábrica que opera na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador, o governador da Bahia, Rui Costa, fez contato com o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) e com a Embaixada da China no Brasil, buscando soluções para amenizar o impacto da decisão.

Com a Fieb, Rui discutiu a formação de grupo de trabalho para avaliar possibilidades alternativas ao fechamento da fábrica. Com a Embaixada Chinesa, o governador sondou possíveis investidores com interesse em assumir o negócio na Bahia.

Em nota, o governo da Bahia lamentou o encerramento da produção nas plantas da Ford em Camaçari e em Taubaté-SP. Além da Troller, em Horizonte-CE. A gestão estadual destacou ainda os impactos socioeconômicos consequentes do fechamento da empresa, importante geradora de empregos e renda no estado.

Secretário de Saúde diz que mais um milhão de máscaras será distribuído em Pernambuco

Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo. (Foto: Aluísio Moreira/SEI)

O Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, anunciou durante entrevista coletiva online, nesta quarta-feira (30), que o Estado vai distribuir mais um milhão de máscaras de tecido, neste fim de ano. Segundo o governo, através da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), a gestão estadual já havia realizado a compra de outro lote de um milhão de máscaras.

O montante já distribuído para a população, desde o início da pandemia, ultrapassa 2,5 milhões de itens, entre o material adquirido e as doações recebidas. Todo o material adquirido pelo Governo do Estado é produzido nos Polo de Confecções para incentivar a indústria pernambucana.

LEIA TAMBÉM

“Continuamos preocupados”, afirma secretário após recorde de casos de covid em Pernambuco

LEIA MAIS

Paulo Câmara anuncia instalação de indústria de papel em Pernambuco com investimento de R$ 70 milhões

O Governador Paulo Câmara recebe o empresário Valdecir Roberto Bechel, da OL. (Foto: Heudes Regis/SEI)

A indústria baiana OL montará uma filial em no município de Pombos, no Agreste de Pernambuco para produção de fraldas descartáveis, papel higiênico e papel toalha. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (14) pelo governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas

A empresa deverá fazer um investimento de R$ 70 milhões, com a expectativa de que sejam sejam gerados 262 empregos diretos no Estado.

“É uma notícia importante diante de um cenário de tantos desafios. Pernambuco continua a manter o ritmo do crescimento atraindo indústrias. A empresa vai gerar centenas de empregos com um investimento de R$ 70 milhões, ajudando na consolidação, não apenas do município de Pombos, mas também de toda aquela região do Agreste. Como polo indutor do desenvolvimento, o Governo de Pernambuco avança nessa pauta de interiorizar as indústrias que chegam aqui ao Estado”, destacou o governador.

Como contrapartida para atrair o investimento, o Governo de Pernambuco deve conceder, até 2032, o incentivo fiscal de crédito presumido do ICMS, de até 90%.  O percentual é correspondente à redução do saldo devedor do imposto apurado em cada período fiscal, enquadrado nas normas de habilitação do Programa de Estímulo à Indústria – Proind.

Com a construção da fábrica, que ficará numa área de 4,18 hectares, a empresa espera reduzir o custo logístico para outras praças do Nordeste, aumentando seu marketshare em Pernambuco e nos demais estados da Região. A OL Papéis possui seis marcas próprias na linha de papéis e fraldas descartáveis (Familiar Soft, Familiar Supremo, VeludVip, Absoluto, Absoluto Decor e Fofura Baby).

Além disso, produz, sob encomenda, para as grandes redes varejistas, como Grupo Big, Sendas (Assaí), Carrefour (Atacadão) e Cencosud (GBarbosa). Em relação aos pontos de venda, a empresa atua junto a supermercados de rede, mercados de bairro, atacadistas e estabelecimentos do tipo “cash andcarry”.

“A instalação da unidade em Pernambuco foi por uma questão estratégica de mercado. O Estado é hoje nosso segundo mercado de vendas, após a Bahia. Pernambuco é um mercado muito forte, tem tudo para superar as vendas de lá.Ficamos muito felizes que conseguimos todos os incentivos necessários para a implantação da  indústria e com isso a gente consegue entrar bem competitivo com os produtos dos demais concorrentes”, ressaltou o sócio-diretor da OL Papéis, Valdecir Roberto Bechel.

Agrovale recebe moção de aplausos do legislativo de Juazeiro pela doação de álcool 70%

(Foto: Ascom)

A Câmara de Vereadores de Juazeiro, cidade da região norte da Bahia, concedeu uma Moção de Aplausos a empresa Agrovale pela campanha de doação de álcool 70% que vem ajudando no combate ao novo coronavírus desde o início da pandemia.

A Moção de Aplausos, de autoria do vereador Reinaldo de Sabino (PC do B), e subscrita pela maioria dos parlamentares, foi votada na sessão do último dia 17 de agosto e entregue em mãos à diretoria da empresa sucroalcooleira na tarde desta quinta-feira (10).

Durante a sessão, conduzida pelo presidente da Casa, Alex  Tanuri, o autor do requerimento de número 13/2020, justificou a concessão da honraria em reconhecimento ao verdadeiro trabalho de utilidade pública desenvolvido pela Agrovale. “Inicialmente foram doados 100 mil litros de álcool para hospitais e postos de atendimento do SUS em todo estado da Bahia, incluindo Juazeiro”, ressaltou o edil.

Mais adiante, o vereador destacou a importância de uma nova doação, desta feita, de 10 mil litros de álcool 70% para Juazeiro, 10 mil litros para Petrolina, além de mais 30 mil litros distribuídos entre os municípios de Cabrobó, Dormentes, Salgueiro, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande. “Esta é uma iniciativa que deve servir de exemplo e inspiração para as demais empresas da nossa região”, concluiu Reinaldo de Sabino.

O diretor Agrícola da Agrovale, Cid Porto Filho, agradeceu o reconhecimento do legislativo municipal juazeirenses, enfatizando que a empresa está sempre à disposição das causas ambientais, culturais e socioeconômicas do Vale do São Francisco.

Indústria faz campanha para incentivar a compra de produtos de Pernambuco

Ricardo Essinger, presidente da FIEPE.

A campanha institucional foi apresentada ao grande público por meio da divulgação de um vídeo através das grandes emissoras do País, em junho deste ano. Agora, a ideia é que essa concepção se solidifique ainda mais e traga resultados para a economia do estado e do país.

Depois de quase cinco meses acumulando impactos trazidos pela Covid-19, as indústrias pernambucanas se unem e buscam forças para soerguer a atividade produtiva. Lançado pela FIEPE, o projeto Escolha Pernambuco foi criado para engajar a sociedade e estimular o consumo interno, visando incrementar o Produto Interno Bruto (PIB) local, incentivar a geração de emprego e permitir que os investimentos cheguem ao Estado. Ao todo, Pernambuco tem cerca de 15 mil indústrias que podem ser beneficiadas pela iniciativa.

LEIA MAIS

Agrovale amplia doações de álcool 70% aos municípios da região

(Foto: Ascom/Agrovale)

O município de Petrolina recebeu nesta terça-feira (23) um reforço de mais 7 mil litros de álcool 70% para o combate ao novo Coronavírus (Covid -19).

O produto, amplamente utilizado na higienização e assepsia, foi entregue à Secretaria de Saúde e faz parte de um programa social da Agrovale que já contabiliza a doação de 132 mil litros às unidades e serviços de saúde de municípios da Bahia e de Pernambuco.

O programa começou em março, logo que apareceram os primeiros casos da pandemia, com a doação ao sistema público baiano de 100 mil litros de álcool in natura. Depois, as cidades de Juazeiro e Petrolina receberam 10 mil litros de álcool 70% cada uma.

Na semana passada o município pernambucano de Santa Maria da Boa Vista, foi contemplado com 5 mil litros de álcool 70% e a direção da empresa sucroalcooleira informou que já está em tratativas para doação do produto também aos municípios de Cabrobó, Lagoa Grande, Salgueiro e Dormentes, em Pernambuco.

Segundo o secretário de Saúde de Santa Maria da Boa Vista, Nelson Eduardo, a doação chegou em boa hora. “Já regularizamos os estoques do álcool 70% no Hospital de urgência e emergência Monsenhor Ângelo Sampaio, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), no Programa de Saúde da Família (PSF) e nos postos dos bairros e do interior além de associações comunitárias”, detalhou o secretário, ressaltando ainda que a doação garante o fornecimento do produto pelos próximos dois meses.

SESI lança competição de robótica de combate à Covid-19 para estudantes

(Foto: Ascom)

O Serviço Social da Indústria (SESI) lançou um campeonato para estimular os estudantes de todo o Brasil a buscarem soluções de enfrentamento aos danos causados pela epidemia do coronavírus. Trata-se do Desafio SESI de Robótica Covid-19, que vai premiar alunos que criarem, à distância, projetos que minimizem os impactos causados pela doença. As inscrições estão abertas em https://torneio.herokuapp.com/signup/desafiocovid e podem ser feitas até o dia 30 de junho.

Podem participar do campeonato, que será todo realizado de forma virtual, alunos de 9 a 18 anos de escolas públicas ou particulares, assim como das unidades do SESI. As equipes devem ser compostas por quatro a 10 estudantes, além de um técnico maior de 18 anos.

LEIA MAIS

Ricardo Essinger toma posse para novo mandato a frente do Sistema FIEPE

Ricardo Essinger será reconduzido à presidência do Sistema FIEPE nessa quinta-feira (18), em uma solenidade por videoconferência. Nesse novo quadriênio (2020-2024) ele terá o petrolinense Rafael Coelho como seu primeiro vice-presidente.

LEIA TAMBÉM

Rafael Coelho assume posto de 1º vice presidente na FIEPE 

No novo mandato Essinger terá a missão de continuar os projetos de sustentabilidade e fortalecimento do sistema FIEPE. “Foram muitos desafios até aqui, mas posso dizer que conseguimos sanar boa parte deles aumentando o atendimento ao setor industrial, ampliando a oferta da educação por meio do SESI, capacitando profissionais pelo IEL e reequipando nossos laboratórios do SENAI para melhorar a qualidade do ensino“, analisou.

Para o novo mandato o empresário conhece os desafios e analisa o cenário em Pernambuco. “O setor estava começando a melhorar antes da pandemia. Agora, sabemos que a situação está mais difícil e delicada para as pessoas e para as empresas. No entanto, quando tudo isso passar, vamos nos unir ainda mais e reconstruir a nossa economia e o nosso estado”, projetou o presidente.

Rafael Coelho assume posto de 1º vice presidente na FIEPE 

Petrolinense foi alçado a novo cargo (Foto: Ascom FIEPE)

A Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) elegeu a nova diretoria na quinta-feira (7) e reconduziu Ricardo Essinger ao cargo de diretor. Ele ficará a frente da FIEPE até 2024 e terá o petrolinense Rafael Coelho como seu 1º vice-presidente.

Até o último quadriênio Rafael exercia a função de diretor adjunto e foi alçado ao novo cargo. Filho de doutor Augusto Coelho, o empresário já foi diretor superintendente do Curtume Moderno, em Petrolina e também atuou como conselheiro do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).

Confira a seguir a nota Diretoria da FIEPE:

LEIA MAIS

Governo da Bahia abre edital para produção de máscara de proteção da Covid-19

O Governo do Estado abriu, nesta quarta-feira (08), um processo para habilitação de associações, cooperativas, microempresas e empresas, instaladas no estado da Bahia, para produção emergencial de máscaras artesanais a serem destinadas a pessoas de vulnerabilidade social e econômica e funcionários públicos, com fins de promover a contenção do contágio do novo coronavírus (Covid-19).

A ação é promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), em parceria com a Secretaria de Planejamento (Seplan) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

LEIA MAIS

Venda de veículos cai 3,2% em janeiro

(Foto: Arquivo/Agência Brasil)

A venda de veículos caiu 3,2% em janeiro deste ano na comparação com janeiro do ano passado, passando de 199,8 mil unidades para 193,5 mil. Na comparação com dezembro, quando foram vendidos 262,6 mil veículos, também houve queda (26,3%). Os dados foram divulgados hoje (6) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

De acordo com o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, essa queda é normal para o período, no qual as vendas competem com as férias escolares, sendo um momento em que muitos consumidores viajam. “[O resultado] também foi afetado pelo novo sistema de placas, principalmente em São Paulo.”

O balanço mensal da Anfavea mostrou ainda que a produção brasileira de veículos também caiu (3,9%), na comparação de janeiro a janeiro. Neste ano foram produzidas 191,4 mil unidades e, em janeiro do ano passado, foram 199,1 mil. Já na comparação com dezembro houve aumento da produção (12,2%). “Algumas fábricas tiveram uma semana de férias coletivas, outras deram duas semanas, o que é normal, mas os números estão em linha com o que estamos imaginando, disse Moraes.

LEIA MAIS

Seis em cada dez industriais consideram governo Bolsonaro ótimo ou bom

O presidente Jair Bolsonaro recebeu o Grande Colar da Ordem do Mérito Industrial da CNI (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

Os industriais brasileiros têm uma avaliação positiva do governo Jair Bolsonaro. De acordo com pesquisa divulgada hoje (11) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), 60% deles consideram o governo ótimo ou bom, e apenas 7% avaliam como ruim ou péssimo; 26% acham que o governo é regular.

Os dados da Sondagem Especial: Avaliação do Governo pelo Empresário Industrial foram apresentados durante cerimônia na sede da CNI, em Brasília, ocasião em que o presidente Bolsonaro recebeu o Grande Colar da Ordem do Mérito Industrial.

Para a CNI, entre as medidas importantes tomadas pelo governo este ano estão a reforma da Previdência, a assinatura do acordo de livro comércio entre o Mercosul e a União Europeia, o avanço na agenda de concessões na área de infraestrutura e de modernização das relações de trabalho e a contribuição com medidas que promovem o aumento da segurança jurídica e reduzem a intervenção do Estado.

LEIA MAIS

Confiança da indústria cai em outubro e atinge menor valor em um ano

(Foto: Agência Brasil)

O Índice de Confiança da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu um ponto na passagem de setembro para outubro. Com o recuo, o indicador caiu para 94,6 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, o menor valor desde em outubro de 2018 (94,2 pontos).

LEIA MAIS

Produção industrial cresce 2,1% em Pernambuco, diz IBGE

(Foto: Internet)

A produção industrial de Pernambuco cresceu 2,1% na passagem de julho para agosto deste ano, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Pesquisa Industrial Mensal Regional mostrou que houve crescimento em 11 dos 15 locais pesquisados pelo órgão. O levantamento apontou ainda que os maiores avanços ocorreram no Amazonas (7,8%) e no Pará (6,8%).

LEIA MAIS
12