Após três dias de trabalho, Bombeiros encerram combate a incêndio em Campo Alegre de Lourdes

Trabalho foi encerrado de forma exitosa (Foto: 9º GBM/Cortesia)

A equipe do 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar (9º GBM), de Juazeiro (BA), concluiu os trabalhos de combate a um incêndio florestal registrado no interior de Campo Alegre de Lourdes (BA). As chamas tiveram início na sexta-feira (9).

LEIA TAMBÉM

Bombeiros conseguem controlar incêndio florestal no interior de Campo Alegre de Lourdes

De acordo com o tenente-coronel Tarcísio Freitas, do 9º GBM, foram dois dias de combate às chamas. E após concluir de forma exitosa os focos, a equipe permaneceu no local para monitorar a situação. A área do incêndio fica localizada a 36km da sede de Campo Alegre de Lourdes.

Não há informações sobre o tamanho da área devastada. “Foi uma equipe com quatro soldados, sob o comando do Soldado Carneiro que é formado em curso de operações de incêndio. Foco de incêndio agora é zero”, disse ao Blog.

Bombeiros conseguem controlar incêndio florestal no interior de Campo Alegre de Lourdes

Equipes controlaram chamas na manhã desse sábado (Foto: 9º GBM/Cortesia)

Uma equipe do 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Juazeiro (BA) foi enviada até Campo Alegre de Lourdes (BA), na manhã de sexta-feira (9), para ajudar a combater um incêndio florestal registrado no interior da cidade.

De acordo com o 9º GBM, o incêndio foi registrado na zona rural. A boa notícia é que o fogo foi controlado na manhã desse sábado (10). As equipes que atuam no combate às chamas permanecem no local, monitorando o surgimento de possíveis novos focos.

Os bombeiros de Juazeiro devem retornar a cidade na manhã deste domingo (11). Não há informações sobre a dimensão da área incendiada.

Leitor flagra enxame em empresa de Petrolina e chama atenção do SOS Abelhas

Abelhas estão em empresa de Petrolina

Desde o mês passado a presença de abelhas assusta os petrolinenses. Elas têm sido flagrada em espaços públicos e também, nas empresas privadas. A foto acima foi tirada em uma empresa localizada na BR-428, próximo à sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Nossa equipe foi informada que os trabalhadores acionaram o SOS Abelhas em 25 de setembro, mas até o momento ninguém apareceu para remover o enxame. “Já fizemos vários contatos e até agora nada. Está colocando em risco a segurança dos funcionários“, disse uma fonte que preferiu ser mantida em sigilo.

Orientações

Procurada pelo Blog, a Prefeitura de Petrolina informou que a solicitação foi repassada ao grupo SOS Abelhas. Assim que possível uma equipe irá ao local para verificar a situação e fazer a remoção do enxame.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, a demanda pelos serviços do SOS tem crescido. Somente em setembro foram registrados mais de 260 chamados. Por fim, a orientação da Secretaria é não mexer no enxame e aguardar a chegada do grupo SOS Abelhas.

Incêndio destrói mata e provoca morte de animais em Sento Sé

Incêndio começou na sexta (Foto: Grupo de Brigada Força e Resgate de Sento Sé)

Brigadistas conseguiram controlar o incêndio que destruiu a vegetação e também matou animais na região de Brejo de Fora, em Sento Sé (BA). As chamas tiveram início na sexta-feira (2) e foi totalmente controlado durante o final de semana. De acordo com a Brigada Força e Resgate, a suspeita é que as chamas tenham sido provocadas.

O trabalho de combate ao incêndio teve início no final da sexta-feira. Moradores da região ajudaram os brigadistas e depois de 13h de trabalho, a situação foi controlada. As condições de mata seca e vento forte contribuíram para que o fogo se espalhasse com maior rapidez.

Na estimativa da Brigada, uma extensão de 1.300 metros de largura por 3.400 de comprimento foi destruída. (Com informações do G1 Bahia).

Leitor flagra enxame de abelhas no Centro de Petrolina

Mais um enxame de abelhas foi visto no Centro de Petrolina. Nessa quinta-feira (1°) um leitor flagrou a presença delas na Avenida Souza Filho, próximo aos quiosques de lanches. Os insetos estão instalados nas árvores da Avenida.

Em contato com o Blog Waldiney Passos, a Secretaria de Saúde de Petrolina informou que o grupo SOS Abelhas foi acionado durante a manhã para remover o enxame. Até o momento não há informações sobre a conclusão do serviço, por isso os petrolinenses devem redobrar a atenção.

No começo de setembro um idoso de 71 anos morreu após ser atacado por abelhas, próximo ao Cemitério Central. Pelo menos sete pessoas ficaram feridas, foram atendidas em unidades hospitalares e se recuperaram.

Conselho Nacional do Meio Ambiente anula critérios de preservação de manguezais e restingas

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), presidido pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, aprovou nesta segunda-feira (28) a revogação das resoluções 302 e 303.

Os itens estabeleciam critérios para preservação de áreas litorâneas de manguezais e restingas , assim como áreas em torno de reservatórios de água, como mananciais urbanos.

O Conama ainda revogou a resolução 284, que submetia projetos de irrigação ao processo de licenciamento ambiental. O conselho ainda aprovou uma nova resolução que permite a queima de resíduos de poluentes orgânicos persistentes – como pesticidas, inseticidas e fungicidas usados na agricultura – em fornos de produção de cimento.

As revogações contaram com aprovação ampla do colegiado, formado majoritariamente por representantes do governo federal e de associações do setor privado, como as confederações nacionais da indústria e da agricultura.

Macaco prego é resgatado no município de Pilão Arcado-BA

Os moradores da localidade de Tapuio, em Pilão Arcado, Bahia, procuraram a Secretaria de Meio Ambiente do município para reclamar da presença de um macaco prego que estava amedrontando a comunidade.

Ao tomar conhecimento do problema a Prefeitura entrou em contato com o Corpo de Bombeiros de Juazeiro e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA e neste domingo (27) o animal foi resgatado com segurança.

Segundo informações o macaco foi levado para Juazeiro e após os devidos cuidados será devolvido à natura na região de Cruz das Almas (BA).

Aves silvestres são vítimas do cerol e da linha chilena em Pernambuco

(Foto: Divulgação/CPRH)

A brincadeira de soltar pipa, comum em várias regiões do Brasil, é uma ameaça à vida, inclusive dos animais silvestres. O cerol (mistura de cola com vidro) e a linha chilena (mistura de óxido de alumínio e outros materiais abrasivos), que são usados na linha da pipa causam muitos acidentes e até mortes, não só de pessoas, mas também de aves silvestres.

O Centro de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), unidade da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), recebe cerca de 40 aves vitimadas pela “linha da morte”, no período de agosto a outubro de cada ano, quando os ventos são mais intensos e pipas são vistas cortando os ares.

“Este carcará foi atingido por uma linha de pipa com cerol e foi levado ao Cetas, bastante machucado, com lesões em ambas as asas. Teve a sorte de ser socorrido e de o tratamento estar dando certo. Mas, nem todo episódio envolvendo as linhas cortantes terminam com um final feliz”, comentou a veterinária do Cetas Tangara, Luana Raposo.

Embora uma boa parte dos animais vitimados se recupere, muitos deles ficam mutilados e outros morrem.
Mesmo nos meses menos favoráveis à brincadeira, quando os ventos são menos intensos, o Cetas recebe animais atingidos pelas linhas cortantes: “A linha cai ou fica pendurada em algum lugar e não é recolhida, sendo as aves as principais vítimas, que quando sofrem lesões cortantes e não são resgatadas, acabam morrendo devido à gravidade dos ferimentos”.

O lado bom da história é saber que duas propostas de lei para eliminar a prática do uso de cerol e de outras linhas cortantes nas pipas estão em tramitação na Câmara dos Deputados: o Projeto de Lei 3228/20, que proíbe o uso de pipa com cerol e similares em todo território nacional, e o Projeto de Lei 3358/20, que tipifica o uso, a venda e o porte de cerol ou linha chilena como crime de perigo para a vida ou saúde de outros, com pena de três meses a um ano de detenção.

Maria Elena pede ajuda do município para implantação de comedouros públicos a animais

Ela destacou ação das ONGs que continuam ativas durante pandemia (Foto: Alexandre Justino/Ascom PMP)

Na sessão dessa quinta-feira (24), a vereadora Maria Elena de Alencar (MDB) apresentou o Requerimento n° 329/2020. Ela solicita ao prefeito Miguel Coelho (MDB) que desenvolva ações no sentido de atender aos apelos das Organizações Não Governamentais (ONGs) de proteção animal.

A edil reivindica a implantação de comedouros em locais de grande circulação, como praças e parques, para que os animais abandonados possam se alimentar. “[Estou] refletindo um pedido de todas as ONGs protetoras dos animais, principalmente dos animais em estado de abandono. Que possa estar criando os comedouros e bebedouros públicos, a exemplo do que já existe em outras cidades”, destacou.

Pela solicitação de Elena, deve-se manter um padrão de comedouros. Petrolina tem diversas ONGs atuantes na causa animal. Por conta da pandemia, os trabalhos foram reduzidos por conta de apoio financeiro e uma ajuda do poder público daria suporte aos grupos.

Coronel da PM é nomeado para presidência do Instituto Chico Mendes

(Foto: Reprodução/Linkedin/Fernando Lorencini)

A presidência do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade será ocupada por mais um coronel da Polícia Militar. Fernando Cesar Lorencini foi nomeado para o cargo na manhã desta terça-feira (22), em publicação no Diário Oficial da União assinada pelo ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto.

Ele substitui o também coronel da PM Homero de Giorge Cerqueira, exonerado do comando do ICMBio, responsável por gerenciar unidades de conservação, em 21 de agosto deste ano.

A efetivação de Lorencini era esperada porque ele atuava como presidente substituto desde a saída de Cerqueira. O novo presidente era Diretor de Planejamento, Administração e Logística do instituto desde abril de 2019.

Lorencini também está entre os policiais envolvidos no massacre do Carandiru. Em 1992, 111 detentos foram mortos devido a uma rebelião na Casa de Detenção de São Paulo. De acordo com reportagem da “Folha de S.Paulo” de 1997, o futuro presidente do ICMBio não respondeu por homicídio, mas por lesão grave contra um dos presos envolvidos na chacina.

Dia da Árvore: Agrovale disponibiliza mudas nativas para distribuição em restaurante de Juazeiro

(Foto: Ascom)

Uma parceria entre a Nordhaus e a Agrovale, marcando a passagem do dia da árvore, foi bastante receptiva e elogiada pelos frequentadores da Vila Bossa Nova, neste final de semana, em Juazeiro.

A Nordhaus fez chegar aos clientes que visitaram o restaurante no final de semana uma muda de árvore nativa oriunda do viveiro de mudas da Agrovale, com uma mensagem alusiva à data e incentivando o plantio da muda para contribuir com o meio Ambiente.

Cerca de 200 mudas foram disponibilizadas para distribuição, sendo que a grande parte delas já foi entregue no final de semana em virtude do interesse das pessoas em levar uma das mudas para casa.

Nesta segunda-feira (21) a ação terá continuidade e os frequentadores da Nordhaus receberão mudas de Algodão Bravo, Aroeira, Jenipapo, Jatobá e Caraibeira, em tamanho ideal para plantio e com uma mensagem lembrando a importância de preservar a nossa caatinga.

LEIA MAIS

Incêndio é registrado no interior de Casa Nova

Incêndio foi registrado em cemitério (Foto: Cortesia)

Um incêndio foi registrado em Casa Nova (BA), no domingo (20). Segundo o Corpo de Bombeiros de Juazeiro, as chamas teriam começado por conta da imprudência de populares. As chamas começaram após uma pessoa não identificada soltar fogos de artifício em um cemitério no Distrito de Belmonte, zona rural da cidade.

O fogo foi controlado pela própria população. A informação foi repassada pelo secretário de Meio Ambiente de Casa Nova. Uma moradora que estava no local contou como as chamas começaram. “Soltaram uns fogos de artifício e atingiu a caatinga que é fechada“, disse.

Domingo agitado

De acordo com o 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros, de Juazeiro, entre domingo e hoje (21) foram registradas quatro ocorrências desse tipo na corporação. Na manhã de ontem as equipes precisaram debelar um incêndio de um veículo na Rua Raul Alves, em Juazeiro.

Em seguida, o 9º GBM atuou para conter chamas em uma fazenda no Projeto Senador Nilo Coelho e na Fazenda Santa Rita, em Campo dos Cavalos. No final da tarde, a ocorrência foi no Posto Angary. Não houve registro de feridos.

Equipes capturaram mais de 15 enxames de abelhas em Juazeiro durante esta semana

(Foto: Grupo Abelha Viva)

Depois do ataque na área próxima ao Cemitério Central de Petrolina (PE), que resultou na morte de um homem e no ferimento de pelo menos outras 7 pessoas, as abelhas resolveram aparecer em maior número também na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia.

Equipes formadas por integrantes do 9º Grupamento de Bombeiros Militares, sob o comando do Ten. Cel. Tarcísio Ribeiro, do Grupo Abelha Viva, sob o comando dos apicultores Lícia Regina Lopes da Silva e Joseney Vitorino, e funcionários da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB), capturam somente da última segunda-feira (14) até ontem (19) mais de 15 enxames que se instalaram em residências ou lojas comerciais em vários bairros da cidade.

Nem mesmo o prédio da 75ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar) no bairro Itaberaba foi poupado pelos insetos. Uma equipe foi solicitada para capturar um enxame que se alojou no local.

Segundo a apicultora Lícia Regina Lopes da Silva, do Grupo Abelha Viva, que trabalha com captura de abelhas há 6 anos, os trabalhos de retirada de abelhas presentes em locais públicos e residências na sede e interior da cidade é um prática constante, mesmo antes dos casos que agora estão acontecendo com frequência.

Em parceria com o 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros e as equipes de meio ambiente da SEMAURB, o Abelha Viva, já realizou somente este ano cerca de 100 coletas.

O trabalho realizado é o de captura para soltar no ambiente propício para as abelhas e sem perigos para a população. Até então os resultados desse trabalho têm sido positivos uma vez que não há registro de ataques às pessoas. Trabalho geralmente realizado a noite, horário que as abelhas estão descansando.

“Elas começam a atividade delas às 5 horas da manhã. Aí elas vão colher água, alimentos, néctar, pólen… e quando a gente vai em um enxame elas não estão todas lá. As campeiras, as operárias estão todas trabalhando. Aí a noite, a maioria voltou pro ninho e as que não conseguiram voltar ficaram no campo pra voltar no outro dia. Por isso, a noite é o horário ideal para fazer a captura”, explicou Lícia.

Para acionar uma equipe de captura, o cidadão juazeirense pode entrar em contato com a SEMAURB através do telefone (74) 3612-3581 ou pessoalmente na sede da secretaria que fica na Rua Oscar Ribeiro, s/n, Centro. Também acionar o Corpo de Bombeiros através do número 193 ou ainda solicitar o trabalho do Grupo Abelha Viva através do número (74) 98807-8757.

Cemafauna lança série de vídeos para tirar dúvidas sobre abelhas

As abelhas foram protagonistas nessa semana em Petrolina e Juazeiro (BA). Em meio a tantas dúvidas e medo da população, o Centro de Conservação e Manejo da Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), lançou uma série de vídeos na internet, para orientar a população.

Segundo o Cemafauna, esse comportamento das abelhas é natural. Por isso, a população deve manter a calma e acionar o SOS Resgate de Abelhas. “Ao avistar um enxame ou movimento de enxameação, o ideal é isolar a área, se proteger em local seguro, sair dessa área, acionar o resgate e aguardar o atendimento, que pode demorar devido ao grande número de chamados nesse período”, recomenda a bióloga Aline Andrade.

Ataque em Petrolina

Em Petrolina, uma pessoa morreu após um ataque de abelhas. O idoso de 71 anos estava nas proximidades do Cemitério Central, na tarde de segunda-feira (14), chegou a ser socorrido, mas veio a óbito no hospital. Outra mulher também precisou ser internada, mas ela passa bem.

A Secretaria de Saúde de Petrolina também esclarece que as abelhas não são vilãs. Pelo contrário, são essenciais na manutenção do ecossistema. Caso tenha avistado um enxame, a orientação é buscar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) pelo número (87) 3867-4774.

 

Abelhas não são vilãs e a presença de enxames deve ser relatado ao CCZ de Petrolina

Enxame no Cemitério do H. Leite assusta população

Em uma semana marcada por convenções políticas, as abelhas roubaram a atenção em Petrolina. Desde o ataque registrado nas proximidades do Cemitério Central, na segunda-feira (14), a população segue preocupada com o risco mais algum incidente.

LEIA TAMBÉM

Enxame de abelhas volta a aparecer em Petrolina

Quatro enxames de abelhas foram removidos próximo ao Cemitério de Petrolina

Mulher atacada por abelhas no centro de Petrolina está na UTI, mas está bem

Homem morre após ser atacado por abelhas em Petrolina

De ontem para hoje (16), o Blog recebeu diversas mensagens via WhatsApp, relatando a existência de enxames nos espaços públicos. Segundo a Prefeitura, não há motivo para pânico. Isso porque as abelhas não são vilãs. Pelo contrário, elas são fundamentais ao ecossistema.

LEIA MAIS
123