Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Leilão de geração de energia renovável vai  elevar o potencial energético do canal da transposição e garantir recursos para o bombeamento das águas

A expectativa é que o leilão seja realizado no fim de 2020 e gere R$ 15 bilhões em investimentos e 12 mil empregos diretos

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), destacou, ontem, o leilão de geração de energia renovável no Projeto de Integração do Rio São Francisco anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro durante a inauguração da primeira etapa da Usina Solar Flutuante, no Reservatório de Sobradinho, na Bahia. O objetivo é elevar o potencial energético do canal da transposição e garantir recursos para o bombeamento das águas. A expectativa é que o leilão seja realizado no fim de 2020 e gere R$ 15 bilhões em investimentos e 12 mil empregos diretos.

Segundo Fernando Bezerra Coelho, o aproveitamento da superfície de água ao longo da transposição do rio São Francisco vai permitir a geração de energia fotovoltaica em quantidade superior ao que é produzido hoje pela Barragem de Sobradinho.

“Além de apoiar uma fonte alternativa e sustentável, mostrando, portanto, o compromisso do governo federal com a nova matriz energética brasileira, a iniciativa mostra o apreço do presidente Jair Bolsonaro com o desenvolvimento do Nordeste. Vamos evitar gastar mais água na geração de energia e teremos mais água para irrigar o Nordeste”, disse o líder em discurso no plenário do Senado.

Sobradinho

A usina solar flutuante inaugurada pelo presidente Bolsonaro em Sobradinho é o maior projeto de pesquisa e desenvolvimento desta tecnologia instalado em reservatório de hidrelétrica do Brasil, com investimento de R$ 56 milhões.

Contou com o apoio do ex-ministro de Minas e Energia Fernando Filho, hoje deputado federal por Pernambuco, e vai servir de modelo para o uso das placas ao longo dos 477 quilômetros dos canais de transposição, aquedutos e reservatórios do rio São Francisco.

Estudo mundial aponta Petrolina e Juazeiro como cidades do Brasil que apresentam risco extremo de escassez de água

Rio São Francisco (Foto: Arquivo)

Um estudo mundial sobre recursos hídricos, realizado pela ONG World Resources Institute, divulgado hoje (6) pelo telejornal Bom Dia Brasil da TV Globo, aponta quais países estão em risco de escassez de água. Segundo a pesquisa, 17 países são apontados em risco extremamente alto de falta d’água, 12 deles estão no Oriente Médio ou na África.

Apesar de o Brasil não ser um dos países em pior situação, no estudo, as cidades de Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Juazeiro do Norte (CE) apresentam risco extremo de estresse hídrico, quando a região tem menos água que o necessário.

As causas apontadas para essa escassez de água são: consumo excessivo, desperdício, crise climática e degradação ambiental (áreas de captação de água).

LEIA MAIS

Procuradoria Geral de Justiça instaura procedimento para apurar responsabilidade criminal do prefeito de Floresta em relação ao lixão

Diante das várias irregularidades constatadas pela equipe da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia do São Francisco em Pernambuco (FPI/PE) no lixão da cidade de Floresta, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Francisco Dirceu Barros, instaurou, ontem (1º), um procedimento investigatório criminal com o objetivo de apurar eventual responsabilidade criminal do prefeito de Floresta, Ricardo Ferraz, pelo crime de poluição, tipificado no artigo 54 da Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal nº 9.605/98). A instauração desse tipo de procedimento é de responsabilidade do chefe do MPPE porque prefeitos detêm prerrogativa de foro na esfera criminal.

“É inadmissível, em pleno século 21, constatarmos a existência de lixões e com crianças vivendo em suas margens. As fotos revelam um absurdo inadmissível que exigem uma atuação forte e enérgica por parte das autoridades do Estado. Estamos elaborando um projeto com o presidente do TCE e Procuradoria Geral do Ministério Público de Contas com escopo elidir do nosso Estado os lixões. Há crimes ambientais e atos de improbidade por omissão que não serão toleradas pelo Ministério Público”, afirmou o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

A Procuradoria Geral de Justiça vai requisitar à Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) o envio de relatório de vistoria do lixão. Por meio da análise do documento, o Ministério Público pretende reunir evidências sobre os danos causados pelo lixão na saúde das pessoas, mortandade de animais e destruição da flora no terreno.

O procedimento investigativo também será enriquecido com informações oriundas da Promotoria de Justiça de Floresta, uma vez que a gestão municipal já celebrou um termo de ajustamento de conduta perante o MPPE comprometendo-se a retirar do lixão, com o pagamento de aluguel social e fornecimento de cestas básicas por seis meses, cerca de 50 pessoas que foram encontradas vivendo no local. Essas pessoas também serão incluídas no mercado de trabalho por meio da criação de cooperativa de coleta seletiva.

Fonte: MPPE

Petrolina: morte de grande número de abelhas leva MPPE a instaurar inquérito para descobrir as causas

Uma das causas prováveis do aumento da mortalidade coletiva das abelhas, nas proximidades de área de irrigação, é a utilização de agrotóxicos

Devido à observação dos criadores de abelhas da região de Petrolina de que um grande número desses insetos estão aparecendo mortos, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) instaurou um inquérito civil para investigar o motivo das mortes. Assim, o MPPE fez uma parceria com o Centro de Manejo de Fauna da Caatinga da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Cemafauna – Univasf) para colher dados e esclarecimentos científicos sobre o caso.
Uma das causas prováveis do aumento da mortalidade coletiva das abelhas, nas proximidades de área de irrigação, é a utilização de agrotóxicos. Segundo as primeiras análises da Cemafauna, existe a presença de substâncias químicas nas áreas cuticulares (pele) de abelhas que têm correlação com os pesticidas usados em lavouras agrícolas.
LEIA MAIS

Mudas são plantadas para criar corredor verde na Vila Eduardo

Esse será o quarto corredor de árvores instalado na cidade.

A prefeitura de Petrolina, através da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA), órgão responsável pela política ambiental do município, iniciou a implantação do quarto corredor verde, que irá aumentar o número de plantação de árvores na cidade.

O novo corredor definido é a Avenida Ulisses Guimarães no bairro Vila Eduardo. No local, já foram acomodadas 120 árvores. Ao todo, a área será atendida por 350 novas mudas. Entre as espécies que compõem esse programa estão: Pau-Brasil, Sibipiruna, Ipê Amarelo e Roxo, Pata-de-Vaca e Oiti.

O diretor de projetos da AMMA, Victor Flores, destaca que a política municipal da gestão é tornar a cidade mais verde, garantindo à população petrolinense um ambiente mais limpo e de clima ameno. “Esse programa tem esse intuito, fazer de Petrolina uma cidade ainda mais verde e boa para se viver”, esclarece o diretor de projetos da AMMA.

Os locais já beneficiados pelo programa ‘Nossa Árvore’ são: ciclovias das Avenidas da Integração e da Cardoso de Sá, Avenida das Nações, Avenida Darcy Ribeiro, Quati, Nova Vida, Caminho do Sol e povoado de Izacolândia.

AMMA identifica descarte irregular de lixo na Orla de Petrolina e autua infratores

(Foto: Ascom/PMP)

Em mais uma ação realizada pela Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) de Petrolina (PE) foi identificado o descarte ilegal de lixo em área de preservação ambiental, na Orla 1 da cidade.

Segundo informações da Agência, ao chegar ao local, a equipe da AMMA encontrou restos de material de construção, lixo e documentos pessoais, o que permitiu a identificação dos infratores, e consequentemente realizar a notificação.       

LEIA MAIS

Fiscalização prende homem com 100 aves silvestres em Jatobá, Sertão pernambucano

(Foto: Ilustração)

As equipes da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI) prenderam uma pessoa em Jatobá, Sertão de Pernambuco com 100 aves silvestres. A prisão aconteceu na última segunda-feira (15) e foi estipulada fiança de R$ 50 mil.

LEIA TAMBÉM:

Operação resgata mais de 50 animais silvestres em Petrolândia

Segundo o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), das 100 aves, 90 não tinham origem legal e eram azulões, curiós, canários, rolinhas entre outros. O suspeito foi detido em flagrante e confessou que apenas comercializava os animais.

De acordo com o MPPE, algumas das aves apreendidas apresentavam sinais de maus-tratos. Outros 10 tinham anilhas adulteradas ou falsificadas. Elas teriam sido adquiridas em São Paulo. Ele ainda receberá uma multa de R$ 59 mil pela Agência Estadual de Meio Ambiente.

Operação resgata mais de 50 animais silvestres em Petrolândia

Maior parte dos animais era de aves (Foto: Divulgação)

Uma operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) terminou com o resgate de vários animais silvestres. 56 pássaros, nove jabutis e um macaco sagui foram encontrados pelas equipes em Petrolândia, Sertão de Pernambuco na segunda-feira (15).

A ação recebeu o nome de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI). Os animais foram encontrados em uma residência do município e o proprietário foi autuado por mantê-los confinados, sem a devida autorização do órgão ambiental.

Eles foram recolhidos e receberão os cuidados necessários, para posteriormente serem reintegrados à natureza. Mais de 20 órgãos públicos e entidades não-governamentais ajudaram na operação, são eles: Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).

LEIA MAIS

Semana do Meio Ambiente começa com distribuição de mudas e conscientização em Petrolina 

(Foto: Alexandre Justino)

Estudantes das Escolas de Tempo Integral Anézio Leão, no bairro Vila Eduardo e Monsenhor Bernardino, na Vila Eulália, foram contemplados com uma parceria na área de Educação Ambiental firmada entre a Prefeitura de Petrolina e a empresa AGROVALE da cidade de Juazeiro (BA). A iniciativa que integra as ações da Semana do Meio Ambiente promoveu a distribuição de 200 mudas de espécies típicas da Caatinga nesta terça-feira (4).

Com a proposta de sensibilizar e promover conscientização ambiental por meio do ensino, a ação mobilizou alunos do ensino fundamental das duas unidades de ensino através das atividades de orientação; plantio de mudas nas escolas e doações para que os estudantes cultivem em suas residências para fins de arborização ou outros locais de vivência externa ao ambiente escolar.

LEIA MAIS

Na tentativa de evitar novos desastres ambientais e contaminação do Velho Chico, Alepe promove audiência pública em Petrolina

Lucas Ramos representou Alepe no evento (Foto: Blog Waldiney Passos)

Políticos, técnicos, representantes de entidades e a sociedade civil estão reunidos na manhã dessa segunda-feira (3) na Câmara de Vereadores de Petrolina para discutir o risco de contaminação do rio São Francisco pela lama de rejeitos da barragem de Brumadinho (MG).

A Audiência Pública foi proposta pela Frente Parlamentar da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), a pedido do deputado estadual Lucas Ramos (PSB). Segundo Lucas, esse é importante, já que Petrolina é um polo agricultor.

“Esse rio é do turismo, da pesca artesanal, da geração de emprego. Ninguém quer estar diante da notícia de estar consumindo água imprópria, por isso iniciamos esses debates, passando Cabrobó e Floresta, cidades berços da Transposição do rio. Nós temos que buscar soluções para evitar novos crimes ambientais como Brumadinho e sobretudo, garantir a saúde do rio São Francisco”, destacou em entrevista ao Blog.

Segundo Lucas, torna-se necessário elaborar ações permanentes. Por isso as audiências são importantes. “Essa agenda permitirá que elaboremos um relatório e apresentemos ao Consórcio dos Governadores do Nordeste, precisa um esforço conjunto. Esse relatório será apresentado ao Ministério Público Estadual e Federal”, finalizou.

LEIA MAIS

Inscrições para atividades da ‘Semana do Meio Ambiente’ em Petrolina seguem abertas

(Foto: Jonas Santos)

Em comemoração à ‘Semana do Meio Ambiente’, a Prefeitura de Petrolina está com inscrições abertas para alunos de escolas públicas e particulares para as ações em celebração à data. Serão realizadas palestras e atividades diversas entre os dias 5 e 6 de junho sobre temáticas ambientais. O evento vai acontecer no Parque Josepha Coelho.

As escolas interessadas têm até a próxima segunda-feira (3) para reservar sua vaga na Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA). As inscrições devem ser feitas através do telefone (87) 3861 4382. Os responsáveis devem informar a atividade que irão participar e quantidade de pessoas.

LEIA MAIS

Evento ‘Eu Viro Carranca Pra Defender o Velho Chico’ será realizado em Juazeiro

(Foto: Maria Akemi)

Nos próximos dias 02 e 03 de Junho serão realizadas em Juazeiro (BA), atividades da campanha ‘Eu Viro Carranca Pra Defender o Velho Chico’. A campanha é uma realização do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF), que instituiu o dia 03 de junho como Dia Nacional em Defesa do Velho Chico. A Prefeitura Municipal é parceira da campanha. Para animar as atividades, o evento contará com apresentações culturais dos Filhos de Zaze, DJ Candite e Rogério Leal, com o projeto Eu Você e João.

LEIA MAIS

Parceria entre a prefeitura e o Instituto Brasil Solidário leva formações gratuitas para 1.300 alunos e comunidade escolar de Petrolina

(Foto: Alexandre Justino)

Estudantes da área irrigada de Petrolina estão aprendendo de forma contextualizada que através da Educação Ambiental e da leitura, novos caminhos de ensino-aprendizagem são possíveis dentro e fora do espaço escolar. Durante uma semana, as equipes escolares das unidades de ensino Osório Leônidas de Siqueira, escolhida para ser sede das atividades; Neli Maria Santana e Terra da Liberdade, participaram de formações gratuitas de Arte, Cultura e Incentivo à Leitura.

Cerca de 25 profissionais de diversas áreas estão na cidade ministrando as seguintes oficinas: Xilogravura, Artes Cênicas, Música, Patchworck, Pintura e Desenho, Produção Audiovisual, Teatro de Bonecos e até uma capacitação em mediação de leitura, incluindo a construção de espaços literário, materiais para a biblioteca e doação de acervo de mais de 100 livros para a expansão dos projetos de leitura. A equipe promoveu também ações integradas com a comunidade, como a oferta de atendimento odontológico dentro de uma das salas. Com estrutura completa, pais e alunos foram atendidos e alguns receberam até mesmo próteses confeccionadas pelos profissionais do projeto.

LEIA MAIS

Brumadinho: entidades fazem visita técnica e não detectam contaminação da Bacia do São Francisco

(Foto: Polícia Federal/Divulgação)

Um relatório elaborado pelo Instituto Mineiro de Gestão de Águas (Igam) apontou que não há, até o momento, contaminação da Bacia do Rio São Francisco por rejeitos de minério da barragem de Brumadinho (MG). O Igam é uma das entidades que realizou uma visita técnica entre 9 e 16 de maio ao longo dos rios Paraopeba e São Francisco, em Minas.

LEIA TAMBÉM:

Rejeitos de Brumadinho chegam ao São Francisco

Presidente do CBHSF faz alerta sobre rejeitos de Brumadinho no rio São Francisco: “Sem dúvida alguma haverá um impacto”

A expedição técnica foi coordenada pela Polícia Federal e contou com a participação da Universidade de Brasília (UnB), Agência Nacional de Águas (ANA), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Serviço Geológico Brasileiro (CPRM), além do apoio do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Empresa Mineira de Pesquisa Agropecuária (Epamig), Prefeitura Municipal de Felixlância e empresas de consultoria ambiental.

LEIA MAIS

Petrolina: Avenida Darci Ribeiro é contemplada com programa Árvore Nossa

Avenida Darci Ribeiro é a nova contemplada (Foto: Ascom)

Mais um corredor verde está sendo implantado em Petrolina. A Avenida Senador Darci Ribeiro recebe 50 mudas de diversas árvores nativas da Caatinga em uma ação da Prefeitura Municipal.

As mudas estão sendo colocadas no trecho compreendido entre o Parque Municipal Josepha Coelho até o Centro de Convenções, dentro do programa Árvore Nossa. Desde o início da atual gestão, mais de duas mil novas mudas foram plantadas.

Segundo o diretor-presidente da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), Geraldo Miranda, o objetivo é fortalecer a preservação do meio-ambiente. “A ideia é criar um corredor verde em locais de grande fluxos de pessoas, como hospital, universidade e comércio, assim, geramos um microclima e fortalecemos a biodiversidade usando uma variedade de espécies nativas, como sibipiruna, pau-brasil e ipê amarelo. A gestão do prefeito Miguel Coelho tem cuidado para trazer mais bem-estar e preservação do meio ambiente, somente nos últimos dois anos já implantamos três corredores, como nas avenidas das Nações e Integração”, disse.

123