Júri condena ex-policial à prisão por assassinato de George Floyd nos EUA

A Justiça do estado de Minnesota, nos Estados Unidos, condenou o ex-policial Derek Chauvin pela morte de George Floyd. A condenação aconteceu nesta terça-feira (20), na cidade de Minneapolis, em decisão unânime do júri.

Chauvin, que alegou inocência das acusações, foi condenado à prisão, mas o estado de Minnesota possui cláusulas que limitam a pena a 15 anos para réus sem condenações anteriores, como é o caso de Chauvin.

O ex-agente era acusado de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) de segundo grau, e de assassinato em segundo e em terceiro grau.

Floyd, 46 anos, morreu em 25 de maio de 2020 em uma abordagem que contou com a participação Derek Chauvin. O caso desencadeou uma série de protestos antirracistas nos Estados Unidos.

OMS diz que Brasil é ameaça para América Latina e o resto do mundo em relação a Covid-19

Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom fez um grave alerta ao governo brasileiro durante um entrevista coletiva nesta sexta-feira (5). Segundo ele, se não houver medida de isolamento, o país não conseguirá reduzir o número de casos, mesmo com a vacina.

O chefe da agência fez questão de alertar que, se o Brasil não levar a crise à sério, estará colocando em risco a região latino-americana e outras partes do mundo. “Isso não é sobre o Brasil. Mas sobre a região e todos os demais”, disse.

LEIA MAIS

Papa Francisco recebe segunda dose de vacina contra a Covid-19

Papa Francisco toma segunda dose da vacina contra a Covid-19.

O papa Francisco logo estará imunizado contra a Covid-19. Ele recebeu a segunda dose da vacina da Pfizer/BioNTech nesta quarta-feira (4), no Vaticano. A aplicação ocorreu cerca de três semanas após a primeira dose, tomada no dia 13 de janeiro.

Segundo o jornal O Globo, além de integrar o grupo de risco da Covid-19 pela idade, Francisco tem 84 anos, o papa retirou um dos pulmões por conta de uma doença desenvolvida na juventude. Como representante maior da Igreja Católica, ele tem criticado o “negacionismo suicida” daqueles que se opõem às vacinas contra o coronavírus.

“Acredito que do ponto de vista ético todos devem ser vacinados, porque você não só põe em risco a sua saúde, a sua vida, mas também a dos outros”, afirmou o pontífice. “Quando eu era criança, lembro-me da epidemia de poliomielite, que deixou muitas crianças paralisadas e todo mundo esperava ansiosamente pela vacina”, acrescentou em entrevista à rede Canale 5.

Covid-19: vacina da Johnson & Johnshon e Novavax têm eficácias divulgadas

Mais duas vacinas têm eficácia divulgadas (Foto: Ascom/PMJ)

Mais dois fios de esperança na luta contra a covid-19 surgem nessa sexta-feira (29). A Johnson & Johnson e a Novavax divulgaram as eficácias das suas vacinas. A primeira tem 66% contra casos graves e moderados, já a segunda atingiu a marca de 89,3%.

Apesar do índice baixo, a Johnson tem uma vantagem: é aplicada em uma única dose. E quando leva-se em conta apenas os caso graves, sua eficácia atinge 85%. Nenhum paciente morreu durante as fases de testes, informou a Janssen, braço de vacinas da Johnson & Johnson.

Por outro lado, a Novavax teve uma oscilação de proteção contra o vírus Sars-CoV-2 de 85,6% contra a cepa variante do Reino Unido e 95,6% contra a original. Atualmente o Brasil está utilizando apenas duas vacinas, ambas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). São elas a CoronaVac e a vacina de Oxford/AstraZeneca.

Incêndio em fábrica na Índia não provocou danos em vacinas contra a covid-19

(Foto: Reprodução)

Um prédio em construção do Instituto Serum, na Índia deixou cinco pessoas mortas nessa quinta-feira (21). A empresa é fabricante mundial de vacinas contra a covid-19, mas o estoque do imunizante não foi afetado. Acredita-se que os mortos sejam trabalhadores da construção civil.

A causa do incêndio ainda não foi esclarecida – bem como a extensão dos danos. O Instituto disse que o incêndio se restringiu a uma nova instalação que está construindo para aumentar a produção de vacinas contra o coronavírus e garantir que esteja melhor preparada para futuras pandemias.

A empresa é a maior fabricante mundial de vacinas e foi contratada para produzir um bilhão de doses da vacina AstraZeneca/Universidade de Oxford. O imunizante é um dos que tem uso emergencial aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso no Brasil.

Noruega investiga mortes de idosos que receberam vacina da Pfizer contra Covid-19

As autoridades de saúde da Noruega tentam tranquilizar população e afirmaram que não há vínculo entre a vacina da Pfizer/BioNTech contra a covid-19 e a morte de 33 idosos que receberam a 1ª dose do imunizante. País registrou 33 óbitos em pessoas com mais de 75 anos desde o início da imunização, o que provocou questionamentos sobre efeitos adversos; autoridades de saúde afirmam que pacientes já eram frágeis e portadores de doenças graves.

Importante frisar, que não é mesma vacina que está sendo aplicada no Brasil.

De acordo com informações de médicos noruegueses, os efeitos colaterais da vacina da Pfizer são raros e geralmente leves. Mas eles podem incluir febre e náuseas, o que pode ser perigoso em pacientes muito doentes e frágeis.

LEIA MAIS

Avião com 62 passageiros desaparece do radar após decolar na Indonésia

Um Boeing 737-500 com cerca de 62 passageiros que fazia um voo interno entre as cidades de Jacarta e Pontianak, na Indonésia, perdeu contato com o tráfego aéreo. A informação foi divulgada por autoridades locais.

A aeronave, da companhia aérea indonésia Sriwijawa Air, fundada em 2003, decolou de Jacarta na manhã deste sábado (9), mas desapareceu dos radares cerca de quatro minutos após deixar a capital do país.

LEIA MAIS

Papa Francisco critica quem está descumprindo distanciamento: “Existe a tentação de cuidar apenas de nossos próprios interesses”

Na primeira benção semanal de 2021 nesse domingo (3), o Papa Francisco criticou duramente quem viajou para escapar dos bloqueios impostos em razão da pandemia no continente europeu. O Papa também pediu consciência a todos para que evitem piorar a situação dos que estão cumprindo o distanciamento social exigido.

“Eles não pensaram nos que ficaram em casa, nos problemas econômicos de muitas pessoas que foram duramente atingidas pelos bloqueios, nos doentes. [Pensaram] apenas em sair de férias e se divertir”, disse o papa. “Isso realmente me entristeceu“, continuou.

Segundo Francisco, 2021 é um ano de incertezas. Mas se todos fizerem sua parte a pandemia será menos grave do que em 2020. “Não sabemos o que 2021 nos reserva, mas o que todos nós podemos fazer juntos é nos esforçar um pouco mais para cuidar uns dos outros. Existe a tentação de cuidar apenas de nossos próprios interesses“, afirmou.

Coronavirus: Reino Unido aprova uso da vacina de Oxford

(Foto: Dado Ruvic/Reuters)

A quarta-feira (30) começou com uma boa notícia na Europa. O Reino Unido aprovou o uso da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. Isso, de certa forma, representa uma esperança ao Brasil.

O motivo é simples. O Governo Federal aposta “suas fichas” na vacina. Ela é uma das quatro testadas no país e será produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Essa aprovação pode acelerar o processo no Brasil, na opinião do infectologista Julio Croda, pesquisador da Fiocruz.

O mesmo pacote que é enviado para aprovação no Reino Unido também pode ser encaminhado para a Anvisa, são os mesmos documentos necessários para a aprovação. Se foi aprovado lá, as regras aqui são bastante similares e é muito provável que a Anvisa aprove também essa vacina”, disse em entrevista à CNN.

Segundo Croda, a vacina britância pode ser aplicada já no início do ano aqui no país. “Da vacina da AstraZeneca com Oxford, a Fiocruz tem previsão de entregar algumas doses a partir de fevereiro, mesmo com a aprovação. E São Paulo já anunciou que, se for aprovada, inicia a vacinação em 25 de janeiro. Acredito que uma perspectiva mais aproriada seria começar a vacinação [independente do imunizante] a partir de fevereiro”, afirmou.

Orocoense ganha concurso de beleza na Espanha

Luan Alves da Mota, nasceu na cidade de Orocó, Sertão de Pernambuco, mas em busca de uma vida melhor, saiu da terra nata e com apenas 19 anos foi em busca de realizar seus sonhos. Tentou carreira como personal trainer, músico e compositor. Mas foi como modelo que ele ficou mais conhecido.

Luan, filho de Izaneide Alves, mais conhecida como Neidona, participou de um concurso de beleza masculina que acontece todos os anos na Espanha e se deu bem. Ele é o mais vencedor do concurso Mister Global Getxo 2021.

Luan Mota, ganhou o concurso representando o Brasil concorrendo com pessoas de outros países. Com essa vitória, o mesmo se tornou modelo fotográfico de uma agência renomada na Espanha. Quem quiser conhecer a beleza negra exportada para a Espanha, entra no Instagram de luan_motta123 e aprecia todo encanto e beleza desse belo rapaz.

Composição do jogador juazeirense Daniel Alves ganha clipe em iniciativa da ONU

Além de ser o jogador mais premiado da história do futebol, a frente até mesmo de Pelé e o saudoso Maradona, o juazeirense Daniel Alves ou Dani Alves como gosta de ser chamado, agora desponta também como compositor. O Jogador do São Paulo está participando do projeto Verificado, iniciativa global da Organização das Nações Unidas (ONU) que desenvolve ações em resposta à Covid-19 com foco em ciência, soluções e solidariedade, encerra o ano unindo 16 artistas consagrados de diversos estilos.

A música “Avião”, composição inédita de Dani Alves, Afonso Nigro, Milton Guedes e Mauricio Monteiro está sendo lançada nas redes sociais da ONU Brasil neste segunda-feira (28) reunindo um time de peso como Afonso Nigro, Alejandro Sanz, Carlinhos Brown, Daniel, Di Ferrero, Fábio Jr., Kaê Guajajara, Marcos & Belutti, Nando Reis, Roberta Miranda, Rodrigo Faro, Rogério Flausino, Sandra de Sá, Tiago Abravanel e Vitor Kley.

A composição mostra que quando trabalhamos juntos é possível construir um futuro melhor, superando os desafios que a pandemia pelo novo coronavírus instaurou.  E prova como são importantes nesses momentos a união e a cooperação global. click no Link para ver o clipe. http://bit.ly/MusicaAviao

Começou restrição de voos vindos do Reino Unido

(Foto: AFP / GUILLAUME SOUVANT)

Começa a valer nesta sexta-feira (25) a proibição de entrada no Brasil de voos com origem ou passagem pela Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte nos últimos 14 dias. Diante da identificação de duas novas mutações do novo coronavírus no Reino Unido, as novas regras, que atendem a uma recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), foram publicadas na edição dessa quinta-feira do Diário Oficial da União.

A norma também proíbe a entrada de estrangeiros no país por via terrestre ou transporte aquaviário, mas há exceções: brasileiros natos ou naturalizados; imigrantes com residência definitiva no país, profissionais estrangeiros em missão e funcionários estrangeiros ligados ao governo brasileiro.

A partir do próximo dia 30, passageiros vindos de outros de países terão que apresentar o resultado negativo de covid-19 para entrar no Brasil. O exame exigido é tipo PCR, e tem que ser feito até 72 horas antes do embarque. Crianças entre 2 e 12 anos de idade não precisam fazer o teste, desde que seus acompanhantes façam.

Bolsonaro reconhece vitória de Joe Biden e fala em possível aliança com EUA

(Foto: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), reconheceu, no fim da tarde desta terça-feira (15), a vitória do democrata Joe Biden nas eleições dos Estados Unidos. O chefe de estado brasileiro foi um dos últimos líderes mundiais a felicitar o presidente eleito americano, só à frente do ditador Kim Jong-un, da Coreia do Norte.

“Estarei pronto a trabalhar com o novo governo e dar continuidade à construção de uma aliança Brasil-EUA, na defesa da soberania, da democracia e da liberdade em todo o mundo, assim como na integração econômico-comercial em benefício dos nossos povos”, disse Bolsonaro, afirmando desejar que os Estados Unidos sigam sendo “a terra dos livres e o lar dos corajosos”.

LEIA MAIS

Justiça italiana condena Robinho em 2º instância por estupro coletivo

O atacante Robinho foi condenado pela segunda vez, nesta quinta-feira (10), no processo em que é acusado de ter participado de estupro coletivo em 2013 em Milão, quando atuava pelo Milan. Ele nega que tenha cometido o crime. A decisão, que também confirmou a condenação do amigo do jogador Ricardo Falco, aconteceu no Tribunal de Apelação, a segunda instância da Justiça italiana.

As defesas podem recorrer ao Supremo Tribunal de Cassação, em Roma, terceira e última instância. Somente depois de uma condenação definitiva eles poderão ser considerados culpados e terão de cumprir a pena de nove anos de prisão. A sentença do Tribunal de Apelação foi decidida na Primeira Seção Penal, em uma sessão que durou duas horas. O colegiado era formado por três juízas: Chiara Nobili, Paola Di Lorenzo e Francesca Vitale, presidente da mesa.

LEIA MAIS

Britânica de 90 anos é a primeira ocidental vacinada contra o novo coronavírus

Margaret Keenan, 90 anos. (Foto: Jacob King/Pool/AFP)

Uma britânica de 90 anos se tornou nesta terça-feira (8) a primeira paciente do mundo a receber a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e BioNTech, dentro de uma campanha de vacinação iniciada pelo Reino Unido e que deve ser longa e complicada do ponto de vista logístico.

O Reino Unido, primeiro país ocidental que começou a vacinar sua população contra o novo coronavírus, decidiu priorizar os idosos, seus cuidadores e profissionais de saúde.

LEIA MAIS
123